História Differences make equalities - (Namjin, Vhope, Jikookmin) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, K.A.R.D
Personagens Baekhyun, J.Seph, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sehun, Somin
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Namjin, Vhope, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 248
Palavras 4.109
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeeee. Eu aqui postando novo capítulo 💙 um capítulo bem produtivo e grandinho pra vocês. Foi o maior que escrevi ate hoje! Espero que gostem.
Boa leitura!
~
I purple you 💜

Capítulo 19 - V


Fanfic / Fanfiction Differences make equalities - (Namjin, Vhope, Jikookmin) - Capítulo 19 - V

Seu destino esta celado.


Pov Namjoon on.

De repente acordei com uma gritaria. Minha mente estava confusa levei alguns segundos pra lembrar onde eu estava. Esfreguei minhas mãos em meu rosto e olhei pro lado.

"Que gritaria é essa?" Isso rodou em minha mente e me levantei. Sai do quarto que estava. Os gritos haviam cessado. 

"Só pode ser o Hobi e o V..." pensei 

"O que está acontecendo?"

 Eu passo pela cozinha mas dou ré e me escondo atrás da parede ao avistar o V na sala encostado na parede com ar de perdido.

- Porque ele é tão idiota?

Ele murmurava baixinho. Quase não se daria para ouvir, mas graças a minha audição boa que simplesmente apareceu do nada eu consegui captar as palavras perfeitamente.

- Ele... Todo esse tempo... Ele... Ele gostava de mim? Eu não entendo... Eu... Eu não posso! - ele da um soco na parede me fazendo assustar por um momento - controle-se Kim Taehyung você lembra o que você prometeu pra si mesmo não é? Nunca mais amar alguém. Não deixe transparecer seus sentimentos... Ninguém deve saber... Aquele idiota... Não será ele que me fará mudar novamente... Não nessa altura do jogo... Eu estou quase...

Escutei tudo atentamente. Tudo estava confuso. De quem ele exatamente estava falando? Do Hobi...?

Dei meia volta e entrei na sala fingindo que tinha acabado de chegar.

- Oh V. Bom dia - falo fingindo ser inocente.

- Oh, oi - Rapidamente ele se recompõe, se afasta da parede e ajeita a roupa. O engraçado que sua voz agora mudou.

- Escutei algumas gritarias, o que aconteceu?

- Nada de mais. Nada importante... Bem parece que vocês dois já acordaram. Querem começar a trabalhar tão cedo assim?

Franzi a testa "vocês dois"?

Atrás de mim ouvi um barulho olhei pra trás e o Hobi estava lá com uma aparência cansada.

- Hobi - digo o observando - parece que nem dormiu.

- Pode apostar que você não está errado... Não tenho sono.

- Eu não consegui dormir muito bem. Minha cauda me incomodava para deitar, parecia que tinha uma cobra em baixo de mim. Estranho.

Pude notar que o V sorriu de canto mas logo desfez o sorriso.

- Bem... - ele começa a falar - Estão com fome?

- Eu estou - Hobi diz vindo até mim.

- Por mim tanto faz - falo.

- Então venham. Já é quase seis. As lojas já abrem nesse horário. Vamos tomar um café da manhã.

Saimos da casa. Pude notar o clima estranho entre aqueles dois no caminho para o tal centro da cidade. Hobi nem se dava o trabalho de olhar pro V. O mesmo do outro que nem se quer dava o luxo de olhar para trás.

Isso começou a me intrigar. O que está acontecendo?

Olhei pro Hobi e pensei se eu conseguiria arrancar alguma coisa dele. Infelizmente meu pensamento não levou a nada. Talvez seja algo da minha cabeça... 

Ah. Mas se tiver acontecendo alguma coisa, eu vou descobrir o que aconteceu.

Tintin por tintin...

Quando chegamos em uma lanchonete. Nos sentamos em uma mesa pra quatro pessoas. V se manteve do outro lado da mesa bem longe do Hobi.

Ok. Isso não é normal. Com certeza não é da minha cabeça.

Tem algo acontecendo nessa merda.

Logo uma moça meio gato se aproximou de nós animadamente.

- V! Tão bom te ver aqui! - ela se aproximou diretamente do mesmo.

- Hum. Oi - ele se virou pra ela dando um sorriso - Bom te ver também.

- ... - Ela cora levemente.

Pude notar que o Hobi fez uma expressão triste do meu lado.

Me virei pra ele.

- Tudo bem? - perguntei cochichando em seu ouvido.

- Sim.

