História Diário, Luke. - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 346
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 35 - 10 do 08


Fanfic / Fanfiction Diário, Luke. - Capítulo 35 - 10 do 08

Daqui eu vou continuar o caso que aconteceu a dois anos atrás.

Meu amigo de infância tinha acabado de se mudar pra perto da minha casa,meu tio pai dele e minha tia que é madastra dele e mãe do irmão de Manuel,esse meu amigo ,ok tinha acabado de conhecer Matheus esse meu amigo de infância e irmão de Manuel,nesse tempo eu ainda estava me acostumando com todo mundo porque antes eu não era muito próximo do tio e do Manuel como eu sou hoje.

Só que mais uma vez nos fomos criança retardada,eu com quase 11 anos,Matheus com 8 e Manoel com 12 ou 13,fomos brincar de guerrinha de soldados com pedras nem tão pequenas,fomos pra de trás da casa e aí sem querer Matheus acertou uma pedra no meu pescoço que doeo pra caramba e eu como uma escorpiana que tá pouco se fodendo pra aquele filho da minha tia no momento joguei um pedra do tamanho daquelas cachinhas de algodão nele só que como essa pessoinha que até hoje é ruim de  mira,a pedra que era pra acertar no pescoço dele ,acertou na cabeça, a parte da frente,daí em percebi que fiz muita merda,o objetivo de Matheus ,Manoel e eu dai foi esconder da tia o corte que eu fiz dai eu orava pra Deus e todos os cantos do mundo pra tia não descobri aquilo,daí se passou um tempinho e ela acabou descobrindo,o mais engraçado é que ninguem levou bronca kkkk quer dizer,eu não, depois de algum tempo eu lembrei que meus pais ainda não sabiam e como eu tenho ótimos amigos ele começaram a me dizer que ia contar pros meus pais se eu batesse neles, o que eu fiz? Bati mais ainda e falei,"conta não vai mudar nadinha" e eu estava certa,ele contaram e  não mudou nada porque nem fazia diferença aquilo kkkk eles que se ferraram e eu de boa na vida .

Amanhã eu conto o dia em que eu fui obrigada a trocar de quarto na minha própria casa. A vida se torna injusta quando a mente tem 12 anos .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...