1. Spirit Fanfics >
  2. Diário de uma viajante no tempo >
  3. Acontecimentos inesperados

História Diário de uma viajante no tempo - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Acontecimentos inesperados


Dia 2


Acordei na Pipeline não estava surpresa de estar lá só estou surpresa da burrice de me colocarem la na mesma sela do Thomas sendo que se quiséssemos escaparíamos a hora que quiséssemos, as horas foram passando e nem sinal de ninguém eu e o Thomas não abríamos a boca para falar nada 


Thomas: me desculpa  _ele começa_


—pelo que ? Por ter “morrido” ou por me abandonar , por me trair ou ainda melhor por respirarmos o mesmo  oxigénio


A minha história com o Thomas é muito complicada , não se compara nem um pouco com a dos meus pais mas ainda assim é bem complicada vou simplificar ele é um babaca mulherengo que diz eu te amo te leva pra cama e te deixa no dia seguinte sem dar explicação mal piscas os olhos trai e você tem um par de chifres na cabeça 


—é melhor nem fala nada seria um desperdício de oxigénio


Thomas: eu te amo Dávila 


—desperdício já ouvi essa 


Thomas: as outras não significaram como você...


—elas são passado já ouvi esse discurso também 


Thomas: volta pra mim 


—você não entende , não tem volta _começo a encara-lo com os olhos marejando_  eu amei você 


Thomas: e não ama mais 


—para com isso não vai conseguir 


Thomas: por favor preciso que acredite em mim eu prometo 


—promete que nunca vai me deixar pois eu acho que já gastou suas desculpas e você sabe muito bem que não acredito em promessas _volto a me virar de costas e olho direto para a câmera da sela_  aconselhou que me troquem de sela antes que eu saia sozinha  _vejo que ninguém apareceu_  não sai do inferno para ser trancada noutro  _uso o meu sopro congelante para fragilizar o vidro e depois o destruo com um raio_  vai ficar em 2018 ou vai volta pra 2044 


Thomas: espera a gente está em 2018


—vamos _eu puxo ele pelo braço e corro em super velocidade para um armazém dos Star Labs ainda sem utilidade_  eu vou mandar você pra casa e completar meu teste  _eu aciono a minha bracelete e chamo as lendas de 2044 e em menos de alguns minutos estam aqui_ 


-Dávila em 2018 você não devia estam naquele lugar de velocistas não _Sara saiu da nave já falando 


—longa história eu só preciso que leve Thomas devolta a 2044 


Sara: Lívia você vai te que volta comigo 


—não posso tenho um teste pra completar aqui,só quero que diga aos meus pais que sinto saudade 


-oque , espera Sara _o Barry aparece do nada mas surpreendentemente sozinho 


Sara: ei Barry _papai tira a máscara e demostra uma cara confusa 


Barry: você conhece eles?  


Thomas: ela é minha tia e vai me levar de volta pra casa, não é tia Sara - thomas que já estava entrando na nave decide dar as caras 


Sara: sim claro , quer dizer não vocês não vão me botar na vossa mentira 


Thomas: eu não falei mentira nenhuma você é minha tia 


Sara: sou mas , deixa pra lá, olha só Barry eu não sou a Sara que você conhece eu só a Sara de 2044 e vim pegar o Thomas para levar de volta que supostamente estava morto  _Sara fuzila ele com o olhar e o mesmo da de ombros_  e a Davila eu nem sei só sei que ela está no tempo errado mas você trata disso já que é sua filha mesmo 


—Sara!  _eu tentei repreender mas foi em vão 


Sara: Ele ainda não sabia  bom eu vou indo antes que arruine o resto do seu teste 


—para uma viajante no tempo deu na língua bem rápido 


Thomas: já arruino mesmo 


Sara: vamos Thommy _Sara chama o Thomas mas ele já não lá estava_ esse rapaz só me dá dor de cabeça, Thomas se não aparecer tá encrencado 


Thomas: se eu voltar estou encrencado, se não voltar estou encrencado, se não me resolver com a Lívia estou morto _ele aparece de sei lá onde 


—morto? você pensa que eu sou um monstro 


Thomas: não é que, sem você eu não vivo 


“Que meloso estamos mesmo falando com o mesmo Thomas babaca”


_sinceramente a este campeonato já não sei nada_


Sara: ainda estam brigados Lívia?


