História Diga Algo - Imagine Bang Chan (Angst) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Stray Kids
Personagens Bang Chan, Kim Woo-jin, Personagens Originais
Tags Angst, Bang Chan, Song-fic, Stray Kids
Visualizações 45
Palavras 1.832
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Literatura Feminina, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Tenham uma boa leitura
Eu definitivamente AMO textos Angst😍

Capítulo 1 - Estou desistindo de você...


Fanfic / Fanfiction Diga Algo - Imagine Bang Chan (Angst) - Capítulo 1 - Estou desistindo de você...

Pov. NEUTRO

- S/n, Preciso conversar com você - Bang Chan pediu com uma expressão seria 

- O que foi Channie - A garota o olhou com uma preocupação sincera 

- Acho que não posso mais fazer isso - A garota parou um pouco com essa revelação

- Como assim - tentava entender 

- Esse relacionamento, sabe, você é maravilhosa, linda e uma pessoa incrível mas eu percebi que o que eu sinto por você não é um amor romântico, eu realmente te amo, mas como amiga espero que você entenda - Ele suspirou passando a mão sobre os cabelos, o olhar piedoso disfarçava uma leve esperança no fundo de seus olhos 

Ela suspirou não esperando raramente aquilo do seu namorado de longa data 

- Channie, parece que nosso estamos na mesma página, eu realmente não sabia como entrar nesse assunto com você mas fico feliz que nos sintamos da mesma forma - Ela mantinha uma posição envergonhada e ele lhe enviou um sorriso caloroso 

- Que bom, fico tão feliz que nós terminamos bem, eu odiaroa machucar você, além do mais eu sinto que você já achou sua alma gêmea - ele riu divertido e o rosto dela ardeu em vermelho, ela deu um tapa no ombro dele murmurando um "Para Chan" - O que você ainda está fazendo aqui? 

- Como? 

- Vá atrás do seu homem garota - ele riu da expressão de surpresa, ela lhe deu um beijo no rosto, o sorriso cada vez mais largo e por fim seguiu seu caminho 

Parando brevemente na porta do apartamento do agora ex namorado ela acenou para o homem

- Obrigada Channie, você é o melhor amigo de todos 

- Eu sei, sou maravilhoso 


Senhoras e senhores, acima temos uma bela representação de um final de relacionamento pacífico onde nenhuma das partes sai machucada e ambos continuam a amizade que tanto tiveram medo de destruir antes de finalmente terem um relacionamento. 

S/n correu, rapidamente deixando o prédio onde antes estava com "Channie", seu destino era o café a poucos metros dali 

Ela abriu  a porta encontrando o homem de sua vida lá estava ele, finalmente ele poderia ser seu sem que você perdesse seu melhor amigo Christopher Bang










Pov. Bang Chan


"Diga algo, estou desistindo de você

         Eu serei o único, se você me quiser

        Em qualquer lugar, eu teria te seguido

        Diga algo, eu estou desistindo de você"

 fechei a porta do apartamento alguns minutos depois que você saiu, a cabeça baixa enquanto me encostei na porta dando um longo suspiro e deixando cair a fachada que construi ao longo da semana para meu grande espetáculo 

Terminar com Você 

 Caminhei lentamente até o sofá, uma bola se formando na garganta, um ardor no pulmão. A quanto tempo eu estava segurando isso?

Eu havia desistido de você, mas enquanto eu dizia aquelas palavras, tinha no fundo algum tipo de  esperança de que tudo fosse apenas uma alucinação, mas toda a esperança se foi quando você aceitou perfeitamente a ideia de terminar comigo. Eu vacilei por um segundo, respirando lentamente para não estragadas tudo 

Oh sim, você foi a primeira que fez meu coração bater de forma tão desregulada, foi a primeira a me fazer ficar tão vermelho quanto um tomate, foi a primeira a fazer com que eu confessasse tão pateticamente o meu amor por alguém, foi o meu primeiro beijo, minha primeira "mãos dadas", meu primeiro encontro. A primeira pessoa que me fez pensar tão seriamente em casamento, algo que para mim era tão idiota quanto nadar em uma piscina de gelo no inverno sem nenhuma medida de segurança

Você foi a primeira e única, e eu queria tanto ser único para você , acho que você não tem ideia do quanto eu queria ser isso, o único em quem você pensa quando vai dormir, o único que faz seu coração acelerar...

