História Diferentes? - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls)
Personagens Bruta, Docinho, Durão, Ele, Explosão, Florzinha, Fortão, Furiosa, Lindinha, Magrela, Personagens Originais, Pirralha, Prefeito de Townsville, Princesa MaisGrana, Professor Utônio, Senhorita Bellow, Senhorita Keane
Tags Berserk X Benny, Brat X Buddy, Brute X Bardo, Docinho X Fortão, Florzinha X Durão, Jj-boys, Lindinha X Explosão, Ppgz, Ppnkgz, Rrbz
Visualizações 35
Palavras 2.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Canibalismo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


prontinho, nem demorei tanto, bem, comparado à normalmente...

espero que gostem ♡

Capítulo 2 - Diferentes? Capítulo 2


Maddie andava sozinha até a sua sala, estava olhando como maioria dos alunos estavam desesperados tentando ficar perto de dois outros alunos que não estavam dando muita bola pra essas pessoas. Até que no meio do caminho foi empurrada com força para o lado, olhou vendo uma das garotas populares conhecida como "princesa mais grana" achava estranho esse nome, é quando ouviu pela primeira vez pensou que era um apelido, mas realmente era o nome da mesma.

- saia da minha frente plebeia! -- falou com o nariz em pé sem olhar pra de cabelos multicores, voltando à andar indo em direção aos outros populares

- vadia. -- pensou em voz alta escutando um riso ao seu lado, olhou em direção à pessoa que soltou a risada vendo uma garota de cabelos platinados

- parece que pensamos igual nesse assunto. Belly Hall, uma das melhores repórter do colégio.

- você sempre se apresenta assim? -- perguntou os e virando para a mesma

- sim! Quer dizer, bem...

- enfim, Maddie Banks... uma da melhores invisíveis desse colégio.

- oh... o seu cabelo e muito bonito, posso tirar uma foto? -- disse mostrando uma câmera que parecia muito antiga do seu pescoço apontando pra garota

- b-bem, eu não sou muito de tira e fotos mais, okey

- e... sorria! -- a maior tirou a foto enquanto a outra dava um sorriso de lado

...

- então, o que me diz kasumi?

- eu até iria com você hoje, mas depois da aula eu tenho que ir para a aula de balé.

- falta essa porra, caramba! Eu realmente preciso que você venha comigo!

- eh... não. E você não precisa, você só que muito que eu vá. Provavelmente para que eu faça o chefe de uma gangue se encantar por mim, já que sou super maravilinda. Estou errado?

- bem, não. Mas pensa comigo, se esse tal de Ace, gostar ou se apaixonar por você, eu posso ter privilegios com aquela gangue

- como assim? Espera, Ace e o chefe daquela tal gangue gangrena! Já pensou se ele gostar de mim de verdade? E eu não gostar dele, em? Ai ele invade a nossa casa, é pode nos matar, ou até algo pior

- por favor, não exagere vai. Eu vou entrar nela, você não precisa ficar com ele, só ir comigo fazer ele se interessar, só isso!

- pelamor Butch. Você é um riquinho, mauricinho que finge ser um Bad Boy, eles não vão te aceitar nem que eu vá lá e de pra todos eles pra isso.

- ei! Pera, não é uma má ideia

- arg... bye -- ela entrou na sala deixando o garoto sozinho com cara de tacho

- então, bomzão conseguiu que sua irmã se vende-se? -- Brick perguntou com ironia se aproximando junto com Boomer

- não te interessa!

- eu acho que isso foi um não. -- Boomer diz começando a rir mas parando quando reparou que os outros estavam sérios -- então... você ia dizendo que seus tios vão viajar e deixarem você é sua irmãzinha sozinhos?

- vão. Bem, tem os empregados também...

- os meus empregados sempre que ficam comigo não tão a menor bola pra mim e as merdas que eu faço... -- uma garota morena passa por ele esbarrando no loiro fazendo ele quase cair pra frente -- e-ei!

- foi mal, eu não te vi -- a morena disse antes de entrar na sala

- hum... pegavam? -- Boomer perguntou ainda olhando a garota

- nhe. Até que é bonita, mesmo que não deu pra ver o corpo direito. Mas não é meu tipo

- e mais o seu tipo né, Butch.

- seria mais se desse pra ver o corpo, se não, não tem graça -- voltaram o olhar pra sala onde uma garota colocou a bolsa na carteira ao lado dela só pra morena não sentar. A morena sorriu e depois jogou a bolsa da garota no chão

- cara, ela é perfeita pra você Butch! -- Boomer disse batendo de leve nas costas do amigo mencionado

- não exagere. Ela é demais pro caminhãozinho dele -- os dois começaram a rir enquanto Butch dava uma risadinha forçada indo em direção ao fundão e os outros dois foram atrás rindo

...

