História Diário De Uma Adolescente Lésbica - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Assumindo A Sexualidade, Escola, Homossexualidade, Hot, Karol&lúcia, Lésbica, Lgbt, Paixão, Viagem
Visualizações 183
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa festa promete em mas deixará um suspense. Não esqueçam de favoritar e comentar. Beijos!

Capítulo 15 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction Diário De Uma Adolescente Lésbica - Capítulo 15 - Capítulo 14

*******Karol******

Caminhamos rumo ao bar onde encontramos Dandara conversando com algumas amigas.

-CARALHOOOO KAROL VOCÊ ESTAR DE MAIS!! (Disse ela impressionada me abraçando). -Está se sentindo bem por que é isso que importa? (Perguntou preocupada).

-Claro que estou me sentindo bem, ESTOU ME SENTINDO LIVRE!! (Falei empolgada e todos sorriam batendo palmas).

-Você também estar uma gata Luh. (Falou Dandara balançando os cabelos de Lúcia e a mesma sorriu). -Oxe cadê o Lipe? (Perguntou ela sobre Felipe e percebi que o mesmo não estava mais com a gente).

-Olha ele ali dando em cima da garota de vermelho. (Falou Lúcia apontando para Felipe que estava perto dos banheiros com uma garota de vermelho).

-Nossa que rápido em, esses é dos meus. (Falou Dandara e nós gargalhamos). -Eu ia esquecendo, Karol e Lúcia essas são minhas amigas Júlia e Rafaela. Rafaela e Júlia essas são minhas amigas do Rio que eu falei para vocês. (Dandara nos apresentou as garotas que ela conversava quando chegamos).

-Ei meninas! (Complementou a Rafaela sorrindo simpática).

-Oii Meninas!! (Júlia foi mais empolgada e veio nos abraçar).

-Liga não, ela é doida! (Falou Rafaela dando um gole na sua cerveja e nós gargalhamos enquanto Júlia revirava os olhos).

-Rafa eu te mato! (Ameaçou Júlia dando tapas leves em Rafaela e nós gargalhamos mais).

-ESSE CASAL NÃO É LINDO?! (Disse Cynara chegando de surpresa vindo nos abraçar). -A Kah e a Luh são lindas mas a Rafa e a Juh são perfeitas. (Falou Cynara fazendo voz de bebê e vi as garotas revirarem os olhos juntas).

-Vocês são namoradas? (Perguntou Lúcia curiosa e eu dei uma cutuca desgraçadamente nela).

-Claro que não, somos melhores amigas mas a Cy e a Dan insistem em shippar nós. (Explicou Rafaela e eu entendi mas pelo jeito que elas se tratam parece mesmo que são namoradas).

-Eu vou tocar só mais algumas e você entrar viu Rafa. (Falou Cynara para Rafaela que acentiu e pelo visto a mesma também é Dj).

-GALERA BORA É DANÇAR E BEBER!! (Gritou Dandara e nós sorrimos pegando algumas bebidas indo em direção para a pista de dançar que estava lotada e muito animada).

Dançamos ao som de Avicii - Wake Me Up que Cynara estava tocando, Lúcia e eu dançamos e nós beijamos ao mesmo tempo e ninguém se importava pelo o contrário lá havia também muitos gays, lésbicas, dreguequeem que estavam montadas dançando também. Eu estava me sentindo também livre e essa música estava contribuindo para isso.

Já estávamos bem alteradas pela bebida e Lúcia estava me deixando louca dançando na minha frente rebolando roçando em mim, até que eu tive a ideia de irmos ao banheiro.

-Lembra daquela vez que tranzamos naquela boate do Rio. (Sussurrei no ouvido de Lúcia a encurralando na parede do banheiro e percebi que a mesma ficou arrepiada com minhas palavras).

-Quer tranzar aqui nesse banheiro? Eu dou para você onde você quiser. (Sussurou ela roçando seus lábios no meus e aquilo tava me deixando louca).

-Vamos logo! (Falei meio rústica virando ela de costas para mim caminhando para uma das cabines do banheiro). -Geme baixo para não perceberem. (A alertei).

Lúcia ficou de costas para mim virada para a parede enquanto eu beijava, mordia e lambia seu pescoço e a mesma se arrepiava totalmente.

-Ah... me... come logo...Kah! (Suplicava ela baixinho).

E assim eu fiz, ainda virada de costas e introduzi um dedo na vagina da mesma por debaixo da sua saia fazendo movimentos que fazia Lúcia segurar os gemido de tanto praser.

-Aii...Isso Kah... Mais forte Porra!! (Falou ela empurrando com sua mão a minha mão para mais dentro da sua vagina).

Virei Lúcia de frente para mim abri bastante suas pernas ficando de joelhos em frente à sua vagina e comecei a chupa - lá intensamente enquanto introduzia um dedo também. Eu a chupava olhando nos olhos da mesma que estava vidrada aos meus, o mais sensacional de nossas tranzas é essa nossa troca de olhares.

Infelizmente não pude ter o prazer de sentir a goza de Lúcia em minha boca pois a mesma ia se sujar demais, me sentei na tampa do vaso sanitário e a mesma se sentou no meu colo então ficamos alguns minutos ali caladinha apenas nos recomponos e trocando carícias.

-Sábado nós vamos voltar para o Rio né? (Perguntou Lúcia baixinho).

-Sim, eu adorei aqui mas já está na hora voltamos e eu encarar a realidade. (Falei a ela acariciando seu rosto).

-Aqui em São Paulo é demais, porém eu já estou com saudades das minhas mães e meus pais. (Falou ela sorrindo).

-Apesar de tudo eu também estou com saudades deles. (Falei olhando para o nada pensando em como eles estão nesse momento).

-Como será reação deles quando te verem assim totalmente mudada? Será que vão te expulsar de casa? (Falou Lúcia preocupada).

-Sinceramente eu não sei mas estou indo preparada para o pior. (Falei sorrindo me sentindo forte e ela me deu um beijo orgulhosa).

-Agora vamos voltar que o pessoal devem estar sentindo nossa falta. (Falou ela se levantando do meu colo e então saímos da cabine do banheiro dando uma última olhada no espelho e em seguida saímos do banheiro).

Caminhamos que estava todo no bar conversando enquanto era a vez de Rafaela tocar.

-Eita que tranza demorada de vocês em. (Falou Cynara e nós ficamos sem graça).

-Perai como você sabiam? (Perguntei confusa).

-Então é verdade, eu tava só brincando mas vocês tranzaram mesmo no banheiro. Affs são minhas idolas! (Falou Cynara e todos gargalharam enquanto eu e Lúcia ficamos coradas sem graça).

-Mas e você Lipe onde tava que eu não te vi a festa inteira? (Perguntou Lúcia a Felipe tentando mudar de assunto a finalmente apareceu).

-Tava arrochando a garota de vermelho ali mas percebi que ela não faz muito meu tipo. (Explicou ele sorrindo e todos ficamos confusos).

-Como assim Lipe? (Perguntou Dandara confusa assim como todos).

-Digamos que ela é ele, hoje é Pâmela e amanhã será Miguel. Nada contra, nós ficamos bastante amigos mas essa realmente não é a minha. (Explicou Felipe e todos gargalhamos).

Continuamos a conversar até que quando eu estava sentada na cadeira com Lúcia apoiada de costas para mim com minhas mãos na sua cintura sinto meu celular tocar e vou tirar o mesmo do bouço.

-Quem é Amor? (Perguntou Lúcia curiosa por causa da minha cara de pânico).

-Meus pais. (Falei e a mesma ficou em pânico assim como eu).

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...