História Diário de um Suicida - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool, Desilusões, Mutilação, Romance, Suícidio
Visualizações 15
Palavras 434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Um cap um pouco mais levinho hahaha. Espero que gostem! ×w×

Capítulo 6 - Recomeço


Fanfic / Fanfiction Diário de um Suicida - Capítulo 6 - Recomeço

Alguns anos se passaram e eu nunca esqueci dela e dos nossos momentos juntos, sempre sonhava com ela, todas as noites imaginava ela ao meu lado, sonhava que estava tocando o corpo dela, sonhava que estava abraçando ela, beijando ela...

Eu já estava com 18 anos e possivelmente ela ja estava perto de terminar o colegial.

Depois daquele ano eu fiquei esperando ela voltar para a cidade de novo, mais somente a mãe dela voltou.

Bom, que nome podemos dar a ela? Hmm... Que tal tia Luna? Acho que Luna é legal!

Eu: Oi tia Luna, quando tempo!

Tia Luna: Oi Bruno! Como você está?

Eu: Tou indo e a senhora?

Tia Luna: Tou caminhando meu filho, pouco a pouco, foi uma perda difícil, mais ao menos ele esta em um lugar melhor...

Tia Luna tinha perdido o filho a pouco tempo por um acidente de carro, 3 pessoas morreram, ele não morava na mesma cidade que eu, ele morava em uma cidade no interior do estado.

Eu: Sinto muito Tia... E Dheb? Como ela está? Por que não veio com a senhora?

Tia Luna: Ela ta bem... Disse que não queria vir, então deixei ela com o pai. Você sabe que ela está namorando não é?

Será que... Ela esqueceu de mim, afinal faz anos que não nos falamos, e ela foi o meu primeiro amor, confesso que fiquei triste em saber sobre aquilo, afinal, eramos muitos próximos, e simplesmente ela esquecer tudo assim? Do nada?

Apesar de que ficamos anos sem nos falar... Mais ainda sentia que... A deixa pra lá...

Talvez para ela, os nossos momentos não passou de uma paixaozinha de criança, eu sinceramente não esperava que depois de tanto tempo, ela ainda iria me esperar... Depois da notícia me deu uma enorme vontade de sumir, sei lá, ir para um lugar onde ninguém me encontrasse, talvez um lugar onde so os mortos poderiam ir... E ali que começou minha viajem ao submundo...

Passou algum tempo depois daquele dia, eu continuava não tendo muitos amigos, não saia de casa, praticamente não tinha vida social.

Creio que todos ja tiveram um Skype, pois é, eu tive. Digamos que la foi uma das melhores fases da minha vida. Conheci muita gente e fiz muitos amigos por la, infelizmente todos moravam longe, e por esse motivo que eu me apegava muito a eles.

Além de amigos, também tive meus namoros virtuais.

(Qual é...se você teve Skype, possivelmente também teve seus namoros virtuais...)

Tive muitos "namoricos" virtuais, teve a Leth, Paulinha(eu namorava com ela e ela nem sabia kkkkk coitada), Vih, etc...

Porém teve uma em especial, talvez uma das mais estranhas e semelhante a minha que ja conheci. Seu nome é Dani.


Notas Finais


Gostou? Próximo cap em andamento! Obgd por ler! XwX


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...