História Dimensões Opostas - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kankuro, Karin, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Dimensão, Dimensões, Narusasu, Naruto, Oposto, Sasuke, Sasunaru, Yang, Yaoi, Yin, Yinyang
Visualizações 44
Palavras 3.407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Créditos da imagem para o(a) artista: não encontrei ;-;

Capítulo 6 - Estava... Feliz!


Fanfic / Fanfiction Dimensões Opostas - Capítulo 6 - Estava... Feliz!

~


Naruto sentiu que suas palavras mexeram com Sasuke, se sentiu orgulhoso hahaha adorava o efeito que suas palavras faziam nas pessoas!

Continuou seu caminho até a cozinha. Preparou seu prato e pensou em preparar um para o moreno, ele parecia meio debilitado, mas achou melhor deixar para lá já que o mesmo tinha dito que não queria.

Colocou seu prato pronto em uma bandeja junto com dois copos e uma garrafa de água. Segurou a bandeja com as duas mãos e foi em direção a sala novamente.

- Sasuke eu peguei um copo de água para vo_ - Naruto reparou que Sasuke estava com os olhos fechados. Ele estava dormindo!

Colocou a bandeja sobre a mesa de centro e se agachou em frente ao sofá, onde Sasuke estava. Ele realmente estava dormindo profundamente. Hahaha que bonitinho hihihi.

Naruto dava risinhos baixinhos ao ver a cena. Que fofo.

Foi ao seu quarto, chutando suas coisas largadas pelo chão, pegou um lençol que, por sorte, não estava no chão, e sim no guarda-roupas.

Voltou a sala e cobriu um Sasuke completamente apagado. Kkkkkk ele estava babando!!

Quando ele não era sério, ele era fofo!

Pegou seu prato de comida, que já estava frio mas não se importou muito com isso, sentou na poltrona de antes, na frente do sofá e da mesa de centro, e comeu sua comida olhando aquela cena fofa.

Mais tarde...

Naruto estava ocupado arrumando seu quarto. Sua mãe ligou mais cedo, no meio do banho fazendo Naruto molhar o quarto inteiro atrás do celular, e pediu, com “educação” e “calma”, para, antes dela chegar do trabalho, ele terminasse de arrumar aquele quarto para não passar má impressão para a visita “por favor ♡”. Estava a umas boas horas lá e, graças a Deus, já estava terminando.

Sentiu uma batidinha na porta de seu quarto, que estava encostada.

- Pode entrar! – A porta se abriu e Naruto pôde ver um moreno de olhos ônix encostado no batente da porta. Sua expressão estava sonolenta, seu rosto menos pálido que antes e amassado. – Seu rosto está todo amassado cara... Ah, desculpa, o sofá não é o melhor lugar para se dormir, experiência própria... Estava arrumando meu quarto justamente para colocar um colchão no chão para você dormir mais confortavelmente. – Naruto falava meio constrangido, não sabia se Sasuke apoiava a ideia de dormir no mesmo quarto que um desconhecido, NA CASA DELE! Era isso ou dormir no sofá...

Sasuke não falou nada, dando passos curtos em direção a cama de Naruto e, sem mais nem menos, parou na frente dela e se jogou de cara no colchão... NO COLCHÃO DE NARUTO!

Ele estava com metade do corpo no colchão e a outra metade fora dele, ou seja, a barriga e a cara dele estavam enterradas na cama.

- S-sasuke, eu sei que você não está bem mas_ - Que menino abusado! –

- Aaahh que doooor... – Como era bom deitar em um cama, aaahh...

- Ai meu Deus! Você está bem? – Seria sequelas de antes? Quando ele estava no beco? Ou do sofá mesmo? Ele poderia ser mais específico as vezes para não preocupar os outros... –

- Todo o meu corpo está doendo... – Sofá maldito aaahh... –

Naruto não se sentia a vontade com o que iria dizer, mas não viu muitas opções de fuga contra essas palavras que saiam da sua boca sem ele querer.

- Você quer deitar na minha cama? Quer dizer, deitar direito? – Após essas palavras, Sasuke levantou a cabeça, mantendo o tronco ainda na cama. Olhou os olhos azuis do loiro estreitando os próprios olhos. Naruto não entendeu muito bem aquela expressão. Não queria um moleque na sua preciosa cama. Era seu espaço pessoal. Já achava que Sasuke estava sendo muito folgado semideitando na sua cama daquele jeito!

- Preciso de um banho. Onde é o banheiro? – Sasuke mudou de assunto. Disse com calma. Mesmo sabendo onde era o banheiro achou que seria bom perguntar. Aquela casa era igual a sua, por isso conhecia todos os cômodos, inclusive o local em que estava cada banheiro.

