1. Spirit Fanfics >
  2. Dias de Quarentena >
  3. Quarentena - Dia 02

História Dias de Quarentena - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura...

Capítulo 2 - Quarentena - Dia 02


Segunda-feira, 16 de Março de 2020

Segundo dia de quarentena, não sabia o que fazer hoje, as redes sociais estavam bem chatas, no facebook, só tinha tiozinhos compartilhando receitas e sites e notícias sobre o Coronavirus, o instagram, era legal, mas também tava chato, o Twitter também era legal, mas os assuntos do momento era só Covid-19, resumindo, tudo chato...

Passei a manhã inteira deitado na cama, e olhando pro teto, pensando em muita besteira como

E se o Coronavirus transformar as pessoas em zumbis?

Também imaginava como seria o nosso planeta  se os humanos desaparececem da terra?

Também pensei, como seria legal visitar os outros planetas

Quando levantei, vi no despertador que era 12:13, e logo pulei da cama, tava tão bom, mas também tava cheio de fome...

Levantei e fui a dispensa ver o que tinha de bom pra comer

Tinha biscoitos, pacotes de Bis, salgadinhos, arroz, feijão, frutas, massas e salsicha enlatadas

Fui a geladeira ver o que tinha de bom, tinha água, refris, pizza congelada, que droga...

Esqueci do sorvete...

E agora precisava do sorvete, mas como iria lá fora?

Vou até a janela e vejo que as ruas do bairro estavam desérticas, não sei se tenho coragem de sair lá fora...

Já sei, vou no Luke ver se ele tinha sorvete...

Mas antes, tenho que me proteger de tudo lá fora...

Preciso de um casaco grosso e com capuz, calça jeans, botas, luvas, máscaras, boné e uma manta de plástico, pra cobrir o corpo todo, tirando a cabeça

Logo depois de me vestir, saio para o apartamento do vizinho, no caso o Luke

Bato na porta dele, e logo atende

– oi Luke – falo

– aaah é, Erick, porquê disso? – pergunta me encarando

– preciso me proteger dessa doença – respondo

– ah cara, fala aí o que você quer? – diz Luke

– tem sorvete? – pergunto

– eita, já acabou – responde

– que droga vou ter que ir na rua comprar sorvete – falo

– boa sorte – ele fecha a porta

É, e eu vou sozinho...

Respiro fundo e desço as escadas

Logo saio pra fora

Observo a rua que era movimentada, estava vazia, nem carro e nem animais na rua, tinha que tomar cuidado pra não ser pego na rua pela a polícia, se não poderia ser multado ou algo do tipo...

Vou caminhando pela a avenida e percebo tudo fechado e a rua vazia...

Parecia cenário de filme de terror, ou fim do mundo, os semáforos funcionavam pra ninguém...

Cheguei até o mercadinho, que estava abastecido...

Entro nele, e avisto os sorvetes, e corro até eles com o carrinho é claro...

Encho o carrinho de vários tipos de sorvetes, e sabores diferentes, percebo que também precisava de papel higiênico, e tem naquele mercadinho, olho pros lados, o mercado estava vazio, pego o papel higiênico de doze rolos, e também o famoso álcool em gel...

Vou para o caixa, e o atendente apenas me encarava, com uma expressão de, o que esse cara tá vestindo?

Nem liguei, apenas passei o cartão e vim embora...

Vim com a sacolas cheias...

Olhei para os lados antes de atravessar, e percebi que tinha um carro da polícia andando devagar, precisava me esconder...

Olhei para os lados desesperadamente e vi um beco do outro lado da rua, corro até ele e me escondo na sombra, o carro passa e nem me percebe, vai ver é por causa do manto de plástico que estava usando...

Logo depois disso, saí correndo pra casa...

Quando chego em casa, coloco os sorvetes no frezer, e retiro minha proteção, me jogo no sofá com um pote de sorverte de chocolate, e passei a tarde inteira tomando sorvete e vendo algum filme na Netflix...

Assim eu só iria engordar, mas era quarentena, então dane-se...

Esse foi o meu segundo dia de quarentena, hoje me distraí indo a caça de sorvetes e vendo filmes...

E foi assim...


Notas Finais


Esse foi o segundo dia, até amanhã...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...