- Bem o que vão querer...? - a moça pergunta nos interrompendo. 

Droga, estava pronto pra questionar o Hobi.

- O mesmo de sempre por favor - O V fala.

Fizemos nossos pedidos. No cardápio tinha cada coisa estranha e esquisita que nem ouso saber o que era cada um e muito menos a ousadia de provar. Peguei o mais próximo de uma comida normal. Que era pão com presunto e queijo. Depois pedi um suco de laranja. Hobi me imitou e pediu o mesmo.

Não houve conversa nenhuma. Nem mesmo um movimento até os pedidos chegarem.

Os dois estavam mudos. E eu não sou bom em iniciar conversa. Isso está começando a me irritar. Que raios está acontecendo???

Olhei pro Hobi e logo pro V tentando entender aquela situação.

Quando a comida chegou comemos silenciosamente. Havia apenas nós e mais um cliente o que o mesmo não falava nada. Ou seja ficou um silêncio insuportável. Aquele barulho de mastigação parecia uma punição. Minha paciência acabou quando o Hobi cochichou em meu ouvido para pegar o ketchup... Que estava bem do lado do V... Tipo ... Na mão dele. Levantei da cadeira e bati as mãos na mesa.

- O-K. Vocês podem me explicar o que está acontecendo aqui?!

Os dois se assustam e olham pra mim.

- Porque estão agindo assim?! Meu Deus mano isso é chato pra caralho. Parem com isso. Hobi você não é assim. Porque está agindo assim estranho? Cadê a pessoa conversadeira que conheço?!

- Namjoon - ele começa a falar desanimado - Por favor fale baixo e se sente.

Ao perceber que as garçonetes e o cliente ali estavam olhando pra mim (observando a treta possivelmente). Eu coro e me sento.

- Prometo que depois eu te explico, você irá entender - Hobi diz e se vira pra continuar a comer seu lanche.

Olho pro V. Ele apenas dá de ombros e continua a comer seu lanche.

... Seja lá o que esteja acontecendo... Deve ser algo ruim... Pro Hobi passar de uma pessoa divertida e engraçado. Para uma pessoa séria e quieta...

.

.

.

Após comermos o V ficou um pouco pensativo em seu banco. Chamei sua atenção.

- V? - pergunto.

- Hum? - ele se mexe como saindo de um transe.

- E então? O que vamos fazer?

Ele me encara e pisca por alguns segundos, abre a boca pra falar, mas seu olhar se direciona a um ponto atrás de mim. Curioso, olho pra trás e avisto dois garotos, seus rostos cobertos por máscaras e bonés. Eles estavam de mãos dadas e olhavam ao seu redor.

Logo o V se levanta e vai até eles deixando eu e o Hoseok confusos nos nossos bancos. Eles conversam por alguns segundos, um deles tira a máscara pra falar melhor e o V aponta pra nós. Logo os três vem em nossa direção. 

Primeiramente pensei em uma bobagem, de que aqueles fossem os guardas reais pronto para nos pegar. 

Esse pensamento que se esvaziou ao garoto que havia tirado a máscara sorrir pra nós amigavelmente. Minha expressão ficou  de um ser completamente confuso.

- Bem... - V começa a falar vendo que não estávamos entendendo - Esses são os namorados do tal príncipe sem sal Suga.

Namorados? Eles são um casal de três então? Nunca vi isso pessoalmente.

 - Nomes - ele fala e aponta para o coberto com a máscara - Jimin II o baixo.

- Ei! - O suposto Jimin deu um tapa na costa do V com uma expressão brava.

- Aish - V resmunga com o tapa delicado que o outro havia dado - Como eu estava dizendo. Esse é o Jimin II O ALTÃO.

- Prazer - ele faz um gesto pra nós e tira a máscara.

- Que bochechas fofas! - Hoseok exclamou ao ver o rosto de Jimin.

- Hoseok você mal conheceu ele! - disse o repreendendo.

- Tudo bem, não me importo, todo mundo diz isso mesmo - Jimin falou dando de ombro.

- Esse aqui é o Jungkook - V apontou pro outro garoto.

O outro deu um aceno de mão sorrindo pra nós.

- Ei! E me apelido? Eu não tenho? - Jungkook exclama.

- Você nem tem graça. Você é praticamente perfeito - V fala se direcionando ao Jungkook e o Jimin cruza os braços.

- Pare de falar como se eu fosse um anão merda seu pirralho - Jimin chuta a bunda do V.

