1. Spirit Fanfics >
  2. Dinastia Joseon - Imagine Min Yoongi ( BTS ) >
  3. Paixão iminente

História Dinastia Joseon - Imagine Min Yoongi ( BTS ) - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Olá amores, tudo bem? 🗡

Tô mimando vocês bastante, não estou? 🥰 Espero que gostem do capítulo de hoje e por favor, leiam as notas finais 🥰


Boa leitura ( tem link de música nas notais finais )

Capítulo 9 - Paixão iminente


Fanfic / Fanfiction Dinastia Joseon - Imagine Min Yoongi ( BTS ) - Capítulo 9 - Paixão iminente

A Suprema se viu completamente suja de sangue, um sangue que não era dela. Ela estava vestida com um longo e bem feito vestido de noiva: mangas longas, um decote tímido na parte do busto e todo trabalhado no bordado. O branco neve das vestes, tornaram-se panos avermelhados, seus cabelos estavam pegajosos e seu rosto tinha respingos.

______ sentia a superfície, a qual seu corpo estava deitado, um pouco rígida e macia, som de gritos eram quase ensurdecedores e o cheiro de morte se misturava ao da carne pobre e a fumaça de carbono que saia das tochas. Seu peito doía, era como tivessem enfiado uma estaca bem no coração. A bruxa, na verdade, estava sobre uma pilha de corpos de nobres guerreiros.

 

A bruxa acordou de sobressalto, seu colo subia e descia em uma respiração ofegante e descontrolada, seu peito lutava para não deixar o músculo cardíaco sair, para fora por bater tão rápido dentro da cavidade e suas mãos agarravam os lençóis de ceda, numa tentativa de se segurar-se em algo que lhe passassem calma.  ______ afogou as mãos nos cabelos, levando as mechas que estavam coladas na testa – devido ao suor –,para trás, tentando controlar a respiração, para que assim, pudesse pensar com calma o que acabara de sonhar.

Quando _____ se acalmou, notou que o sol nem dera as caras e ainda estava escuro, ela sentou-se na cama, organizando seus pensamento, e ou ligar as coisas que viu no sonho com as coisas que lembravam ele, a bruxa sabia que era algo relacionado a guerra que iam de encontro no dia que estava por vim.

A bruxa levantou-se da cama, saiu de seu quarto às pressas, indo de encontro aos aposentos do rei, nem dando a chance dos guardas a impedirem, abrindo a porta e encontrando com uma moça em cima de Yoongi, completamente nua e soltando gemidos de prazer.  ______ ficou pasma quando viu que a moça que fazia sexo com rei, era mesma que o desonrava pelas costas, era Sunhee; sua garganta secou e sua boca tinha um gosto estranho. A moça virou-se para trás e saiu de cima de Yoongi, cobrindo seu corpo com os lençóis que estavam ali, Yoongi, por outro lado, apenas bufou e se levantou da cama, pouco se importando se a bruxa o viria nu ou não.

– Saia. – ditou Yoongi para moça, que logo arrumou suas vestes e saiu do quarto às pressas. ______ não sabia se o rei tinha vestido algo, pois quando ele se levantou e viu sua nudez, a mesma virou o rosto de lado. – O que você quer? Por que entrou em meu quarto desse jeito?

– Eu... – ela coçou a garganta e engoliu a seco. – tive um sonho. Um presságio, na verdade.

– O que viu? – perguntou ele.

– Mortes, muitas mortes. – a bruxa ouviu o som de algo liquido cair em algum lugar, que fez imaginar ele servindo-se algo para beber.

– Isso bom, não é? – ______ tomou coragem para encara-lo, expressando surpresa em sua face.

– Não quando não sabemos se os mortos são seus guerreiros. – o semblante sereno de Yoongi, tornou-se preocupado. – Coisa boa que não iremos encontrar na guerra.

