História Dias Sombrios - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Androide Nº 17, Androide Nº 18, Bulma, Goku, Trunks, Vegeta
Tags Amor, Destruição, Dragon Ball, Drama, Espectador, Sobrevivencia
Visualizações 2
Palavras 480
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Novo Mundo


Ouviu gritos, clamor lamentações é palavras incompreensíveis, estava tudo escuro até perceber que estava de olhos fechados, tentou abrir os olhos mas tudo estava​ borrado até às imagens começarem a se formar, se deu conta de que estava em um galpão, estava sozinho, alguma paredes tinham caído como se tivessem sido derrubados por um terremoto ou algo mais poderoso, tentou se levantar mais isso se tornou uma tarefa difícil, estava todo machucado como se tivesse levado uma surra, suas roupas estavam imundas, seu cabelo coberto de lama e cinzas, levantou e andou com dificuldade até um das aberturas na parede, as lembranças voltavam, lembrou do guerreiro de cabelo pontudo, aquele de puro ódio e desespero, se alto intitulava príncipe dos Sayajins, o que isso significa? Nunca ouvira falar, é a garota linda de aparência meiga, mas tinha algo terrível em seu olhar quase diabólico, nada fazia sentido.

Chegou na abertura viu prédios caídos, destroços, aviões em pedaços, viu tanques de guerra, viu vários, é alguns estavam dentro dos prédios como se estivessem sido arremessados, tinha acontecido uma batalha alí o exército tentará salvar a cidade, mas sem sucesso, muitos corpos em toda parte. "Finalmente acordou bela adormecida", falou um garoto que apareceu de repente do lado dele, parecia um pouco mais velho, é estava tão ruim de aparência quanto ele, "o que aconteceu?", Perguntou Ziro "nossa você não sabe, logo você que tava no meio de tudo, bem o mundo acabou, ou está apenas começando a acabar, já estava na hora de acabar mesmo, mas o mais engraçado é como isso tá acontecendo, as máquinas vieram pegar o que é delas hahahaha, aliás elas tem aparência de dois adolescentes, isso é tudo tão hilário, a humanidade usou e abusou desse mundo achando que nunca íamos pagar a conta. Bem vamos começar a pagar e vai ser pelas coisas que a humanidade construiu, hahahahahaha, não é hilário tudo isso, a criatura tomando o lugar do criador? A maioria já foi embora dessa cidade, ou se pode chamar isso agora de cidade, mas felizmente pra você eu fiquei e te achei e te trouxe pra esse lugar, mas temos que ir porque o futuro não espera se quisermos sobreviver, qual é o teu nome?", "Ziro" respondeu ele tentando processar tudo o que ouvira, " prazer Ziro me chamo Jeo, bem se prepara que tudo vai ficar mais difícil, o mundo vai começar a mudar, estamos entrando naquele momento em que os filmes tanto nos prepararam, um mundo pós apocalíptico, vai ter fome, guerra tudo aquilo que transforma o nosso censo de civilidade em nada, aflorando os instintos mas primitivos dá humanidade, a moral, a civilidade vão jogar tudo fora, é farão de tudo pra sobreviver, cuidado amigo os humanos podem se mostrar mais perigosos que até os Androides, bem vamos cuidar dessas feridas, o nosso caminho e longo tortuoso", é assim foi.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...