1. Spirit Fanfics >
  2. Digimon Aventuras em Dobro 2.0 >
  3. A Reunião 3 - Novas Amizades, Parque e Surpresas

História Digimon Aventuras em Dobro 2.0 - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


OOOOOOOIIIIII Turo Boooom??
Como tá a quarentena
Trago-vos aqui o 3º cap da nossa fanfic
Sim eu sei demorou masi de um mês não precisa me jogar preda, mas temos de entender que a vida de ngm é facil. Mesmo a vida de um fanfiqueiro não é facil, trabalhos, escola, vida pessoal, corona, não é facil... MAS
Como a minha escola suspendeu as aulas e eu to com bem mais tempo livre vou aproveitar pra organizar minha vida, além disso para os que esta em isolamento como eu (não peguei corona tá, só to ficando mais em casa), é um algo para se fazer nesse meio tempo. ENTÃO É ISSO ESPERO QUE GOSTEI :) BJS (Recadinho especial: Para quem não sabe em países do norte como EUA e Japão o ano letivo começa em agosto e acaba em Maio)

Capítulo 3 - A Reunião 3 - Novas Amizades, Parque e Surpresas


Fanfic / Fanfiction Digimon Aventuras em Dobro 2.0 - Capítulo 3 - A Reunião 3 - Novas Amizades, Parque e Surpresas

Muito Obrigado

Amigos, muito obrigado por tudo o que fizeram por mim

principalmente... vocês três.

Sim minha vida se resume praticamente aos meus pais, meu irmão e essas três pessoas.

Apenas três

Certo deveria dizer quatro, não 5 ou melhor... Enfim todos os meus amigos.

Embora esses Três tenham sido os principais da minha vida.

Muito obrigado amigos depois de tudo o que eu passei vocês sempre me ajudaram, perdoaram e apoiaram. SERIO!!!Muito Obrigado!

E você, sim você a quem enviei, saiba que sempre te amarei e sou muito grato por te conhecer, você me ajudar de uma forma, que me deixa sem palavras. Tanto que eu nunca seria capaz de ferir a você ou a qualquer outro!!!

Nunca

~ Carta! De : Ken ichijouji Para : ...~

Historia

No último capitulo

~Aeroporto de Tokyo 12:30~

    -Vamos nessa então.

    -Nee-chan pode me soltar agora

    -Hikari-chan você salvou a minha vida. Acho que isso é o principal sinal de nosso amor.-Davis simplesmente não parava de pensar em como a Kari o “salvou” e acaba tirando, por puro achismo, que isso a principal prova de amor dela.
Todos se dirigem a plataforma de saída, um pouco tensos com o "ocorrido" até que...

BAM

    -Aii, ignorante.

    -Anda onee-san você não quer perder...-percebe sua companhia- Desculpa mas estamos com pre... Espera ai, você é..

    - O que foi Takeru-kun?

    - Taichi-san olha.

    -AHH, não pode ser você é.

Todos finalmente percebem a pausa e olham a cena

    -Catherine !!!

    -Tai !! TK !!!- Diz Catherine eufórica

    -O-o-oi Catherine -Tk a responde, gaguejando, mas responde

    -A quanto tempo não ? -Tai estava vermelho de vergonha

    -Bastante tempo mesmo. Poderiam me ajudar ?

    -Cla-cla-claro.

Enquanto Taichi e T.K ajudavam Catherine e Matt a se levantar Sora e Kari, junto com todos os outros, se perguntavam quem era aquela garota.

    -Com licença, Taichi-san e Loirinho, mas...

    -Poderiam nos apresentar sua "amiga"?

    -Cla-claro. E-e-ela... E-e-ella-ela é-é- é a-a

    -Lembram-se daquela noite dois anos atrás?- Vendo a situação do “loirinho” mais novo, Tai vai a seu socorro.

    -Q-qu-que no-noi-noi- noite ?-Sora, por algum motivo, fica vermelha

   -Tivemos muitas noites a dois anos!

   -Aquela noite de natal que voamos ao redor do mundo !

   -Espera ai... ah agora lembrei. Então quer dizer que essa é...

