História Diário de uma psicopata - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Batman, Esquadrão Suicida, Originais
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina)
Tags Lucy Quinzel
Visualizações 35
Palavras 263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente, sorry a demora

Capítulo 3 - Lucy


Fanfic / Fanfiction Diário de uma psicopata - Capítulo 3 - Lucy

(16 anos depois)

(Narradora Lucy)

       28 de julho de 2016

Oi diário, está é a primeira vez que te escrevo aqui irei desabafar e falar um um pouco da minha vida é talvez da minha, nada interessante, histórias...


Acho que me tenho de me apresentar, estão... o meu nome é Lucy... Lucy Wayne, sim, sou filha de um bilionário. Tem duas partes de ser rica... a parte chata e a parte legal. Quer saber qual é a chata? Eu irei explicar... eu nao tenho amigos, sim, eu estudo em casa... os meus únicos amigos são os amigos dos meus pais e  a minha ama que me conhece desde de sempre. Sempre quis ir pra escola como as outras garotas da minha idade, mas sempre ouço o msm quando peço ao meu pai

      "Pra tua proteção é melhor ficares aqui sob os meus olhos"

Não percebo muito essa frase, será que ele tem medo que seja raptada ou algo assim ?
Mas prontos, até entendo... sou filha de um bilionário e sou um alvo perfeito para os sequestradores que fazem de tudo por uma boa recompensa.

Mas também tem a parte Boa, tenho tudo  que quero (em material) e viajo MUITO, EU !!!...  porque  meu pai fica aqui preso em Gotham, como se tivesse um monte de corrente prendendo ele aqui.

Nunca conheci minha mãe, por mais que pergunte nunca tenho resposta, não sei absolutamente nada dela. Mas tem uma coisa que eu tenho que eu não sei a sua origem, a minha corrente de ouro com um coração, poderá ser da minha mãe?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...