- Você achou meu quarto e não achou o banheiro? – Naruto exclamou confuso –

- Achei seu quarto procurando o banheiro. – Sasuke não estava falando a verdade, sabia que aquele cômodo seria um quarto, mas queria ver se era o de Naruto ou o dos pais dele.

- É sério isso? Hahaha – Foi tapeado com sucesso!... Tanto Sasuke na visão de Naruto quanto Naruto na visão de Sasuke –Tem um banheiro no meu quarto e tem outro no fim do corredor.

- Vou ir no outro. – Entendia que já estava invadindo muito o espaço do loiro. –

Sasuke se levantou e saiu pela porta. Naruto soltou um suspiro e foi arrumar sua mochila para o dia seguinte.

Minutos depois o moreno voltou a porta de seu quarto.

- Seu pai está lá.

- Ahh, ele deve estar se aprontando para o trabalho, esqueci desse pequeno detalhe. Putz, ele vai ficar lá um século. Ele fica se olhando no espelho com aquela capa de Hokage por horas. A autoestima dele vai as alturas! – Naruto girou os olhos com um sorriso nos lábios – Não tem outra escolha, toma banho aqui. – O loiro apontou para o banheiro enquanto se levantava, pegava um toalha no armário e tacava para o outro.

Sasuke sem falar mais nada, segurou a toalha, foi em direção ao banheiro indicado e fechou a porta.

Ok, um cara, que tinha conhecido a algumas horas, estava como visita na sua casa por não ter para onde ir, havia semideitado na sua cama e agora estava no seu banheiro!!!

Socorro, ok, mantém a calma. Naruto deitou na própria cama e pegou o celular para responder mensagens que seus amigos haviam mandado mais cedo.

Viu um vídeo de raposas, que criaturas incríveis!

Arrumou a cama de Sasuke no chão, ao lado da sua.

. . .

Ok, ele está demorando muito naquele banheiro.

- SASUKEEE! – Bateu na porta gritando para o outro escutar. O chuveiro elétrico estava ligado e ele fazia barulho, se falasse normalmente nem a vizinha fofoqueira ouviria. – CARA VOCÊ ESTÁ QUERENDO COPIAR MEU PAI_ - A porta se abriu e Naruto se viu de frente para um Sasuke com uma toalha na cintura e com o peitoral todo molhado e nu. Os cabelos negros grudados na testa e com o rosto um pouco... Corado? –... Papai do cé_ O-o que houve? – O rosto do loiro começou a esquentar! Aaahh não, agora nããão!! –

- Me... empresta uma roupa? – Sasuke disse desviando o olhar como se não percebesse que Naruto estava o olhando de cima a baixo. –

- A-ah, tá! Sim, sim perai! – Meu Deus, que vergonha, senhooor. Para de olhar para ele Naruto! Para!! Por que ele está fazendo isso com o pobre Narutinho?? Aaahh!!

Naruto pegou uma camiseta Azul, uma bermuda cinza e uma cueca laranja ainda com a etiqueta, ainda estava nova. Eles pareciam ter a mesma estatura, com a pequena diferença que Naruto era uns 5 centímetros mais alto.

- Laranja? – Sasuke exclamou enquanto pegava as roupas que o outro lhe entregava –

- Eu gosto de laranja! Todo mundo reclama dessa cor! Eu acho a mais bonita de todas!! O povo tem preconceito com um cor! UMA COR!!!! – Naruto falou na defensiva fazendo movimentos bruscos com os braços. O que o mundo tem contra laranja? SENHOR? DIGA O PROBLEMA POR FAVORRR!!

- É uma cor vibrante, chega a doer meus olhos... – Sasuke disse com um pouco de sarcasmo. Um sorrisinho sacana arriscava o canto de seus lábios. Naruto estava envergonhado o que o deixava na defensiva, era engraçado ver isso –

- Essa cor me deixa feliz! Qual o problema? É sério que você não quer vestir uma cueca por causa de uma cor???

- Obrigado. – Sasuke disse baixo mais audível enquanto virava para voltar ao banheiro para se trocar –

- Quê? – Naruto parou com sua dramatização. Viu as costas de Sasuke, reparando em uma mordida em seu ombro... Sasuke tinha uma namorada ou namorado? –

- Você guardou a comida? – O sorriso sacana voltou –

- PUTA MERDA EU ESQUECI! – Naruto saiu correndo de seu quarto, atropelou seu pai que estava descendo as escadas assobiando uma música qualquer. –

- Naruto?? – Olhos arregalados. Quase foi jogado escada abaixo!!! –

Foi voando para a cozinha e guardou/socou as panelas na geladeira antes que seu pai chegasse lá.