   -Catherine Deneuve a seu serviço, le plaisir est pour moi - Catherine se apresenta a todos de uma forma bem formal 

    -Que foi que ela disse- Davis cochicha com Ken ao seu lado.
                - Se eu soubesse, já teria ido para França a muito tempo   

   -Prazer em conhece-la espero que aproveite a estadia aqui, seja lá porque você veio, espero que possamos nos tornar grandes amigas- Yolei nem espera e já vai voando em sua direção, o que deixa Catherine um pouco assustada

-Espera, eu não te vi no avião do Japão.- Matt ressalta

-Eu vim no voo do Estados Unidos.

-O QUÊ !!!! - Todos ficaram pasmos completamente.

-Era um voo de escala, além disso estava sem combustível, então ele desceu em Paris e voltou a rota no Japão. Por sinal muitas pessoas desceram e foi um voo bem confortável.

-Que bom pra você

-Mas espera, isso significa que...

Antes que pudesse concluir uma menina vinda diretamente de sabe lá da onde, abraça Izzy com a força de um digimon supremo!!!

   -QUANTA TEEEEEMPOOOO!!!

-Mais uma ?!

-Então é assim que vocês me tratam depois de tantos anos??!!?

   -MIMI!!

-MIMI-CHAAAN!! QUE SAUDAAAAADE !!

-Eu também estava morrendo de saudades de você Yolei, na verdade de todos vocês. Espera quem é essa ? -Se referindo a Catherine 

-Pelo que aparenta é uma amiga do meu irmão e do loirinho.

-Obrigado pelo apelido gentil.

-Ah se é amiga dos meus amigos é minha amiga também. Prazer em conhece-laaaaa.

-Meu.. nome... Catherine.- Sentia-se sufocada e quase sem ar devido ao abraço, que mais parecia tentativa de homicídio, da Mimi

-Mimi-chan, seres humanos precisam de ar esqueceu?

-Ah mas eu também tenho uma surpresa. EI MENINAS VENHAM CÁ!!!

-Por acaso tenho cara de cachorro pra me chamar assim?

De repente, duas garotas completamente distintas começaram a andar em direção ao grupo, uma loira super estilosa a frente, outra morena toda tímida com  um daqueles carrinho pra carrega mala de aeroporto, que por sinal estava cheio.

   -Pessoal quero apresenta-los minhas duas novas amigas que conheci lá em Nova York, aquela lá com as nossas malas é Meiko, e essa linda aqui se chama...

   -Kyoko Kuremi o prazer é meu- Diz a loira que já tinha alcançado o grupo

   -Pelo visto ela também é chique

   -E bonita também

   -O QUE OS DOIS MENINOS ESTÃO COCHICHANDO?!?- Yolei grita e os faz se separar

 Kyoko era linda e usava uma camisa branca longa com os botões de cimas soltos, deixando livre um enorme decote sexy e ousado, porém com uma faixa que cobria uma parte (quase nada) de seus seios, mais ainda conseguia chamar muita atenção dos homens, não somente pelo decote mas também por suas pernas que estavam quase que totalmente expostas já que seu short era curtíssimo. Usava luvas pretas e seus olhos, de um belo tom verde-escuro, até então estavam cobertos por seus óculos rosa.

   -Meiko-san venha cá ver o pessoal

   -To indo, mas as suas malas estão meio pesadas- Dizia isso ao longe, vale ressaltar que a pilha/MONTANHA de malas era tão grande que quase não dava para ver que tinha alguém carregando.

   -Não diga isso nossas malas estão quase todas aí

-NOSSA MALAS??! Querida, que eu saiba daquelas malas uma é minha e duas da Meiko.-Todos começaram a encarar a Mimi, embora não tivessem cara de que a situação fosse nova.

    -EI NÃO ME OLHEM ASSIM COMO SE A CULPA FOSSE MINHA. Eu não posso fazer nada se eu aproveitei os descontos pra fazer umas comprinhas e quis trazer um pouco de tudo

   -Um pouco de tudo, se eu fosse a Meiko te denunciaria por trabalho escravo.