- Ah sim. Beeem pirralho mesmo eu sou - V faz um simbolo com as mãos como medindo o tamanho de um polegar e se direciona ao Jimin.

- RESPEITA SEU HYUNG KIM TAEH...

- Mas quem são exatamente vocês - Jungkook colocou a mão no queixo pensativo interrompendo a conversa dos outros dois - V hyung não nos contou sobre vocês. Só disse que vocês também querem acabar com esse casamento ridículo.

V já vai abrir a boca, mas eu próprio me apresento.

- Kim Namjoon - digo levantando da cadeira e pedindo um aperto de mão dos dois presentes ali que retribuem - Mas só Namjoon está muito bom.

- Jung Hoseok - meu amigo se apresenta - Mas podem me chamar de J-hope ou para os preguiçosos... - ele diz dando uma cotovelada em mim - Hobi.

- Ei! Eu só achei "Hobi" mais prático de falar! - digo me defendendo o que fez os outros começarem a rir, menos o V que permaneceu com a mesma expressão.

- Bem - Jungkook começa a falar - Como sou preguiçoso pra caramba, eu vou te chamar de Hobi então - ele diz fazendo um sinal com o indicador como se estivesse proclamando uma lei.

Nós quatro começamos a rir, mas de novo, o V não riu. Jungkook percebeu isso e deu um soco fraco no braço dele.

- Ei V... O que foi? - ele pergunta.

O V olha pra ele assustado. De novo parece que ele saiu de seu transe, mas agora parecia que ele estava encarando o Hobi.

- Hum, nada, só estava pensativo quanto ao plano. Querem já começa-lo?

- Estou ansioso para ver o Suga - Jungkook diz dando pequena palmas - Faz tempo que não o vemos.

- Estou com saudades... - Jimin diz - Me entristece que o Suga não tenha vindo nos ver depois que descobriu esse assunto de casamento, ele parece que não está tão incomodado com esse assunto...

- Jiminie não diz isso - Jungkook diz fazendo carinho em seu rosto - Você sabe que o Suga só está com medo de nos ver.

- Isso não explica nada. Ele não sabe como me machuca nos ignorando assim. Somos os namorados dele oras. Sabemos que ele vai se casar pelo seu reino e vamos apoia-lo. Tem necessidade de nos evitar? - O outro finaliza fazendo uma cara triste, deixando o Jungkook sem saber o que dizer, o mesmo que apenas concorda com o namorado no final.

Isso me fez pensar se como estou agindo em relação ao Jin está certo. Ele vai se casar, mas eu não quero que ele se case, porque quero que ele fique comigo, talvez eu esteja ferindo o Jin lutando assim por ele? Eu estou certo? Até agora a pouco eu pensava que fazia a melhor ação do mundo lutar pelo meu amor. Agora eu não tenho mais certeza.

Embora eu saiba que o Jin me ama porque ele me disse. Estou fazendo a escolha certa indo tão longe assim?

- Bem. Vamos pro Castelo - O V diz.

- Castelo? Agora? Está louco? - O Jimin diz - Os guardas vão nos chutar a bunda.

- Aí não diz isso! Minha cauda... - Jungkook diz pegando em sua cauda atrás dele.

- Relaxem. Eu tenho um plano - V diz e começa a caminhar - Venham.

Olho pro Hobi e logo pros outros dois. Sem mais escolhas seguimos o V.

Cada passo que andava era uma batida mais rápida em meu coração. Estava ficando muito nervoso. Quando consegui avistar o Palácio de perto quase tombei pra trás.

É muita riqueza dando tapa em minha cara.

Hobi estava com uma expressão fascinada já os outros dois estavam com uma expressão normal. Como se já tivessem ido ali.

Isso deu um nó na minha cabeça. Esse é o Palácio de Jin certo? Mas então porque eles já teriam ido ali?

Paramos em frente ao castelo havia muitos guardas ali. V foi na frente e conversou com um dos guardas brevemente. Logo esse guarda deu um sinal e todos os guardas deram passagem para nós.

- Mas o que você fez? - pergunto cochichando ao V.

- Nunca revelo meus segredos. Venham.

Eu nunca pensei que conseguiria entrar num Palácio tão... Facilmente. Estava me sentindo especial agora.

V nos guiou por um corredor a abriu uma porta.

- Vocês vão ficar aqui. Esse é o quarto de vocês.

- Esperai... Quarto? - Jungkook pergunta.

- Sim. Vocês vão ficar aqui. Vão dormir aqui. Eu vou procurar uma coisa e eu volto. Vocês nem pensem em sair desse quarto até eu voltar - o V fecha a porta.