- Naruto, o que houve? – Ainda traumatizado pelo susto –

- Ha-ha-há fiquei com fome he-he-he

- Ookeey... – Esses jovens são todos doidos, melhor não questionar – Onde está Sasuke? – Naruto corou um pouco lembrando do outro de toalha na sua frente. – Ele... Ele foi tomar banho no meu banheiro. Já arrumei a cama dele.

- Tem certeza que quer deixar um estranho dormir no seu quarto? – Minato estava um pouco apreensivo de deixar seu bebê de Hokage dormindo com um cara que conheceu a algumas horas –

- Sim, está tudo bem. – Naruto respondeu seguro, para depois voltar a expressão sacana – Mamãe vai estar em casa! Nada pode me acontecer quando se tem uma Kushina a alguns metros de distância!

- hahahaha, ok ok. Sua mãe já deve estar chegando. Vou comer algo e depois partir para meu escritório de Hokage.

- Beleza, não esquece sua kunai de Hokage e nem do manto de Hokage... – Segundos de silêncio se segurando... 3, 2, 1–

- HAHAHAHAHHAAHHAHA ESSE MEME É MUITO BOM!!!

- HAHAHAHHAHAHA SIMMMM!

- Aaaaai kkkkkk você ainda me mata de rir um dia...

- Aaaaahhh... Kkkkk vou subir para falar com o Sasuke.

- Beijão filho de Hokage, até amanhã. – Minato, risonho, deu um abraço maroto no filho que, por sua vez, correspondeu desejando um bom trabalho ao pai, pegou um pacote de biscoito no armário e depois subiu as escadas em direção ao quarto.

Quando chegou no quarto, viu que Sasuke estava procurando sem parar algo dentro da própria mochila que Naruto tinha levado para seu quarto mais cedo e deixado ela ao lado da sua no chão.

- Sasuke? Está procurando algo cara? – Jogou o pacote de biscoito para Sasuke, ele deveria estar com fome depois de todo esse tempo sem comer nada. O moreno pegou o pacote no ar, colocando o objeto no chão para continuar procurando seja lá o que –

- Você viu meu celular??? Acabei de lembrar que meu irmão está sem saber de nada! Ele deve ter me esperado voltar para casa por horas! Deve estar me procurando que nem louco agora!! – Sasuke estava estranhamente mais nervoso e falante agora –

- VOCÊ TEM IRMÃO?? POR QUE DIACHO VOCÊ NÃO FALOU ISSO ANTES!!!

- NARUTO PARA DE GRITAR – Minato gritou da cozinha –

- Como você tem irmão?? Era só termos ligado para ele e ele iria vir te buscar... E... E... E pronto!!!! – Sasuke era burro?? Aaahh!! –

- Naruto, você ainda não percebeu né? – Sasuke parou de procurar, pegou o pacote, o abriu e virou de frente para Naruto. Estava realmente morrendo de fome. –

- Percebi o que? – Naruto estreitou os olhos –

- Essa não é minha cidade. É muito parecida com a minha mas não é ela. Essa era para ser a minha casa, mas está completamente diferente dela! Está no mesmo lugar, no mesmo formato mas essas coisas todas são suas! Aqui, na minha casa, seria o MEU quarto!

- Pera pera pera... Quer dizer que essa é sua casa? E que essa é a sua cidade? Mesmo não sendo essa?... Quê?

- Ai meu Deus – Sasuke levou a mão a testa. – Naruto_

- É como Rick and Morty, outra dimensão...

- Não... Espera... Isso! Exatamente isso!!!! – Sasuke se empolgou! Como não tinha pensado nisso antes? –

- Sério? Acertei? – Naruto arregalou os olhos, surpreso – hahaha eu sou um gênio!!!

- Sim, Naruto!... Espera, onde está meu celular?

- Ah, sim! Desculpa, ele estava com 10% então achei melhor colocar no carregador. – O loiro desviou o olhar para o teto, contendo um sorriso sacana –

- O celular estava... No bolso de trás da minha calça... – Sasuke o olhou estreitando os olhos em direção à Naruto. O loiro sorriu sacana e rendeu os braços. Que safado... –

- Rsrsrs foi mal rsrs está em cima da cômoda do lado da cama e em cima praticamente do seu colchão! Como você não achou? Estava na cara!!

- Eu sou péssimo para encontrar as coisas. Mantenho tudo sempre no mesmo lugar para nunca esquecer.