-Sim! - falamos em uníssono 


Barry: calma ainda não entendi qual seu nome - Barry se entrevem 


—Dávila pensei que pelo menos isso estava claro 


Barry: não é que já ouvi Dávila e também Lívia e não entendi 


—eu esclareço tudo depois , Thomas sobe na nave e volta pro presente, ou futuro sei lá 


Thomas: desde quando manda em mim 


“Esse é o Thomas babaca”


—desde agora 


Thomas: eu te amo me deixa ficar 


“Mas,... esse garoto tá sofrendo de bipolaridade “


—deu uma de bipolar 


Thomas: Davila me perdoa eu... quero você de volta , posso ser o maior babaca do mundo as vezes


—as vezes ?- faço uma cara incrédula


Thomas: tá eu sou um babaca mas me perdoa _eu viro de costas pra ele , não queria demostrar piedade mas lá dentro eu só queria perdoá-lo porque que tem de ser tão difícil 


“Não tem você que é cabeça dura”


Thomas: eu fui um idiota em pensar que me perdoaria 


aí foi a gota de água comecei a chorar vi que ele estava na nave e cai chorei e chorei só por saber que ele se achava idiota por ainda acreditar na gente , agora ele se foi e podia simplesmente dizer eu te perdoo, neste momento oque eu mais queria era voltar pra casa e receber um abraço do meu pai e ouvir os conselhos da minha mãe - a nave levanta voo e eu fico lá caída chorando 


—porque que eu deixei você ir eu devia ter te perdoado - falei entre soluços 


eu chorava e chorava não sabia oque fazer até que senti alguém me abraçando era ele meu pai o dono dos melhores abraços do mundo 


Barry: vai ficar tudo bem - ele sussurra no meu ouvido enquanto me abraça e eu retribuo


—eu podia  ter perdoado logo podia ter voltado porque que tenho de ter tão orgulhosa tão cabeça dura a culpa é toda minha 


Barry: ei calma a culpa não é sua não pode  se martirizar já passou 


—não posso , você não sabe é sempre assim_ eu saio do abraço_  eu não posso simplesmente deixar isso acontecer novamente  _começo a correr em círculos mas a força de aceleração não abria_  por favor  _o piso estava congelado  e nada da força de aceleração 


“Não pode ir atrás dele”


_mas eu tenho eu não ... não consigo sem ele_


Barry: Quer ajuda


—vai me ajudar 


Barry: não tá conseguindo -ele corre e a força de aceleração abre rapidamente 


—obrigada 


Barry: vai, mas volta 


—volto num flash _sorrio pra ele e entro na força de aceleração 


Não sabia o porque de querer que voltasse mas eu estava disposta a voltar


Estava correndo vendo muitos acontecimentos da minha vida e antes dela como  a famosa noite de karaokê que meus pais sempre falam o meu primeiro encontro com o Thomas nosso primeiro beijo finalmente cheguei em casa , estava bem no lugar onde sabia que a nave ia poisar e antes disso acontecer entro e vou direto onde o Thomas estaria e fiquei de coração partido estava com mais culpa Thomas estava chorando seu rosto estava extremamente vermelho 


-me desculpa , eu não queria magoa você _ele dizia olhando para uma foto nossa em holograma_ a culpa é minha  _ele desabou em lágrimas aquela cena era de partir o coração_ Davila   _ele nota minha presença_  Davila é você não , eu to alucinando de novo 


—uma alucinação pode fazer isso  _eu entro no lugar onde ele estava me aproximo , me abaixo e dou um selinho nele_  me desculpa eu não queria que fosse assim eu não quero perder você eu não consigo sem você a gente se completa como ....


Thomas: como o sol e a lua - ele diz 


—como o sol e a lua  _eu repito e ele me beija um beijo calmo e cheio de saudade_ a gente é o sol e a lua 


Thomas: espera você não devia estar em 2018


—é devia, mas fazer oque, tenho prioridades


Thomas: estou me sentindo super importante agora 


“Não dá muita corda não esse se você da uma ponta ele puxa a corda toda”


Thomas: e como vai a Dawn


—ótima obrigada por perguntares _ela toma o controle sem nem avisar 


_ei_


“Que ele é meu namorado também esqueceu”


Thomas: já vi que provoquei uma briga interna 


—talvez mas a gente tem de voltar _eu pego o controle de novo 


Thomas: estamos em casa eu não to morto e estamos juntos de novo por que  não fica 