Jungkook corre até a porta, mas para.

- Eu já disse que ele é muito misterioso? - Jungkook se vira para nós apontando o dedo polegar em direção à  porta.

- Sim. Já disse - Jimin fala.

- Vocês já conheciam ele? - pergunto.

- Sim - Jungkook afirma se jogando na cama - Longa história.

- Bem. Conte-nos essa história - falo - não temos nada pra fazer aqui mesmo.

- Acredite você não vai querer saber - Jimin diz.

- Acredite, eu sempre quero saber de tudo - falo.

- Bem. Então eu conto - Jungkook se senta na cama - Tudo começou quando...

Pov Jungkook on.

Flashback on.

Eu estou tão feliz! Finalmente estou namorando o Jimin. Eu nem acredito que consegui fazer aquela declaração que estava planejando. Meu coração está cheio de alegria. Nunca me senti tão feliz.

(Narração_Jungkook atual: felicidade essa que sumiu quando avistei um garoto sendo vítima de críticas homofóbicas na volta pra minha casa nesse mesmo dia).

- Bixinha. Bixinha! - gritava um garoto.

- Achou mesmo que o príncipe ia se interessar por você gay? - falava o outro.

- Já pintou as unhas?

- Parem! - O menino gritava ele estava sentado com as mãos na cabeça tremendo.

- Uii a bixa está sendo ofendida? - O garoto disse terminando com uma risada debochada.

- Vocês parem - digo sombrio para aqueles três moleques.

- O que? O que foi? É o namorado dele? - um dos meninos se vira pra mim.

- E se eu for? - pergunto com fogo nos olhos, estava queimando eles vivos apenas com o olhar.

Um deles sentiu meu olhar e deu um passo pra trás.

Peguei um cano que estava do meu lado e fui em direção a eles.

- Querem brigar? Vão perder - disse provocativo como um verdadeiro expert em luta. Eu batia o cano em minha como um taco de beisebol e avançava neles rapidamente.

- Eita. Bixa louca!

Os três saíram correndo deixando o menino que agora me encarava espantado.

- Hunf. Garotos homofobicos lixos - joguei o cano no chao e fui em direção ao garoto - Tudo bem? - estendo a mão pra ele.

- S-Sim... - ele aceita a minha mão e levanto ele.

- Não ligue pra esses idiotas - digo.

- Porque me defendeu? - ele me olha curioso.

- Porque já passei muito por isso, pode apostar... - falo - Mas as vezes você tem que fingir não se afetar pra ser respeitado - falo.

- É... Então... Você é igual a mim?

- Sim! Sou Jeon Jungkook! E você?

- Kim Taehyung. Mas pode me chamar de V.

Flashback off.

- Nossa... - Namjoon diz.

- Foi assim que se conhecerão então? - Hobi pergunta pra mim - Então está aí a resposta pra ele estar nos ajudando. Você o ajudou. V sempre foi de retribuir os favores.

- Sim... Mas... - olho pro Jimin - Digamos que nem tudo foi flores...

- Por que? - Nam pergunta.

- Eu comecei a ficar muito próximo de V. E ele de mim. Eu não imaginava, mas... Ele estava gostando de mim. Eu ainda não tinha contado sobre o Jimin para ele...

- Um dia - Jimin começou a falar - Eles combinaram de sair e o Kook me levou junto, ali ele me apresento como sendo seu namorado.

- Eu lembro até hoje a cara de decepção do V. Ali mesmo eu descobri o que ele sentia por mim. Mas aí já era tarde demais. Ele saiu correndo aquele dia e por alguns meses não o vimos - disse triste.

- Ele tinha sumido completamente! - Jimin disse.

- Ficamos desesperados. Realmente gostava de V. Como meu amigo lógico. Ele havia me contado de sua história com o Jin... E você Hobi. Ele também me contou de você. Mas confesso que nem me lembrava de você mais. Hoje quando te vi, me lembrei - Jungkook fala se dirigindo ao Hobi que apenas faz um sinal de "tudo bem" - Bem, como sabíamos que ele conhecia Jin. Viemos a esse Castelo pra ver se conseguiríamos obter alguma resposta. E foi aqui que...

- Conhecemos o Suga - Jimin diz.

- E nos apaixonamos - completo - No começo achei que estava pecando. Eu amava o Jimin. Mas então porque eu sentia meu coração bater mais rápido pelo Suga também? Isso era estranho... E curioso.