- Já vi que seu quarto é mega organizadinho. – Naruto fez biquinho debochado –

- Sim. – Sasuke respondeu levantando-se do chão, subindo no colchão em que iria dormir e indo pegar seu celular. Colocou o pacote de biscoito em cima da cômoda em que estava o celular. Desbloqueou a tela e ligou a internet. Mais de 60 mensagens do seu irmão não respondidas. 27 ligações. Ok, Itachi era um pouco exagerado as vezes. Procurou o contato do irmão e começou a tocar. Quase instantaneamente o mais velho atendeu. – Oi, Itachi?

Depois disso, Naruto pôde ouvir, mesmo da distância de um metro e meio de Sasuke, vários gritos revoltados do outro lado da linha. O irmão de Sasuke deve ser muito raivoso, não é possível!

- SASUKE PELO AMOR DE DEUS SEU IDIOTA ONDE VOCÊ ESTÁ? EU ESPEREI VOCÊ POR HORAS EM CASA E O SENHOR NÃO CHRGOU! PASSEI NO SEU COLÉGIO E NÃO TE ACHEI! FUI PERGUNTANDO PARA CADA VENDEDOR SE ALGUÉM TINHA TE VISTO! EU ESTAVA QUASE ASSIONANDO OS MEUS COLEGAS DA POLÍCIA PARA ME AJUDAREM A TE PROCURAR!

- Itachi, calma eu estou bem...

- CALMA? É SERIO ISSO? VOCÊ FICA DESAPARECIDO POR UMAS 9 HORAS E QUANDO ME LIGA É PARA FALAR NA MAIOR TRANQUILIDADE PARA EU TER CALMA? – Sasuke começou a sentir a voz do seu irmão falhar – Sasuke... Sasuke... Eu nem dormi hoje... Eu fiquei te esperando para o almoço e você não chegou... Pensei “deve estar com algum amigo, daqui a pouco chega”. Passou horas e você não chegava. Liguei diversas vezes, mandei uma caralhada de mensagens... Shisui está desesperado me perguntando a cada 5 minutos se tenho notícias suas...Você não sabe o quanto dói achar que perdeu a coisa mais importante da sua vida... – Sasuke se agachou e se encolheu em cima do seu colchão, ainda com o celular no ouvido, ele só fazia merda... Não é possível... Olha o estado que ele deixou o próprio irmão... Logo ele que é tão difícil de ficar bravo... Era tão idiota e irresponsável que conseguiu essa façanha... –

- I-Itachi me...me_ – Naruto, que até agora só ouvia os gritos do tal Itachi e via o quão mal Sasuke estava ficando, pegou o celular da mão do moreno e colocou em seu próprio ouvido. –

- Oi Itachi-kun!

- Quem é você?

- Eu sou um... – Olhou para Sasuke que continuava agachado, tremendo, de costas para ele, Naruto estava começando a ficar preocupado – ... Um amigo de Sasuke, Naruto Uzumaki, muito prazer! Na verdade a gente se conheceu a algumas horas_

- O que caralhos você está fazendo com o meu irmão? – Itachi perguntou ameaçador –

- Hey hey calma! Vou colocar no viva-voz e Sasuke e eu vamos explicar tudo, ok?

- Se você estiver fazendo algum mal para o meu irmão você vai se ver comigo moleque.

- Ann.. Itachi-kun, me desculpa, sem querer me meter muito na relação de vocês dois, mas... Acho que a única pessoa que está fazendo Sasuke se sentir mal aqui é... Você.

- Como é... – Itachi lembrou o quão sensível Sasuke era com as palavras direcionadas a ele. A maior parte do psicológico ferrado do menino era por causa do seu pai que era muito rigoroso, grosso e frio com os dois, mais principalmente com o menor exigindo que ele seja melhor que Itachi... Lembrou do porquê Sasuke tenta sempre fazer o melhor em tudo. Odiava reclamações ou broncas. Não sabia como agir com elas e acabava recebendo e amplificando a culpa, depois guardando as mágoas para si mesmo até explodir quando estivesse sozinho. Quantas vezes já não acordou no meio da tarde para ir no banheiro e acabou ouvindo e vendo pela brecha da porta do quarto de Sasuke o mesmo chorando baixinho... E, no fim... Não sabia como lidar com isso... Não sabia como ajudar o irmão. – ...Naruto-kun...

- Sim?

- Me desculpa... Ele... Ele está bem?

- Sim. Estou cuidando dele.

- Onde vocês moram?

- Itachi-kun, é uma longa história. Acredite em mim, não dá para você vir busca-lo.

- Certo. Pode me explicar tudo depois?

- Uhum, posso sim.

