História Dilema - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias Barbara Palvin, Harry Styles, Justin Bieber, Kendall Jenner, Shawn Mendes
Visualizações 69
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem... 💕

Capítulo 47 - Capítulo 47


      P.O.V Justin

Acordei na manhã seguinte e já eram quase dez horas da manhã, olhei meu telefone e tinha várias e várias chamadas perdidas da Isabella.

Já senti uma raiva só de lembrar o que aconteceu, mas preciso me acalmar, preciso parar de ser impulsivo ou vou acabar me fodendo. Espremi os olhos e levantei já sentindo uma dor de cabeça da porra. Acho que foi por causa da música alta ou o que usei na noite passada. Desci as escadas tentando lembrar como tinha chegado aqui e me lembrei rapidamente de tudo e lembrei que a Stephanie dormiu aqui.

Saí rápido indo para o quarto onde ela estava. Chegando lá abri a porta de uma vez e acabei acordando ela no susto

- Que merda Justin. - Ela grita.

- Foi mal. - Falo ofegante. - Desculpa, mesmo.

- Quê que deu em você? - Ela pegunta confusa e com cara de sono.

- Foi mal, é que eu tava tão chapado ontem que precisava ver se você dormiu aqui mesmo ou se foi só alucinação. - Ela revira os olhos.

- Como você se sente?

- Bem. - Respondo simples.

- Ótimo. Agora que você já está consciente eu posso começar a te bater ou eu deixo que a Isabella faça isso? - Ela fala com as mãos na cintura e eu ri.

- Você pode até me bater mas você não vai contar pra Isabella.

- É claro que eu vou Justin. - Ela fala decidida. - Eu só tô te avisando antes, não vou esconder isso dela. A não ser que você conte antes.

- Impossível. - Falo rápido.

- Então eu conto. - Reviro os olhos. - Seria melhor você contar, não acha?

Pensei melhor e realmente era bem melhor, eu não quero mentir pra ela. Vou contar, que se foda. Mas ainda temos muito o que conversar...

- Ok, eu vou contar.

- Ótimo. - Ela sorri sem mostrar os dentes. - Que horas são?

- Quase dez.

- Nossa eu dormi demais. - Ela fala se levantando. - Preciso ir.

- Que nada, tá mó cedo.

- Ok, mas é bem estranho...

- Oquê? - Pergunto confuso.

- Dormir na casa do namorado da minha melhor amiga...

- Que bobagem, não tem nada demais nisso. - Dou de ombros. - Deixa de besteira e vamos descer pra tomar café da manhã.

- Ah, tá. - Ela riu. - E o que tem pro café da manhã?

- Um montão de coisas mas eu tô com preguiça de cozinhar então... - Ela caiu na gargalhada. - Vamos comer fora.

- Ok, tô surpresa é por saber que você sabe cozinhar. - Ela fala enquanto descemos as escadas.

- Stephanie! - Repreendo ela brincando e ela ri.

- Ué. Vai dizer que sabe cozinhar?

- Bom, eu tento. - Ela cai na gargalhada.

(...)

Depois que deixei a Stephanie na casa dela, me peguei pensando nela no caminho de volta, ela se afastou e eu senti muita falta dela, ela é uma pessoa realmente foda e me faz muito bem. Sem contar o que ela fez por mim ontem, porra, imagina só onde eu ia estar uma hora dessas se não tivesse saído de lá, talvez no hospital. Não consigo nem imaginar. Ela não pode se afastar mais...

P.O.V Isabella

Acordei na manhã seguinte e logo peguei meu celular para ver se tinha alguma mensagem ou sinal de vida do Justin... Mas nada. Deixei várias mensagens e liguei várias vezes igual uma louca na noite passada mas ele não atendeu. Eu precisava muito saber dele. Se tem uma coisa que com certeza irei fazer hoje é ir atrás dele.

Levantei e fiz minhas higienes e desci para tomar café, não tinha ninguém em casa, ótimo. Comi alguma coisa e enquanto comia, confesso que chequei o celular várias vezes para ver se tinha algum sinal de vida do Justin mas nada... Confesso que tava bem preocupada com esse sumiço dele mas já vou resolver. Terminei de comer e liguei para a Stephanie que também tem sumido mas por dias, mas ela não me atendeu. O que deu nessa gente? Tá todo mundo me ignorando... Terminei de comer e não podia esperar mas nenhum segundo, vou atrás do Justin já. Estava ansiosa e preocupada, sentia um aperto no peito desde a noite anterior e não sabia o motivo. Só espero que não tenha acontecido nada com ele.

Saí de casa e resolvi ir andando mesmo, já que não é longe. Andei alguns minutos e percebi o dia lindo que fazia hoje. Crianças brincando no jardim, pessoas conversando. Depois de alguns minutos cheguei em frente a casa do Justin e o portão de entrada por algum motivo não estava trancado e eu entrei. Cheguei em frente a porta da casa e toquei a campainha apesar de saber a senha para abrir a porta. Toquei a campainha duas vezes até que vi a porta se abrir e lá estavam os olhos cor de mel que tiram a minha paz, pareceram cair em tristeza ao me ver, estranhei aquilo.

- Entra. - Ele fala simples e dá as costas e eu entrei indignada.

- Oi? "Entra"? Como assim "Entra"? - Pergunto indignada e ele só parecia sério.

- Sim, você queria ficar do lado de fora? - Revirei os olhos para a sua idiotice.

- O que aconteceu? Porquê você sumiu? Porquê não atendeu nenhuma das minha milhões de ligações? - Ele ignorou minha pergunta e sentou-se no sofá e focou na tv. - Justin...

- Ontem quando você disse que a gente não ia se ver porquê você estaria ocupada... - Ele me interrompe.

- Ah é por isso? É por isso que você tá assim? Sério? - Interrompo ele que dá uma risada cínica.

- Eu só queria saber por quê ontem quando eu te liguei quem atendeu foi o Shawn... - Ele falou frio e eu congelei dos pés a cabeça...


Notas Finais


Comentem o que estão achando...
Até o próximo 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...