—papai disse para eu voltar 


Thomas: espera seu pai do passado pediu pra você voltar 


—é


Thomas: e você vai 


—ele é meu pai thomas 


Thomas: tudo bem , mas eu vou junto 


—o teste é meu e dois adolescentes irresponsáveis não ajudariam 


Thomas: correção dois adolescentes apaixonados vai eu não aguento mais tempo sem você 


—sua “morte” te deixou muito meloso , a gente não nasceu grudado não meu amor 


Thomas: bem que eu queria estar grudado a você pra o fim da vida já imaginou nosso casamento , três filhinhos pela casa 


— Sol a gente só 16 anos e já tá pensando em casamento acho que até aos 30 já vamos ter nos separado muitas vezes 


Thomas: você só se que casa aos trinta 


— casarei quando achar o cara certo 


Thomas: eu swig o cara certo 


—mas ainda remos muito para viver tempo não nos falta e além do mais somos muito novos para casar 


Thomas: eu peço você em casamento agora mas posso esperar mil anos 


—ok você ta bem precisa de ir ao médico deixa vê sua febre  _eu estava realmente seria com aquilo ele estava muito estranho


Thomas: o que foi eu to bem 


—você ta diferente menos idiota 


Thomas: isso não é bom 


—não, quer dizer sim mas , ... deixa pra lá bem se cuida tenho de ir _saiu da nave que já tinha aterrizado faz tempo abri a força de aceleração mas fui levada devolta para aquela sala branca antes de ser mandada para o passado 


—Fala sério de novo 


Força de aceleração: você falhou a linha do tempo foi mudada 


—a Sara é que falou pro Barry que eu era filha dele , aposto que isso não mudou muita coisa 


Força de aceleração: mas você usou seus poderes destanizados e ele viu você congelar o chão e ele  ficou pensativo quanto a você e sua mãe 


—espera ele sabe que minha mãe é a Caitlin 


Força de aceleração: Não,é lerdo demais para isso , ele sabe que você não é filha da Íris mas quem olha pra você sabe que não né você é reencarnação do seu pai , mas sua personalidade é uma mistura realmente homogénea entre Caitlin e Frost com algumas manias do Barry 


—você andou me estudando 


Força de aceleração: eu estudo todos vocês eu sou a força de aceleração eu sei tudo 


—tá tá me manda devolta pra 2018 meu pai está esperando


Força de aceleração: sua última chance não estrague tudo 


Eu vejo a luz e me vejo caindo estava realmente caindo do céu até Dawn tomar o controle fazer uma ponte onde eu me equilibre depois de voltar a ser eu que noto que a força de aceleração me mandou para uma data diferente mas qual , dirigi-me a uma praça e peguei um jornal e me apercebi que só me mandou uma semana mais tarde só pra complicar meu teste aquela chata 


Fui direto aos Star Labs e a aquela hora só estava minha mãe lá  era quase meia noite 


—oi -disse baixo 


Cait: Você voltou Barry estava morrendo de preocupação chegou a ir ao futuro falar com o seu eu mais velho pra saber de você  mas 


—ele não falou nada simplesmente mandou o Barry de volta , a essa hora devem tá me caçando em menos de dois dias o FBIT bate na nossa porta 


Cait: FBIT ?


—FBI Temporal é um FBI que procura através do tempo é meio como as lendas mas as lendas trabalham com anomalias FBIT e mais com procura detenção de viajantes no tempo e etc. 


Cait: Entendi mas acho que o Barry não acionária o FBI 


—O papai talvez não ele estaria acalmando você 


Cait: eu? 


—quer dizer não você .... quer dizer minha mãe... espera isso não  tá ajudando ... da pra esquecer oque eu falei 


Cait: calma , está tudo bem eu sei de tudo 


—desculpa dei uma de Felicity agora 


Sem me aperceber estava mordendo o lábio inferior 


—a quanto tempo você sabe 


Cait: desde que pisou os Star Labs 


—como 


Cait: eu analisei você esqueceu, seu DNA meta sua “falha” eu sei de tudo e a sua cura já está sendo desenvolvida eu e a Caitlin do futuro estamos nos comunicando desde sua chegada mas os Barry’s não sabem de nada por causa do 


—surto da linha temporal 


Cait: é 


—mas antes de desmaiar você ia me atacar 


Cait: eu sabia que o gelo não ia te afetar em nada, mas você desmaiou antes de eu disser ou fazer alguma coisa 


—bem pelo menos sei que tenho minha mãe aqui  _eu abraço ela e a mesma retribui 


Cait: eu vou avisar sua volta pra Nora que agora também está no meu apé por bem você deve saber 