Eu iria onde fosse preciso para apenas estar ao seu lado, porque você era e ainda é o meu tudo 

E tudo que eu precisava era que você dissesse algo ou pelo menos uma expressão triste, qualquer um desses e eu não teria conseguido desistir de você 


"E eu, estou me sentindo tão pequeno

             Foi muito pra minha cabeça

           Eu não sei absolutamente nada"


Abracei meus  joelhos colocando a cabeça entre as pernas, a sensação lasciva de que meus pulmões estavam queimando permaneciam ali e eu tinha uma vaga ideia de que talvez eles só desapareceriam quando eu libertasse as lágrimas que por algum motivo eu insistia em prender durante toda aquela semana 

A semana em que eu me senti o mais inútil dos homens, eu tenho dinheiro, eu sou relativamente poderoso na sociedade, mas eu me senti impotente, fraco...

Pequeno 

Eu vi como você sorria para ele

Eu vi como você falava dele 

Eu vi como você olhava para ele 

É do mesmo jeito que eu sorriu pra você 

É do mesmo jeito que eu falo de você 

É do mesmo jeito que eu me pego inúmeras vezes te olhando, um olhar completamente apaixonado 

Minha mente ficou tão confusa, meu coração doeu, assim como ele foi agora, eu me senti um idiota 

Tão patético 

Eu tentei 

Eu juro que tentei empurrar isso para o fundo da minha alma mas eu não consigo ser tão egoísta a ponto de negligênciar a sua felicidade pela minha. Mas ainda assim eu passei um longo tempo tentando me convencer de que você ainda gostava de mim caso contrário já teria terminado comigo 

Eu juro que tentei o "Eu te amo o sufisciente pra te fazer feliz comigo"

Porém o mundo é muito clichê e tudo que eu tenho é um " Eu te amo o suficiente para deixar que você seja feliz com outro, mesmo que isso custe a minha felicidade"

Era assim que eu tentava dar explicações ao meu coração até semana passada 

Ô

Sai de minha posição quase fetal, o olho ardia, fui para o quarto abrindo a gaveta ao lado da cama, a caixinha aveludada ainda estava lá, então eu finalmente as deixei cair, percebendo que era inutiu segurar algo assim 

O anel brilhante com algumas pedrinhas simples, eu estava indo propor, você sempre preferiu coisas simples e surpreendentes e era exatamente isso que eu pretendia ao pedi-la para casar comigo 

Me pergunto quando eu fiquei tão empolgado com a ideia de casamento, foi quando você  falou que esse era o seu sonho? Não, não...eu sinto que foi muito antes disso, no nosso primeiro beijo, quando eu senti que te queria para sempre ao meu lado 

Meus soluços preenchiam o quarto 

Eu havia chegado silenciosamente, mas ela não estava sozinha Hyuna estava lá, ouvindo atentamente 

" Por que você não termina com o Chan?" 

A pergunta me fez parar, ansioso pela resposta 

" Porque eu amo ele, eu posso não ama-lo como homem mas poxa, ele é meu melhor amigo, não quero que ele fique triste, isso eventualmente acabaria destruindo até mesmo a nossa amizade"

" Vai desistir do cara que você realmente gosta por causa disso?"

" Não; eu só preciso arranjar o jeito certo de terminar com ele" 


          "E eu, vou tropeçar e cair

Eu ainda estou aprendendo a amar

Apenas começando a rastejar"


Eu lembro de guardar a caixinha com as mãos trêmulas, verdade, eu fiquei doente nesse dia, você veio cuidar de mim mas seu rosto me deixava ainda mais dolorido em um local onde nenhum remédio poderia curar

Foi como cair de volta na realidade

Eu sou apenas um idiota que não sabe nada sobre amor 

Eu não fui bom o suficiente?