- Poderia colocar no viva-voz, por favor?

- Oh, claro!... Pronto, já está.

- Sasuke... Me desculpa maninho... Não queria te deixar triste... Estava preocupado e nervoso e acabei descontando tudo em cima de você, nem dando a chance de se explicar... Desculpa mesmo, foi erro meu... Eu, eu vou desligar e, mais tarde, quando estiver em casa, te ligo. Estou no meio da rua... Vou pedir despensa do trabalho amanhã, assim poderemos resolver tudo isso... Até mais tarde irmãozinho, eu te amo. Obrigado Naruto-kun. – Itachi desligou –

Naruto olhou para a tela do celular, onde estava mostrando a ligação finalizada, e, em seguida, olhou para Sasuke.

Ele ainda estava agachado de costas para o loiro, se encolhendo no chão enquanto tremia um pouco. O que está acontecendo com ele? O instinto de proteção de Naruto foi mais forte que qualquer pensamento com outra solução para o problema. Foi até Sasuke, colocou o celular de volta a cômoda e colocou a mão no seu ombro. O moreno parou de tremer e se encolheu mais ainda.

- Naruto... Desculpa... Posso ficar sozinho um pouco? – Sasuke pediu com a voz falhando. É muita humilhação ter um cara que conheceu a pouco com pena de dele –

- Desculpa Sasuke, se quer chorar pode chorar no meu ombro que eu não me importo.

Sasuke arregalou os olhos. Naruto disse firme. Não estava com voz de pena. O que ele queria?

Naruto se agachou e abraçou o moreno por trás. Sasuke se assustou e levantou bruscamente a cabeça. Naruto continuou o abraçando. Por que ele estava fazendo isso? Sasuke disse que queria ficar sozinho... Ele não queria a presença de ninguém, assim como nunca teve... Ninguém o entendia... Não queria decepcionar mais ninguém... – Sem ele querer as lágrimas começaram a descer pelo seu rosto. – Não queria preocupar mais ninguém, ele que era o culpado de tudo merecia ficar sozinho e sofrer em paz_

- Eu vou sempre estar aqui independente do que você queira ou não queira, do que ache ou não ache... Independente de se você precise ou não... Você pode chorar a vontade. Chorar é o modo mais puro de se libertar e mostrar o quanto você é forte por estar aguentando isso tudo sozinho. Mas... Sabe Sasuke, a solidão é boa de visitar uma vez ou outra mas ruim de adotar como morada. Ela nunca vem sozinha. Ela trás consigo a dor, a tristeza e o vazio... Eu não quero te deixar sozinho Sasuke... Eu não te entendo, eu sei, só você entende o que sente mas... Mesmo assim, eu quero estar aqui com você. – Naruto apertou mais o abraço –

Sasuke arregalou os olhos mais ainda e as lágrimas se intensificaram. Soluços e tosses começaram a aparecer.

Pela primeira vez se sentiu acolhido e seguro para mostrar sua parte mais frágil e profunda guardada à sete chaves. Não se importava se ele mesmo concordava em receber tal apoio. Não se importava com seu espaço pessoal. Não se importava se Naruto era um estranho. Não se importava com nada. Queria mostrar que também sofria, que também sentia, que também desmoronava... Até hoje só tinha sido reprimido por um pensamento de que tinha que ser forte e não mostrar suas fraquezas aos outros. Talvez esse seja o problema. Queria gritar e ser ouvido. Gritar e não ser ouvido... Será mesmo que ele gritou? Sasuke estava grato por Naruto ser tão bom com ele, sem virar as costas e querer desistir por ver o quão fracassado ele é no fundo.

Naruto não pensou antes de falar. O que disse veio do coração. Sabia que Sasuke se sentia sozinho. Ele também se sentia. Naruto sempre vê a vida com otimismo, independente do momento feliz ou triste. Sasuke, pelo visto, não tinha essa capacidade e isso o afetava muito. Naruto não queria vê-lo sofrer. Não tinha pena, tinha vontade de protege-lo e de livra-lo daquele peso que, com certeza, era cem vezes mais pesado que o de Naruto.

Sasuke tinha encontrado o seu farol. O seu porto seguro. Estava bem.

Estava feliz...!


~


Notas Finais


Esse capítulo eu não revisei tão bem quantos os outros mas quis postar mesmo assim.
Nossos bbs estão começando a se conhecer melhor aahh❤️❤️
Gosto de descrever bem a cena, sinto falta disso em outras fanfics... Acho que o legal de ler é imaginar a cena na cabeça, por isso, acho muito importante falar exatamente o que os personagens estão fazendo.
É isso gente, espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...