   -Não se preocupe Kyoko- Meiko sorria atrás das malas, mesmo que parecesse cansada- Eu estou bem não está tão pesado assim.

   -Concordo plenamente com você amiga.

   -Você é horrível, se aproveita da bondade da menina.

Meiko era bonitinha, usava óculos vermelhos tinha um vestido azul com detalhes brancos e sapatilhas comuns, era bem mais simples, e decente, do que Kyoko, mas mesmo assim não deixava de ser bonita. Depois de chegar com o carrinho (cá entre nós tava mais pra caminhão) de malas da Mimi, Meiko corre para frente de todos e faz reverência.

   -Meiko Mochizuki, prazer em conhece-los.

   -Não precisa toda essa cordialidade, como Mimi-san disse: amigo de meus amigos também é meu amigo, o mesmo vale pra você Kyoko. CERTO PESSOAL?

   -SIM

   -Prazer em conhece-la Meu nome é Taichi

   -Taichi...

   -Mas pode me chamar apenas de Tai- Dizia com uma piscada fazendo Meiko levemente corar

   -Meu nome é Yamato- Diz aproximado-se de Kyoko- Mas para os íntimos eu aceito Matt

   -Espero que possamos ficar bem íntimos então, Yamato-kun

   -Digo o mesmo Kyoko-Chan

   -Essa coisa de banda realmente da certo quando se fala de garotas- Tai zomba antes de ser cortado por Sora que vai a frente de matt

   -Oi eu sou Sora Takenouchi, espero que possamos ser grandes amigas  

   -Meu nome é Koushiro mas pode me chamar de Izzy

   -Takeru Takaishi, pode me chamar de T.K

   -Eu sou Joe Kido

   -Oi meu nome é Miyako, mas se quiser, pode me chamar só de Yolei

   -Eu sou o Cody

   - Ken Ichijouji prazer em conhece-las

   -Daisuke Motomiya, mas também aceito um Davis

   -Hikari Yagami, sou irmã do Tai, se quiser pode me chamar de Kari

   -Sim sim, é um prazer conhecer todos vocês, vocês são muito gentis- Meiko dizia, com lágrimas nos olhos se esforçando para não chorar

   -Que é isso não precisa ficar assim

   -Apenas fomos educados- Tai e Matt se completavam, fazendo Meiko chorar

   -Espero que nossa estadia aqui no Japão possa ser bem agradável com vocês

  -Espera vocês não falaram porque vieram pro Japão -Koushiro perguntava curioso como sempre- Estão só de férias Como a Catherine ou algo assim?

   -Não não, nada disso- Meiko se explica- acontece que meu pai e o pai de Mimi-chan trabalham no mesmo setor da mesma multinacional, então quando ela teve que se mudar eu acabei indo junto. Nossas casas ficavam um pouco próximas então não demorou muito para nos encontrarmos, mas como agora eles tiveram de voltar, a gente só precisou marcar para vir no mesmo dia.

   -Uau, e você Kyoko, o mesmo motivo?

   -Na realidade é algo completamente diferente. Sabe eu nasci aqui no Japão mais precisamente mais ao oeste em Kyoto, sempre vivi aqui, esse ano completei a escola e para comemorar minha família decidiu tirar férias nos Estados Unidos, como estávamos de mudança deixamos alguns empregados encarregados das malas e viajamos, quando tudo terminou deciram voltar, mas eu preferi ficar mais um pouco, para descansar e resolver algumas coisas sobre meu intercâmbio...

   -Intercâmbio?

   -É isso aí eu vou fazer intercâmbio de ciências forenses no exterior, para aumentar meu currículo e trabalhar como detetive, foi então que, por acaso, encontrei a Meiko e Mimi e nos tornamos amigas, depois de um tempo elas me falaram sobre voltar para o Japão hoje, então eu falei com meus pais, comprei a passagem e Tokyo aqui estou

   -Ela cancelou uma viagem...

   -Vai fazer intercâmbio...