- eu sinto com todas as minhas forças que esse ano vai acontecer algo que poderá mudar nossas vidas! -- lindinha disse para Shou que ainda parecia confuso enquanto estavam indo para suas salas -- enfim, obrigada de novo pela carona, acho que não ia ficar muito segura dos quatro voltando desacompanhados...

- não foi nada. Afinal, amigos são pra essas coisas... é mudando de assunto, eu sempre me perguntei isso mas, quem é aquela garota que o esquilo sempre vai atrás?

- eu não sei com ela se chama, o... esquilo, sempre vai atrás dela. mas a gente nunca conversou ou coisa do tipo

- mas deveria! -- o garoto fala um pouco rápido olhando a amiga que estranhou um pouco - p-pra você sei lá, se ela deu um nome pra ele, vai que é por isso que ele não responde por nenhum que você coloca. ou até saber como o esquilo e ela se conheceram, vai que ela é a antiga dona?

- hum... eu não acho, ele chegou lá em casa muito machucado, é ela trata ele tão bem. quer dizer pelo que eu vejo...

- bem, vamos logo a aula já vai começar.

...

- só estou dizendo que um asilo não deve ser tão ruim assim. aposto que ela vai gostar muito de lá! -- Shirou acrescentou enquanto conversava com seu irmão.

- já esteve em um pra saber afinal? é porquê você quer tanto se livrar pra vovó? é só por causa daquele seu plano idiota?

- mas é claro que não. eu só estou pensando na vovó ela mesmo adora experimentar coisas novas correrto? então!

- eu mereço... -- Hibiki cruzar os braços tentando ignorar as súplicas do outro até sentirem serem empurrados por alguém acabando fazer os dois caírem no chão

- não fiquem na minha frente novamente plebeus novatos inúteis! -- a garota fala irritada elevando um pouco a voz

- princesa! volte aqui e peça desculpa pro dois agora!

- não estou afim, é não é você quem vai me obrigar -- a outra retrucou de dentro da sala

- foi mal por ela. vocês se machucaram? -- pergunta ajudando Hibiki a levantar

- não mas obrigado por perguntar. Shirou, você está bem? não levantou até agora

- eu poderia estar melhor se não estivesse no chão. -- diz recusando a ajuda da garota é se levantando sozinho a fazendo corar um pouco pelos dois estaremos com os corpos e os rostos um pouco perto de mais

- está tudo bem por aqui Mina? -- Max pergunta se aproximando da garota colocando o braço em volta da cintura da garota

- claro, eu só estava ajudando eles. você sabe como a princesa fica com quem fica na frente dela

- claro. vamos pra sala?

- sim, nos vemos por aí garotos, é desculpa de novo pela princesa mais grana. -- ela sorri para os garotos enquanto Max os olhava de um jeito estranho apertando um pouco a cintura da garota -- bem, vem Max -- os dois as viram indo em direção à outros corredor

- porquê ele nos olhou desse jeito?

- isso é bem clichê sabia? nerd's não saberem quase nada das reações naturais dos humanos normais, ele deve ser namorado, ficante ou coisa parecida -- Shirou respondeu começando a ama dar com o outro alguns passos atrás

- ah sim, ele ficou com ciúmes... isso é bem comum ainda mais em garotas bonitas com ela. tipo cabelos loiros, olhos azuis, corpo bonito. faz sentido ela ter sido votada como a garota mais popular e bonita. na verdade ainda é

- como você sabe disso? esse é nosso primeiro dia de aula...

- eu pesquisei várias coisas sobre esse colégio. na verdade. eu acho que são irmãos, são a praticamente a capa dessa escola, é eu também vi uma foto deles com o prefeito

- você é muito estranho. -- fala se afastando um pouco mais do outro

...

- e se eu entrar sem querer no banheiro masculino só pra ver como é. tipo não teria ninguém lá, você acha que eu teria muito problemas? -- Moniko perguntou andando ao lado de Blossom que lia um livro enquanto andava

- absoluta. nem pense em fazer isso, por favor.

- m-mesmo que não estiver ninguém lá? eu nunca entrei em um banheiro masculino e gosta dia de saber como é

- por que será não é? mesmo que você fizesse isso no meio da noite ou algo assim você pideri a ter problemas

- okay, okay. então vou ter que ficar apenas olhando o time de futebol, escondida como sempre... -- ela fala desanimada seguindo a amiga pra dentro da sala

[...]

todos já estavam dentro da sala de aula, inclusive, a professora que tentava calmamente fazer a turma ficar calada o que não estava dando muito certo.

- FIQUEM QUIETOS -- gritou a maior assustando a sala pelo grito repentino mas logo se acalmando -- que bom que se acalmaram. bem, bom dia classe. para quem não me conhece, eu sou a professora Ellen, é bem... -- ela se alto interrompe quando viu dois loirinhos no fundo da sala -- ah não. de tantas turmas vocês tinham que cair na que eu peguei?

- também sentimos a falta da senhora -- Minako sorri olhando maior

- por favor! não tente se fingir de boazinha.