—espera se você sabe tanto sobre o futuro e a linha temporal


Cait: calma little winter eu sei oque preciso e eu não sou tão irresponsável como seu pai


—não dá pra discordar 


Fomos a conversar e a rir bastante ela me contava coisas incríveis momentos embaraçosos dela e do papai o momento do  karaokê é a história que não me canso  de ouvir  _chegamos a casa e a Nora estava a nossa espera 


Nora: estava ficando preocupada já ia ligar pra irem a sua procura  _ela pausa e se apercebe da minha presença_  Lívia você voltou 


—oi , discutiu com a megera de novo 


Nora: talvez 


Cait: vocês não têm respeito por ela mesmo pra chama a coitada de megera 


-você que apelido ela de megera- eu e a Nora falamos em uníssono 


Cait: eu? 


—bem não você mas você _eu tento me explicar mas não consigo 


Nora: a frost 


—isso 


Cait: é mesmo um apelido que ela daria 


—mas não voltei para falarmos dela , eu preciso da vossa ajuda para sabem, enganar todo mundo 


Nora: é simples tenta ser o menos Caitlin possível 


—como ? _falo não entendo o que a Nora tava querendo disser 


Nora: você pode ser uma cópia do papai mas é tudo físico sua personalidade é uma mistura homogénea da Caitlin e da Frost só tem algumas manias do papai 


“ que Dejá vu”


_ta tão na cara assim_


—mas como sabe disso a sua Davila só tem 6 anos 


Cait: vocês são de tempos diferentes 


—sim, mas acho melhor os outros não saberem disso 


Nora: então eu acho que tá bem na cara que você e o papai só têm aparecia 


—e vocês personalidade 


Cait: dá pra para de fala do Barry 


—desculpa aí mamãe , eu só tenho de parece menos com você 


Cait: é 


—tá mas como 


Nora: simples , tenta falar o menos com a Dawn, fala o menos sobre a sua mãe o papai já tá desconfiando que você não é filha da Íris e infelizmente temos de tentar nos dar bem com ela tenta responder o menos possível sobre assuntos familiares ou irmãos e etc. 


—e oque eu faço com as manias eu tenho da mamãe 


Cait: como ...


—morder o lábio em sinal de nervosismo preocupação excessiva com os outros me enervar fácil , falta de paciência com gente lerda


Cait: eu sou muito paciente com as pessoas se não como acha que lidaria com seu pai 


—essa característica é mais da Frost 


Cait: ok continua 


—também odeio chantilly 


Nora: oque você coloca no milkshake 


-baunilha - eu e mamãe falamos em uníssono 


Nora: e no chocolate quente 


-machemellows (autora- se tiver mal escrito me perdoem)  _falamos em uníssono de novo 


Nora: vocês são estranhas 


Cait: só temos gostos peculiares  


Nora: mas que peculiaridades 


—você toma café com canela isso peculiaridade


Nora: gosto não se discute 


—você que começou 


Nora: sobre as manias tenta evitar ao máximo ou teta substituí-las e tenta não chama a Caitlin de mamãe e sim a Íris 


—se eu não chama a Caitlin de mamãe vou chama ela de quê tia Cait?


Nora: sim 


—tá falando sério que estranho e nem pensar que vou chama a Vaca de mãe nem que os porcos voem 


-Davila!! -as duas chamaram a minha atenção em uníssono 


—que ela é vaca mesmo 


“Não da pra discordar”


Cait: chama ela de Íris pelo menos 


—eu mal dirijo uma palavra pra ela no futuro porque aqui 


Cait: porque eu to mandando _mamãe levanta o tom sem paciência e com os olhos azuis


—sim mamãe _respondo ela respira fundo e os cabelos voltam ao tom normal


Cait: agora vamos dormir amanhã vai ser um dia cheio 




Foi um dia complicado comecei na Pipeline com o Thomas e eu brigados, papai descobriu que eu era filha dele eu e o Thomas nós resolvemos a força de aceleração me deu mais uma chance e me mandou uma semana depois do acontecimento descubro que minha mãe sabia de tudo e agora vou dormir para ver se amanhã é um dia melhor , um dia a mais para a minha liberdade 


Notas Finais


Demorei mais do que previsto Obrigada pelos favoritos continuarei com a fic enquanto a tudo tiver dando certo posto na segunda o próximo



Kisses é bye❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...