   -E comprou passagens em cima da hora

   -Riiiiiicaaaaaaa - Cody, Ken e Davis diziam juntos

   -SERA QUE VOCÊS VÃO CONTINUAR COCHINCHANDO  

De repente ele começam a ouvir alguém gritando

   -MATT!!! Meu filho que bom ver você de novo- O pai de Matt vem correndo ver o filho e o abraça

   -Oi pai, e aí como você esteve?

   -Eu tenho estado bem mas, como foi a viagem, não está muito cansado está?

   -Não pai eu estou bem obrigado

   -Ah que ótimo, e onde está sua mãe??

   -Ela já foi, eu disse a ela que ia dormir na casa dela essa noite então ela já levou minhas malas

   -Entendo, bom eu estava a fim de falar com ela, mas já que é assim

   -Assim como pai?- Seu pai apenas ficou quieto

   -Escuta Sr.Ishida, né por nada não mas, o senhor não iria comprar um presente pro Matt??

   -Presente?

   -Ah sim verdade, estava pensando em ti receber com alguma coisa mas tudo por aqui é muito caro

   -É um aeroporto pai, eles são assim, estranho seria se fosse diferente

   -Bom de qualquer forma, é melhor adiantarem a confraternização aí ou vamos nos atrasar

   -Atrasar mas...

   -Ué desistiram da tal reunião que fazem todos os anos?

De repente todos pararam para olhar o relógio digital que tinha no aeroporto,

~Aeroporto Internacional de Tóquio 13:20~

-Que, já é uma hora da tarde!!

-Nossa como o tempo voa.

-Então vamos lá pessoal todas as coisas para o piquenique para já estão no carro- Tai dizia como líder do grupo

-Coisas, piquenique, vocês vão acampar? -Kyoko perguntava sem entender do que falavam

-Mimi-chan você não contou nada pra elas?

-Então...-Mimi tenta disfarçar com uma risadinha-

-Enfim, de qualquer forma hoje é uma data importante

-Porque é algum feriado japonês- Catherine também estava curiosa

-Não, não. Hoje mesmo sendo sábado é primeiro de Agosto.

-E??

- O que tem isso, é algum aniversário?

-Mais ou menos

-Resumindo, é o dia em que os 8 digiescolhidos originais se reúnem para relembrar daquela época e manter a amizade mesmo com as distancias de país o tempo passado, já que foi neste mesmo dia 5 anos atrás que fomos pela primeira vez ao digimundo.

-E com o surgimento da nova geração agora somos 12 e precisamos de uma real celebração!-T.K completa a fala de seu irmão

-Esse são seus resumo?

-Algo contra morena-chan?-T.K reponde a provocação de Kari

-Pelo menos elas entenderam.

-De qualquer forma isso parece bem legal

-Podemos ir?-Meiko começa a implorar

-Hum, não sei sabe.

-Ah vai Tai-kun deixa vai o que tem, você sempre diz "quanto mais melhor"- Mimi tenta convencer o Tai de todas as formas

-Nunca me lembro de ter dito isso

-De qualquer forma...-Kyoko e Meiko pegam algo na bolsa.

-Também somos digiescolhidas!

-SERIO !!

-Eu sabia que o número de digiescolhidos tinha aumentado depois que derrotamos Belial Vamdemon mas, isso me surpreendeu.

-Já que é assim não vejo mais motivos para não convida-la. Não é Taichi-kun.

-Bom já que insistem, vamos nessa.

- E você Catherine, vem com a gente?-T.K pergunta a loira que estava um tanto quieta no canto

-Hã, não infelizmente não posso minha família já deve estar me procurando, mas, espero que seja um ótimo dia para vocês.

-Tem certeza, que pena.

-Bom espero que seja um ótimo dia pra você também, bem vinda ao Japão. Espero que goste.

-Já estou adorando-Se despende dando um beijo em Tai e T.K, deixando os dois paralizados, o que por algum motivo fez certas digiescolhidas virarem tomates- Tchau para todos divirtam-se.

-Então acho que já na hora de irmos não é senhor Ishida- Dessa vez Sora toma a frente, com um tom bem intimidador.

-Claro claro, vamos logo antes que fique tarde.

-Ei vocês dois parem de ficar como estátuas e venham logo- Joe grita com T.K e Tai que ainda estavam estáticos.