- que isso Ellen, você está parecendo uma criancinha.

- tenha respeito Max!

- respeito tem que ser recíproco!

- vem cá, o que está rolando aqui afinal?

- nada de mais, só que na última vez que nos encontramos foi um pouco desastroso... -- Minako respondeu olhando a princesa

- oh, você é o Max me empurrou de praticamente uma escada! eu fiquei mais de dois meses sem poder fim pro colégio

- ainda não conseguiram provar isso até hoje!

- eu vou provar! nem que seja a última coisa que eu faça! mais eu vou provar!

- ainda bem que não vamos precisar aturar isso todo dia -- Brick sussurrou para Butch e Boomer que concordaram com a cabeça ainda olhando pra frente com desdém

- despulpem por isso, vamos começar a aula sim?

[...]

- você é essa sua boca grande quase estragam tudo!

- desculpa Mina. eu realmente deixei escapar. mas acho que ninguém acreditou, já pensou?

- nossas reputação iria pro buraco. nos lutamos tanto pra ser esses loirinhos, mauricinhos. não podemos perder tudo pelo que lutamos pra ser algo melhor aqui!

- e nosso extinto, é essa professora nos odeia dês que nos conhecemos. é muitas vezes gostamos de aparecer afinal...

- eu ainda não sei porque estamos fingindo ser algo que não somos. isso é muito torturoso

- e simples, nos éramos horríveis, travessos além da conta. é isso só por dois motivos: porque era divertido e engraçado e pra chamar a atenção dos nosso país. mas agora...

- não tem ninguém para chamar a atenção, não é?

- é. mudando de assunto, por que você está andando com aquela nojenta da princesa mais grana?

- bem, ela é popular e não temos muitos amigos.

- e claro que temos! somos os mais populares dessa merda de colégio

- você tem noção que maioria, não. todos são falsos... não temos amigos verdadeiros, é a princesa também não.

- e como não sabe que ela não é sua amiga só por causa da popularidade?

- ela já era popular, quer dizer, todos comprados até demais, mais ela é popular. e eu também sou rica, assim ela não acha que estou com ela só pelo dinheiro...

- mas a mais grana? tem tantas pessoas populares. ela é tão...

- eu sei. mas sal e a única garota que eu conheço por aqui que não gosta de você. eu não tenho outra opção, tenho Max? -- perguntou apontando discretamente para algumas meninas na mesa ao lado que falavam alguma coisa é depois olhavam eles rindo

- ignora elas, são apenas vadias imprestáveis

- mas não são só elas afinal... -- e, Max não podia negar. maioria das meninas que ficavam perto da Mina ou era pra aparecer ou pra ficar perto do garoto, é a mesma coisa acontecia com ele -- temos?

- não... -- respondeu finalizando o assunto e os dois continuaram comendo seus lanches

[...]

- não vamos pro refeitório? -- Boomer perguntou encostado nos armários junto com Brick e Bucth

- a Lucy e do mesmo horário que a gente agora é vai ficar me enchendo sobre não ter achado amigos ainda é essas coisas

- a mesma coisa com a Kasu. -- Bucth concordou com Brick cruzando os braços

- vocês estão reclamando de boca cheia...

- você falaria a mesma coisa se tivesse uma irmã super mandona

- ou uma irmã gêmea irritante que só pensa nela mesma

- sim. não tem graça ser filho único

- quer a minha irmã pra você? -- Bucth perguntou olhando o loiro que deu um sorriso de lado

- quer morrer filho da puta?

- calma! eu não disse nada, só pensei o quanto eu gosto de incesto sabe?

- está provocando. é eu não vou ajudar você idiota.

- Bucth, Bucthzinho~ -- alguém chama o de verde se aproximando dos três

- não. -- disse fazendo a menor desmanchar o sorriso

- não o que idiota? -- pergunta com a voz um pouco alterada ficando de frente para o maior -- eu não pedi nada.

- mas vai pedir, é a desponta e não.

- tá, tanto faz. -- Kasumi falar se virando e se afastando dos três -- já peguei sua carteira de qualquer jeito.

- filha da... arg ainda quer uma irmã? eu não ligo de dar a minha no momento...

...

- pera, você tem certeza mesmo?! por favor me diga que não tem! -- Shou reclama esperando a amiga pegar suas coisas para irem pra aula

- absoluta. vai acontecer um passeio do colégio, super legal, não é?

- depende, onde vamos?

- na floresta da cidade. pesquisar alguma coisa, eu não conseguir ouvir essa parte

- ah não! você sabe como eu odeio florestas. tem mosquitos, insetos nojentos, é outros bichinhos irritantes que ficam nos mordendo...

- he, eu sei. mas até pode ser interessante, quem sabe pode acontecer algo extraordinário?


Notas Finais


espero que vocês tenham gostado!

cometem se estiverem gostando, se estiverem odiando, se não sabem o que estão sentido-q tá parei, comentem...

Beijos com estrelas douradas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...