Sinceramente eu não sei mais o que fazer, a essa altura eu chorava como uma criança, os ombros balançando e minha cabeça já começava a doer 


"Diga algo, estou desistindo de você

Lamento por não conseguir chegar a você

Em qualquer lugar, eu teria te seguido

Diga algo, eu estou desistindo de você

E eu vou engolir meu orgulho

Você é a única, que eu amo

E eu estou dizendo adeus"



Eu lamentei por não ter conseguido fazer você me amar, eu me odiei por isso, essa decisão foi mais dolorosa do que aparece...

Olhando para o espelho eu via a figura desanimada a minha frente, a alguns dias atrás eu tomei essa decisão e agora que finalmente essa "missão" foi cumprida eu me sinto ainda pior


Ela foi, você foi a única pessoa que eu amei, e agora eu disse adeus...

Eu sorri enquanto você ia embora e eu chorei quando você já não podia mais me ver, eu senti meu coração se partir quando o termo "Melhor amigo" foi usado para se referir a mim DE NOVO 

Eu lembro quando você me chamava assim no ensino médio, doía, doía muito mas agora doi ainda mais por que eu já experimentei a droga que é ter você pra mim 

Ouvir você chamar o meu nome em um tom carinhoso 

Me chamar de amo, meu bem ou qualquer outro apelido carinhoso

Ter seus lábios tocando os meus 

Amar e ser amado por você é uma droga e eu já estava completamente viciado


"Diga algo, eu estou desistindo de você

Me desculpe por não conseguir te ter

Em qualquer lugar, eu teria te seguido"


Sai da frente do espelho sorrindo piedosamente para o calendário, limpei as lágrimas e tomei um banho 

Agora eu sou um novo homem, a quem eu estava tentando enganar com essa falsa vibe de superação? fui até a cozinha e abri a geladeira pegando o CupCake que havia chegado a pouco tenpo

Em uma das gavetas da cozinha peguei uma vela pequena, dessas que fazem estrelinhas, coloquei em cima do pequeno bolinho


Tentei colocar um sorriso no meu rosto mas meus lábios se recusavam a levantar.

Olhei a porta mais uma vez 

Maldita esperança 

Mesmo que eu saiba que você não vai voltar eu ainda olho para a porta esperando que milagrosamente você entre por ela e cante comigo o famoso 

"Parabéns pra você"

Afinal, foi você que disse que todos os aniversários deveriam ser comemorados 

Hoje é meu aniversário 

Como suposto, você não lembrou, na verdade você não lembra de mim faz algum tempo 

Sem mensagens

Sem telefonemas 

Afinal já haviam se passado 6 meses

Puxei da pilha de correspendências o único que eu sabia o que era, por 1 mês me recusei a abrir esse envelope com medo do que tinha nele 

Acendi a vela 

Abri o envelope 

Mais uma vez meu coração doeu tão loucamente que eu tive buscar um pouco de ar a mais 

Seu nome estava em dourado mas não era o meu que aparecia logo depois como eu tanto sonhei 

S/n é Woojin

Fechei os olhos e adorei a vela desejando que vocês fossem felizes 

Afinal 

Woojin é meu melhor amigo e Você é a mulher que eu amo 

O CupCake era estranhamente salgado, até que eu persebi que eram as minhas lágrimas nele

Eu estou sozinho novamente e me perguntando se era melhor que eu nada disso tivesse existido

Sabe, eu ainda sonho com o nosso felizes para sempre mesmo sabendo que eu não sou o seu príncipe 

E me pergunto como seria se naquele dia você tivesse dito alguma coisa 

"Diga algo, eu estou desistindo de você

Diga alguma coisa"



Notas Finais


Olá meus amores
Espero que vocês tenham gostado dessa pequena história
Eu amo escrever coisas triste é muito mais fácil do que escrever coisas felizes
Caso alguém queira conversar, botar pra fora, sei lá...
Me chama
Estou disposta a responder qualquer pessoa
Lembrem - se EU AMO VOCÊS

Obrigada pelo apoio e perdão pelos erros

Feedbacks são definitivamente aceitos de bom grado

Beijos de uma Imperatriz Perdida 😗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...