História Dias de América - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias NU'EST
Personagens Aron, Baekho, Jason, Minhyun, Ren
Tags Aren, Aron, Baekron, Dias De, Jeonghanjo, Jron, Minron, Nu'est
Visualizações 34
Palavras 309
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Shonen-Ai, Slash
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, eu amo Kwok Aron, rs.

√ = Eu preciso passar a betar as drabbles, isso vai tá lotado de erro por enquanto porque eu tô com sono e não sei o que tô fazendo da minha vida.

Capítulo 1 - Único;


  Com sua pronúncia meio enrolada você tentou me dizer um oi, me tratou com informalidade mesmo sem perguntar a minha idade, tudo bem, você era estrangeiro, não tinha de estar totalmente fluente. Você estava meio calado no primeiro dia e permaneceu assim por um bom tempo, sabia que era porque você não entendia nada da nossa bagunça, apenas fingia estender o que eu e os outros membros falavam. Ah, Aron, você nunca foi capaz de esconder algo dos meus olhos.


 Eu te ajudei. Te dei todo o apoio que sabia que você precisava, todo o auxílio. Te explicava calmamente o alfabeto, algumas expressões necessárias e as formas de tratamento. Sei que não é o certo, mas me arrependo de ter te ensinado o último, ter você me obrigando a chamá-lo de Hyung era um completo saco. Mas não ia negar que gostava quando você me chamava de saeng e dizia “Fale normalmente comigo, é mais fácil de lhe entender.”, porque eu gostava, e muito. Aquilo fazia a nossa diferença de idade parecer um nada. Comparado a nossa amizade as suas dificuldades com a língua não são nada.


 Até que você teve que voltar para América, dizia estar com saudades de sua casa, de suas famílias, de seus amigos. Mas eu sempre pensei que nós fossemos amigos, que fossemos uma família. E você disse que sim, nós éramos. Éramos, no passado, não somos mais. Você precisa dos braços quentinhos de outro alguém, os meus nunca foram o suficiente. Os meus sempre foram braços de amigos, e você precisava de braços amorosos.


 Ainda assim, eu gostei dos meus dias de América. Me senti um verdadeiro estadunidense quando você me ensinava o jeito certo de pronunciar uma palavra ou como montar uma frase. Mas no final, apenas você estava na América, e eu estava à 16 horas de suas aulas de inglês.

  


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...