Após todos os digiescolhidos saírem da entrada, de uma área mais escura próxima a parede onde o sol não atingia, olhos negros se formavam e seguiam sua direção como se estivesse os vigiando, fixam a porta do aeroporto e somem em seguida junto com a sombra. Logo eles chegam ao parque e procuram um lugar na sombra de uma árvore e ali ficaram, mesmo sendo sábado o parque estava cheio. Lá eles conversavam, brincavam e riam dos contos da Mimi, das piadas sem graça do Joe (pelo menos ele tentava),  de como o Daisuke tentava ficar próximo de Hikari, embora muitas vezes falha-se, mas ainda assim, se tratavam como uma verdadeira família, além disso aproveitaram para conhecer bem mais Kyoko e Meiko.

No fim da tarde.

~Parque Odaiba 16:54~

-Bom acho que já vou indo, meus pais vão ficar preocupados

-Espera Meiko-chan, eu vou com você, nossos apartamentos não devem ficar muito longe um do outro.

-Ela é tão rica e mora em um apartamento??

-DAVIS!!!

-Não querem esperar? Nós também não vamos demorar muito -Matt tenta convence-las a ficar

-Não, não se preocupem, esse momento era só pra vocês afinal

-Mas vocês o tornaram mais...Especial

-Obrigado mais mesmo assim, pode me ligar pra qualquer coisa.- Kyoko resiste e vai embora com Meiko

-Tchau pra vocês então

-Não entendo esse seu jeito com a Kyoko Yamato-kun, por acaso tem algo por trás- Sora deixa de comer sua fruta para prestar atenção na conversa e fica meio corada

-Eu acabei de a conhecer estou apenas sendo educado

-Se você diz

-Pelo menos eu não beijei ela como você- Sora fica ainda mais corada com o comentário

-Olha aquilo com a Catherine foi apenas um gesto de despedida, não foi nada de mais, além disso foi ela que me beijou e não eu que beijei ela

-Você que está dizendo

-Rapazes vamos para com essa briga estúpida, não vai levar a nada além disso estão incomodando os outros,“Principalmente a mim”-Essa última parte Sora decidiu guardar pra si mesma, mas a repreensão fez os dois fecharem a cara

-Acho que também deveríamos ir já esta ficando tarde e..-Izzy ia terminar a frase, mas antes que fechasse o notebook ele brilha fortemente-.Wow. Mas o que.

-Izzy-kun o que esta havendo?

-Eu não sei Cody-kun mas, eu não consigo controlar.

-Digi......escolhidos.......venham......cá

-Que????

-Que voz é essa.

De repente A luz sai da tela e cobre toda a área que eles estão. Então eles se vem em um mundo paralelo com apenas 2 grupos. Eles e o...

-GENNAI!!-Exclamam todos 

-Gennai-sensei você esta vivo.

-É o que parece.

-Como assim? Nós mesmo os vimos quase mor...morto em sua casa- Só de lembrar Izzy tem dificuldade em falar

-Não se espantem logo explicarei tudo. Mas agora não temos tempo, explicarei tudo em minha casa. Mas ainda temos um pouco de tempo para falar do que é importante.-ao dizer isso todos olham para todas as direções e vem que a nevoa densa que os cobria se dissipava aos poucos-. Bem parece que um digimon bom esta atacando o digimundo,

-Hã, como assim?

-Mas isso não esta certo digimons deveriam proteger o digimundo e não atacar.

-É o que deveria ser, mas, pelo que parece se rebelou, e está causando o caos.

-Mas se for só um digimon não é só mandar alguém impedi-lo, porque chamar todos nós?

-Esse é o problema Mimi-chan, se fosse alguém de força comum, mesmo em uma fase avançada poderíamos fazer alguma coisa, mas pelo que me contaram parece que é um digimon sagrado.

-O QUE DIGIMON SAGRADO?!-T.K e Kari diziam juntos, espantados

-Sa-sagrado, assim como Angemon e Angewomon ?

-Na verdade, talvez até mais forte que Angemon e Angewomon!