- Eu também me sentia assim - Jimin disse - Um dia eu não aguentei mais e contei tudo pro Kookie, eu gostava do Suga mas ainda amava o Kookie e não queria me separar dele...

- Eu nunca me senti tão feliz - falo - Eu também revelei meus sentimentos e então fomos atrás do Suga pra ver se íamos ser correspondidos.

- E fomos - Jimin disse.

- De início o Suga achou estranho o fato de dois garotos namorados gostarem dele ao mesmo tempo. Mas depois ele aceitou e seguiu na boa.

- Mas... Com toda essa história haviamos esquecido do V. No dia que estava voltando de um encontro junto com o Jimin. O V apareceu...

- E aí? - Namjoon pergunta batendo os pés ansioso.

- Ele não era mais o mesmo - Jimin disse.

- Havia mudado completamente. Eu quase não o reconheci.

- Aquilo me assustou, mas logo nos acostumamos com o novo V. Ou seja, o V que conhecem hoje.

- Você deve saber como o V era antes Hobi. Você o conhece antes de nós.

- Ah, se conheço... E ele mudou tanto...

- Eu sou o único que não sabe de nada? - Namjoon diz.

- Claramente  é - O Hobi diz rindo.

- Bleeee - Namjoon diz mostrando a língua pro Hobi - A história de vocês é legal.

- Sim. Mas um pouco triste - falo - Se não fosse por mim. Ele não teria mudado...

- Relaxa. Eu também tenho um pouco de culpa - Hobi diz.

- As vezes eu sinto que tenho que fazer alguma coisa. Pra fazer o V voltar como era antes... - falo e olho pro Jimin que apenas me retribue com um olhar triste - Como uma culpa.

- Eu também - Hobi diz.

Um silêncio se faz presente no quarto e eu olho pra todos.

- ... - Namjoon estava com uma cara estranha.

- O que foi Nam? - pergunto.

- Nam...?

- Novo apelido - sorrio.

- Ah... Esse é meu apelido mesmo - ele sorri - É que... Estava pensando... Por favor não se ofendam... Como conseguiram gostar do Suga?

- Como assim? - Jimin pergunta fazendo uma cara que eu sei muito bem o que quer dizer... Confusão misturado com ofensa.

- É porque... Vocês parecem ser tão legais e amigáveis. Quando o Suga foi na minha casa visitar seu "futuro marido"...

- Pera... O que? - Pergunto.

- Digamos que o Jin estava na minha casa. Meio que eu estava protegendo ele e...

- Não...! O Suga. Ele foi na sua casa? - Jimin perguntou curioso - Sério?

- Sim.

Não acredito. Ele nem nos avisou.

- E bem... - Nam continua - Eu não tive uma boa impressão dele. Ele parecia frio, distante, mal humorado e provocativo. Bem o contrário de vocês que me dão uma boa impressão.

- Não julgue o Suga assim! - Jimin diz - Ele tem seus defeitos sim, e ele realmente tem aquela cara de rabugento dele, mas ele se preocupa com quem ele ama e é super carinhoso com essas pessoas. Só basta conhece-lo melhor. Ele não teve um passado muito feliz e isso explica o fato de ele não sorrir muito. Mas quando ele sorri é por dois motivos. Ou ele realmente está feliz. Ou ele quer provocar você.

- Bem... Ele me provocou - Namjoon fala - E muito...!

- Bem, então ele foi com a sua cara - Eu falo.

- Difícil de acreditar... - Namjoon diz.

- Acredite - Jimin prossegue tentando convencer o outro - Ninguém conhece o Suga melhor que os próprios namorados dele não é mesmo?

De repente alguém bate na porta nos fazendo nos assustar logo o V entra no quarto acompanhado do famoso Baekhyun.

Pov. Hoseok on.

Quando o V entra no quarto meu coração bate mais rápido. Isso que se cessa ao ver um cara entrar logo em seguida atrás dele. Quem é esse cara...?

- Pra vocês dois que não o conhecem - ele aponta para mim e para o Namjoon - Esse é meu amigo Baekhyun. Ele vai nos ajudar a encontrar o Jin e o Suga.

- Prazer - Baekhyun deu um sorriso pra nós.

- Como assim... Ajudar a encontrar? - Namjoon pergunta.

- Bem... O castelo é enorme. E não temos o livre direito de sair andando por aí no castelo. Eu posso. Vocês não.

- Ei! Eu sou o namorado do Suga! - Jimin diz - Nós somos- ele aponta pro Kook.

