História Diário, Luke. - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 34 - O9 do 08


Fanfic / Fanfiction Diário, Luke. - Capítulo 34 - O9 do 08

Olá Luke.

Eu estava pensando e percebi que estou sem ideias para escrever aqui então precebo que não contém nenhuma das minhas histórias e se bem que elas não são muito interessantes mais é o que eu tenho pra escrever. 

Ok hoje vou contar do dia em que eu fiz uma cicatriz de 3 pontos no meu queixo,do dia em que troquei de quarto e descobri que o mundo não é mais o mesmo e do dia em que "acidentalmente " joguei um pedra na cabeça do meu amigo de infância e de lá saio mais sangue do que pensei que sairia.

Primeiro vamos para o caso do queixo que aconteceu quando e u tinha uns 7 a 8 anos por ai.

Lá estava eu brincando com minha antiga vizinha um ano mais velha,fazia quase dois anos que tinha me mudado,na frente da casa estava a carroceria do carro de meu pai,dentro da área da frente pra ser mais exata, estava brincando de casinha e aí uma panelinha caiu no espaço que separa minha casa da do outro vizinho,o lugar fazia parte da minha casa então eu podia fazer os que eu quisesse ali,tinha uma baixa paredinha da area ali,aí que fiz o que qualquer crianca retardada faria,me segurei com uma mão na carroceria do carro que estava ali atrapalhando minha passagem,me incrinei pra frente e na hora em que eu abaixe pra pegar o devido brinquedo maldito,minha mão escorregou e naquela hora eu não pensei em nada,apenas depois que eu sentei e vi o tanto de sangue que saia do meu queixo eu percebi que deveria começar a chorar,daí minha mãe chegou e mandou eu ir tomar banho pra tirar aquilo,tomei o banho,até aí eu já não sentia nada no queixo nem chorar eu chorava mais,e como se nada tivesse acontecido,sai e minha antiga vizinha que se chamava Lara me viu fez aquela cara de...como e u posso dizer,espanto por ver o tamanho do machucado ao qual eu tinha tirado a tampinha no banho e percebi que era só gordura e comecei a rir da cara dela kkk, foi engraçado, depois minha irmã do meio,Paloma, por parte da minha mãe me levou a posto de saúde  que ali existia em existe até hoje porque eu moro em um buraco que tem pueira pra todo lado.

Fizeram os pontos e depois foi como se nada tivesse acontecido, depois de um tempo tirei os pontos e nada mais aconteceu,essa é a história por trás da minha cicatriz quase invisível que eu tenho no queixo. 

Agora vou contar o caso que aconteceu a dois anos atrás. 


Continua.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...