História Difference Unites us - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 321
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Capítulo 4


- Eu não entendo - Arthur disse observando a janela - Logo quando eu cheguei a sua casa a chuva ficou mais forte.

- O tempo por aqui é estranho - Respondi lhe entregando uma xícara de chá.

Fazia pouco tempo que tínhamos chegado na minha casa, eu já havia trocado de roupa e Marie tinha saído para fazer compras. O mais estranho, como Arthur disse, era que assim que ele chegou em casa, a chuva começou a ficar mais forte. Pode ter sido obra do destino, sabe, querer deixar ele ficar na minha casa um pouco mais de tempo, apenas até o jantar. Ou coincidência.

- Onde estão seus pais? - Ele perguntou pegando a xícara de chá.

- Estão trabalhando, eles quase nunca tem tempo de vir para casa - O respondi pegando uma bolacha que havia na pequena mesa que ficava entre os dois sofás que estávamos sentados. 

- Ah... Sinto muito - Arthur disse voltando sua atenção a janela.

- Não sinta, sabe, eu já me acostumei, e tenho Marie aqui comigo. Nem sobra tempo para me sentir sozinha - Ele sorriu gentilmente, seu sorriso era tão lindo quanto seus olhos. Corei levemente e olhei pro chão.

- E onde está essa Marie?

- Ela foi fazer compras, não deve demorar muito para ela voltar - Minha barriga roncou - eu espero.

O garoto riu.

- Você não sabe cozinhar? - Mexi a cabeça como um jeito meio envergonhado de dizer não - Então você é uma daquelas meninas mimadinhas que nunca nem chegaram perto de uma cozinha?

- Não é bem assim... - Ele riu mais ainda.

- Então parece que eu vou ter que cozinhar - Arthur se levantou indo na direção da cozinha.

- Não precisa se preocupar com isso - Falei tentando para-lo.

- Preciso sim, eu estou com fome também, e parece que esse chuva não vai parar tão cedo.

Ele foi em direção a cozinha, e eu, sem poder fazer nada para para-lo, o segui.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...