História Diferentes - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 15 - Vingança



Bruno: Depois que sai daquele vazio queria minha vingança, Miralva sofreria. Minha irmã disse para não damos muito na vista das pessoas, pois ela tinha um plano, para que Miralva sofresse tanto quando nos sofremos a anos, ela mim contou que Miralva tinha tido uma filha mas ela não falou muito depois veio com uma história que uma fada possuía dois poderes um da escuridão e outro da água, fiquei confuso pois não existe tal fada assim, mas minha irmã jurou ser verdade além disso disse que ela era casada com um vampiro.

??: Irmão, o que faremos com o Tomás?

Bruno: Apenas acabar com a vida dele, mas por agora ele é útil para nós.

Neste momento Tomás aparece, bem como um vampiro ele escutou o que eles falaram mas fingiu que não.

~Quebra de tempo~

Bela- Ryan não vai fica aqui.

Ryan- eu preciso ir meu amor, vou tirar você daqui amanhã mesmo, mas por agora tenho que ir falar com meu pai e sua mãe.

Bela- Ok, mas você tem que prometer que vai voltar hoje. Ele sorri e diz sim e dar um beijo nela e então vai para o castelo. Quando ele chegou la sentiu um aperto no coração, queria voltar o mais rápido possível para sua amada, mas também tinha que avisar ao pai dele que iria trazer bela para o castelo de Miralva, todos ficaram felizes mas então Ryan ouviu o pedido de ajuda de Bela.

Ryan- Bela.

Miralva- O que tem ela Ryan.

Ryan- Não sei estou com um mal precetimento, ouvir ela pedir por ajudar. Ele sai o mais rápido possível dali acompanhado do pai dele e alguns soldados.

Bela: Depois que Ryan saiu eu fiquei sozinha mais comecei a mim sentir muito fraca e alguém começou a atacar bolas de fogo, não acreditava nisso, ele estava querendo mim matar o Bruno e sua irmã que estava muito feliz vendo aquilo, usei minhas forças e chamei o Ryan.

Bruno- Então é você a fada que me libertou. Ele fala com um sorriso sumiço. - Pegue- a. Ele ordena e o rapaz assim faz.

Bela- O que você quer, já não está livre?

Bruno- Para eu ficar aqui presciso destruir, tudo que seja mais forte que eu, neste caso você. Agora chega de conversa vamos.

Eles saem usando a mágia para teletransportar, quando bela viu estava na sua antiga casa, ela estava fraca sem o seu colar e agora não sabe se poderá ajudar tanto seu povo. Ela tenta mais uma vez falar com Ryan.

Bela- Ryan estou noteino das fadas.

Ryan- Já estou indo, não se preocupe. Ele tinha acabado de chegar e já tinha que voltar pois chegou poucos segundos depois que eles sumiram.




Ryan chegou em poucos minutos e Bela estava ajoelhada no chão com a cabeça baixa, ele correu até ela mas o mesmo não percebeu quando foi atingido para longe mas se recuperando logo em seguida, ele estava mais atento desta vez e sedesviou facilmente dos ataques e assim chegou perto o suficiente para abraça bela e pergunta se estava bem e a mesmo disse que sim.

Bruno- Então este é o famoso rei. Que me traiu. Falou ele olhando para Téo que estava ao lado e miralva.

Téo- Você sabe muito bem que eu não lhe trair apenas não concordo com está sua vingança besta.

Bruno- Vingança. Ele rir. - Sabe Miralva eu te amei como este casal aqui se ama, mas você partiu meu coração.

Miralva- Eu nunca fiz tal coisa com Tigo pois eu também te amava.

Bruno- Você mim traiu e ainda ficou grávida do meu melhor amigo.

Miralva- Você só pode está de brincadeira comigo, eu nunca lhe trair nossa filha está bem ali. Ela aponta para Bela que continua ao lado dela, pronto para a qualquer um que tentar chegar perto dela.

Bruno- Ela não é minha filha. Ele se recusa a acreditar.

Miralva- Ela é acredite se quiser.

Téo- Bruno quem lhe disse isso?

Bruno- Nao importa. Bela entra na mente dele e vasculha memorias antigas até ver uma mulher familiar ela não acreditou no que viu era Mira.

Bela- Não pode ser.

Ryan- O que foi, querida? Todos olha para ela.

Bela- Foi a Mira, ela mentiu e nos enganou por anos.

Miralva- Por que a Mira fez isso ela, não acredito, me diga que não. Ela ordenou que uma elfo da guarda fosse chamar a Mira. Alguns minutos depois Mira apareceu e quando viu Bruno ela já sabia que nada de bom iria acontecer.

Mira- Olha Miralva mandou me chamar.



                          Continua.....




Notas Finais


Espero que gostem😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...