Todos se espantam, Angemon e Angewomon já eram muito fortes juntos mas se esse digimon fosse realmente mais forte, ele poderia bater até Wargreymon e Imperialdramon

-Crianças rápido, venham a minha casa. E lembrem-se.. de fechar o...

-Gennai-sensei espera.

Antes que pudesse alcança-lo a névoa o cobriu e a luz brilhou de novo dessa vez de forma ainda mais intensa, depois disso eles acordaram deitados no parque já à noite

-Isso foi, um sonho?

-A menos que você acredite em sonho coletivo não.

-Os sinais, a névoa, a sensação foi tão real.

-Sonho ou não esse velho ta maluco, depois de tudo o que fizemos um digimon não seria capaz de atacar o digimundo, ainda mais um digimon sagrado-Davis zombava de Gennai e suas “loucuras”

-Louco e cego por sinal, ele nos chamou de crianças.

-Galera isso, definitivamente não foi um sonho!

-Deixa de bobagem Koushiro-kun, não é porque vimos o velho que ele está vi...- Taichi percebeu a bobagem que ia falar e calou a boca- desculpe.

-É serio pessoal venham ver isso aqui

Ele os mostra um Email de Gennai :

Digiescolhidos, rápido venham ao digimundo, precisamos de vocês, coisas muito estranhas estão acontecendo. Depressa venham rápido.

-Nos não temos os digimons como vamos conseguir ir ao digimundo !

Como em resposta a mensagem dizia :

Os digimons estarão esperando, usem o poder do digivice. Mas lembrem-se de usar todos de uma vez, senão as consequências serão terríveis. Rápido não sabemos quanto tempo ainda temos. O portal abrirá em breve.

Fim da mensagem.

-Minha nossa

-E então, o que fazemos agora?

-Seria melhor ouvir o Gennai e pegar nossos digimons o mais rápido possível. Todos trouxeram o digivice?-Apenas a metade concorda

-Eu esqueci o meu!

-O meu ta em casa!

-O meu ta na mala! -Dizem Mimi, T.K e Matt respectivamente. Todos caem do jeito Anime Style

-E agora o que fazemos! Ouviram o que velho disse, se não usarmos nossos digivices ao mesmo tempo não sabemos o que pode acontecer

-Podemos nos reunir amanhã na minha casa para pegar os digimons!- Hikari sugeri

-É bom mesmo já esta um pouco tarde.

-Nossos pais devem estar preocupados.

-Vamos indo o parque vai fechar.

-Ei Mimi que tal dormir na minha casa hoje.

-Ótima ideia Yolei-Chan podemos chamar Meiko-chan e Kyoko-chan e fazer uma festa do pijama.

-Ótimo assim que não dorme sou eu- Cody resmunga

Enquanto todos conversavam Tk chega mais perto de Kari.

-Ei Hika-chan, o que você tem ?

Kari responde se assustando um pouco com sua presença -Eu apenas ainda não me conformo com a ideia que um digimon sagrado estar atacando o digimundo. E que ele é mais forte que nossos digimons juntos.Ahh, será que as coisas podem ficar pior?

-Não esquenta Hika-chan, com certeza nos vamos dar um jeito nisso. -Takeru tenta consola-la com a mão em seu ombro, olhando em seus olhos - Sempre damos não é mesmo.

-Não é a toa que seu brasão é a esperança.-ele resmunga alguma coisa em seu canto- Que foi ?

-Na-na nada. Por-que não se-seguirmos os ou-outros.

Após isso todos vão pra casa e tem uma boa noite de sonhos em poder ver os digimons de novo... Bom era pra ser assim mas, T.K e Kari não paravam de pensar nesse tal digimon sagrado, Matt  teve que aguentar o pai perguntando sobre essa viagem com a mãe e Mimi e Yolei que fizeram essa tal "festa" que não deixou nem o Cody dormi direito.

 

No outro dia

~2 de agosto Domingo 11:30~

Tai, Izzy e Kari estavam reunidos na casa dos Kamiya tentando estabelecer uma conexão com Gennai

-Tem certeza que não quer esperar todos chegarem?