- Mas você tecnicamente não é mais Jimin. Já que o Suga vai se casar agora.

Jimin abaixa a cabeça tristonho com o comentário.

Olhei em direção ao V e o Baekhyun.

Franzi a testa ao perceber que os dois estavam de mãos dadas. O que isso significa?

Jungkook, percebendo minha expressão direcionado as mãos juntas deles, tratou logo de dizer alguma coisa.

- Ei V sempre soube que se gostavam - Kook afirma.

V faz uma cara confusa mas logo nota que estava de mãos dadas com o outro (como se não tivesse percebido) e as solta rapidamente envergonhado.

- Relaxa. Eu e o Tae temos esse tipo de afinidade - Baekhyun finaliza abraçando o outro de lado que apenas corresponde com alguns tapas no ombro do outro o qual logo depois se afasta constrangido pela suposta "rejeição".

- Não acredito nessa tal afinidade - Kook diz e olha pra mim discretamente a qual só eu percebo.

O que ele quer dizer com esse olhar?

{Narração}

Um silêncio mortal se instalou no ambiente. Jimin constrangido com aquilo tomou coragem a falar.

- Quando poderemos ver o Suga e o Jin? - perguntou o menor de todos abaixando a cabeça logo em seguida envergonhado ao receber a atenção de todos para si próprio.

Kook percebe e abraça o namorado ficando na frente do próprio e beija seu nariz.

- Bem... Eu queria que isso pudesse acontecer hoje... Mas... - V começa a falar mas é interrompido pelo amigo ao lado.

- Digamos que eu e o V vamos ter alguns compromisso pessoais, muito pessoais mesmo - Baekhyun completa.

Hoseok fez uma expressão triste, expressão que não passou despercebido por Jungkook que novamente não esperou pra falar.

- Compromissos pessoais? Que tipo de compromissos? - disse se dirigindo claramente ao V evitando contato visual com o cara ao lado.

- Nada de mais. Apenas assuntos da guarda e...

- E depois você prometeu que íamos tomar sorvete juntos não é mesmo Tae? - Baekhyun disse.

V fez uma cara de: prometi quando?

- Sorvete! Legal! Eu posso ir tomar sorvete junto com vocês? - Jungkook fala.

- Mas amor - Jimin cochicha no ouvido de seu namorado - Você odeia sorve...

- Xiiiiiu depois eu explico - O próprio cochichou como resposta.

Jungkook voltou a olhar pros dois sorrindo esperando uma resposta. Os dois ali que haviam tentado ouvir a conversa, mas sem sucesso se olham.

- Olha eu não sei de sorvete nenhum - V começa a dizer - Alem disso estaremos ocupados. Nada de mais.

Jungkook com seus olhos de águia espiã conseguiu notar uma pequena mirada do olhar de V pro Hoseok. Também conseguiu notar o suspiro de alívio de Hoseok. 

O próprio então deu um pequeno sorriso travesso como se tivesse acabado de descobrir a maior fofoca da história. Jimin agora percebe a cara de seu namorado e os dois trocam olharem comunicativos que apenas os próprios entendiam. Jimin perguntou com seus olhos o que ele descobriu. Jungkook logo tratou de colocar cada uma de suas mãos viradas uma para a direção de Hoseok e outra de V. Logo em seguida com uma das mãos tocou o próprio coração e com a outra mão colocou sobre o coração de Jimin. Jimin logo entendeu a informação e fez sinal com os dedos batendo um dedo indicador com o outro e logo bate uma palma e aponta pro namorado. O que ele dizia era se Kook realmente tinha certeza.

Namjoon percebe aquela dança da chuva estranha que estavam fazendo.

- Mas o que vocês...

Mas é interrompido com Jungkook espirrando forte.

Logo Jimin entende que Jungkook tinha certeza do que estava achando e fala: Saúde.

- Mas o que vocês estão fazendo? - Namjoon pergunta confuso.

- Estamos dizendo que nos amamos em nossa linguagem - Jimin disse inocente.

Mas isso não convenceu Namjoon. Algo o deixou com uma pulga atrás da orelha. E podemos dizer que essa pulga toda hora irritava o mesmo.

Ele sabia que tudo aquilo se resumia em uma pessoa. Quer uma dica? Começa com "V" e termina com "treta".


Notas Finais


Espero que tenham gostado. É só por hoje. Curtiram a aparição dos personagens? Ainda vai aparecer mais hehe.
Obrigada por lerem!
Bye~
~ "Ele sabia que tudo não era uma coincidência"
~
I purple you 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...