História Diga adeus a inocência - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Verdades Secretas
Visualizações 5
Palavras 436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Caverna Mágica


Uma das melhores coisas de se viver é algo inexperado e surpreende de tal forma que você não consegue nem pensar se lhe faz bem ou não, se é o certo ou não de tão intenso. Era exatamente assim que fiquei o tempo todo enquanto não chegava a hora de nossa saída. Alex Turner? um homem tão excitante... me querendo? 

Trocamos mensagens e acertamos tudo para nosso passeio, nós iamos num restaurante e bar alternativo chamado Caverna Mágica,do outro lado da cidade. Ele viria me buscar as 21 h. Eu estava tentando me arrumar mas nada parecia estar satisfatório, por fim escolhi um vestido preto colado, coloquei um tenis baixinho, um batom vinho, uma argola enorme e meus cabelos longos e cacheados soltos e volumosos, por fim me achei incrivel!!

Quando me dei conta, já estava na hora certa dele vir, para evitar encontros desnecessários me despedi da minha mãe e fui esperar ele lá em baixo, e não demorou muito ele chegou num carro tão lindo e preto que o cheiro de novo e caro exalava forte.

- Olá senhorita, gostaria de passear com esse humilde homem? - disse ele, numa voz sexy e timida

- Se não for encomodo,,,- respondi sem jeito.

- de forma alguma, entre, não temos tempo a perder 

Então entrei no carro dele, por dentro era mais lindo e confortavel ainda. O comprimentei com um beijo no rosto e nós partimos rápido rumo ao nosso destino. Não trocamos muitas palavras dentro do carro, ele parecia concentrado em chegar logo.

Assim que chegamos ele estacionou abriu minha porta e pegou na minha mão. O lugar ficava no final de uma rua cheia de lojas de tatuagem, hostels, música e bares. Era um grande lugar, com destaque e com uma fachada toda pintada com desenhos psicodelicos, além de um dragão enorme e louco. Nós fomos andando ate a porta, então Alex conversou com um segurança que nos deixou entrar. Por dentro era ainda mais magnifico, cheio de luzes neon, objetos diversos, mesas, espaço de dança e ate uma parede cheia de nomes, provavelmente dos clientes, havia uma caneta que você poderia usar e assinar seu nome... Tantas coisas para se observar que nem havia percebido que o Sr. Turner estava falando comigo.

- Então Amy, eu adoro este lugar, me sinto em casa aqui além de me divertir muito. Espero que se sinta assim também - disse ele pegando minha mão e acariciando enquanto sentavamos a uma mesa num canto do primeiro ambiente do bar.

- Muito obrigada, Sr. Turner, é magnifico.

 

.... CONTINUA (dei um bloqueio rapido, mas ja ja volto)

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...