-Se o digimundo precisa realmente de nossa ajuda precisamos nos comunicar com ele o mais rápido possível. “Além disso quero ter certeza de que Gennai-sensei está vivo”-Izzy responde a Kari concentrado na tela do computador

-Sabe mesmo se isso vai da certo?

-É claro. Tem que dar certo ou não me chamo Izzy Izumi.

-Seu nome não era Koshiro.

Do nada a tela brilha novamente e dessa vez Gennai aparece como um holograma em cima do teclado.

-Gennai.

-Bom dia crianças.

-De novo esse papo de crianças.

-O tempo é curto rápido, onde estão os outros.

-Eles não puderam vir.

-Então vamos usar o plano B. Chame-os pelo computador se tudo der certo vamos conseguir enviar os digimons pela rede.- Izzy faz isso e chama todos o mais rápido possível

-Todos prontos. estendam o digivice para a tela. Agora usem a força de seus brasões. Pensem neles sendo ativados. Isso força digiescolhidos vocês conseguem precisamos de vocês

Depois disso cada brasão brilha no coração de cada digiescolhido, então 12 figuras de cores diferentes surgem na tela.

-Agora digimons vão ao encontro dos digiescolhidos.- Todos os digimons, então aparecem na sala do Tai.

-Koshiro-kun.

-Taichi-san.

-Hikari-chan.

-Agumon!

-Tentomon !

-Tailmon !

-Tentomon quanto tempo nos vemos, estava com saudade de você

-Tailmon como você está, senti-se bem?

-Huhum, você cresceu Hikari-chan!!

-Agumon, Agumon, que saudade Agumon

-TAIICHI

-É não querendo ser chato nem nada mais...

-Enquanto a nós??

-Porque todos os digimons apareceram ai ?

-Talvez porque a conexão foi feita aqui, assim como aqui tem 3 digiescolhidos enquanto ai tem um ou dois.

-A lei da maioria.-T.K responde com seu tom sarcástico

-Não se preocupem podem vir mais tarde antes da festa para pegar os digimons. -Essas palavras fizeram TK tremer e Matt rir.

-Hikari-chan eu já estou indo pegar o V-mon.

-Acho melhor todos virem de uma vez.-Davis fica magoado e isolado com o coração partido.

-Tudo bem até a noite então.

-Bom Gennai-sensei será que poderia responder algumas pergun... JÁ FOI EMBORA!!

-Não se preocupe Koshiro-kun as coisas estão complicadas no digimundo ele precisa de tempo.

-Tudo bem acho que já vou indo. Vamos tentomon

-Mas já.

-Tome cuidado mesmo os digimons já sendo permitidos ainda é perigoso se as pessoas souberem que eles voltaram depois de tanto tempo.

-Não se preocupe até mais tarde.

E então ele se foi. Mas tinha uma coisa que os digiescolhidos não sabiam. Era que estavam sendo observados desde o aeroporto por uma figura sombria que se ocultava nas trevas, a única coisa visível de seu corpo, eram seus olhos vermelhos como o sangue.

-Aproveitem digiescolhidos aproveitem. Aproveitem enquanto ainda tem chance-Risada maligna.

O que será que essa figura maligna quer?

Quem é esse digimon sagrado?

Porque será que se rebelou?

Como será o baile para T.K tendo que cumprir essa promessa?

Descubra na próxima parte!

 

 


Notas Finais


PRONTTTTTTTO OBG POR LER MINHA HISTORIAAAA
Obg por ter lido o capitulo, acredite isso já me ajuda muito real TAKYU S2 (vou tentar não demorar tanto nos proximos cap tá, vo tentar)
Então só pra relembra, caso alguém tenha se perdido, em países do norte aonde o inverno é rigoroso, como Japão, EUA, Canadá e etc. As férias começam em meados de março e vão até agosto, aonde, em agosto, começa um novo ano letivo, sim um tanto diferente mas é assim. OBG POR ESTAR AQUI, se cuide nesses tempos difícies e se for possível, comentar, avaliar dizer o que achou ou até avaliar muito agradecido
DEUS ABENÇOE VC E SUA FAMÍLIA <3 ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...