A água escolhe o seu percurso de acordo com o terreno que atravessa. O guerreiro busca a vitória de acordo com o inimigo que enfrenta. – comentou Yoongi enquanto bebia o ultimo gole do conhaque. – Era o que meu pai costumava dizer aos guerreiros dele, pelo menos foi o que meu tio me disse. Todos os que servem a mim, sabem do perigo que correrem. 

– Perdoe-me entrar em seus aposentos assim. Eu não tiver a intenção de atrapalhar sua... – a bruxa tentou formula palavras que descrevessem o que virá, controlando-se para não ficar envergonhada. – noite de amor.

– Amor? – o rei sorriu soprado, deixando a porcelana em cima de uma mesa e se aproximou de ______. – Acredita no amor, Bruxa?

– Sim, por quê? – ela ergueu seu olhar para ele, que estava a um braço de distancia dela. – Você não?

Yoongi negou com a cabeça e pontou:

– Não preciso de ninguém. E não quero que ninguém precise de mim. – _____ sentiu uma brisa gelada correr pelas suas entranhas e atacar seu coração de uma forma dolorosa. A distância entre eles era uma tortura. Doía. Especialmente o coração.

– Eu... voltarei ao meu quarto. – ela apontou para porta em menção por onde ia sair. – Desculpe-me de novo por atrapalha-lo e boa noite.

 

{...}

 

– Minha nossa! Tem um ótimo olho. – pronunciou o vendedor de pipa alto, assustando_____ um pouco e Sejun também. – Lírios-de-um-dia simbolizam um casamento harmonioso e ajudam a conceber um filho. Lance a pipa e conceba um garoto saudável.

Sejun havia, educadamente, convidado ______ para passear um pouco pela dinastia, já que, Min autorizou os homens que participariam da guerra, ficarem o dia com suas famílias, pois partiriam ao anoitecer. O guerreiro tinha se encantado com a beleza diferente de ______, ele pensou que depois que perdeu sua esposa, nunca mais encontraria alguém que faria seu coração abalado se chacoalhar novamente.

– Casamento? Filho? Não estrague o futuro das pessoas. – ditou Sejun rápido, arrancando uma risada de ______.

– Futuro de quem? – perguntou ela, encarando-o.

– Seu, é claro.

– Quem sabe? – ela estalou a língua. – Pode até ser melhor.

– Por que uma bela moça e um lindo homem não podem se apaixonar? – perguntou o comerciante, deixando o guerreiro Sejun envergonhado.

– Já chega! – interveio ele, pegando duas pipas e olhando para _____. – Vamos lançar uma pipa antes de irmos? Vai levar a má sorte embora.

A bruxa sorriu e assentiu.

Ao final do dia, o sol já estava se escondendo por trás das montanhas e ______ observava a beleza do mesmo, enquanto esperava Sejun. Ele pediu que, ela o encontrasse perto da praça, onde as mães levavam seus filhos para brincar, os casais iam para passear um pouco e outras pessoas soltavam pipas perto do lago.

– ______! – a bruxa virou-se quando ouviu seu nome ser chamado, logo avistando Sejun e ao seu lado uma moça.

– Quem é ela? – perguntou ela quando eles chegaram perto dela. A moça era mais baixa que _____ e Sejun, tinha cabelos um pouco mais curtos que os de Eunji, sua pele era em uma tonalidade pálida, mas seu rosto tinha bastante pó de arroz, dois círculos rosados e bem marcados pelo blush e um batom borrado.

– Quê? Minha chefe. – a garota deu uma cotovelada na barriga de Sejun fazendo-o sorrir. – É minha filha.

– Não sabia que o guerreiro Sejun tinha uma filha tão linda. – comentou a bruxa, vendo-a ficar envergonhada.

– Você também é muito linda. – ______ sorriu.

– Meu nome é ______. – sorriu a bruxa.

– Sou a Yeon. Seo Yeon.

– Amassou açafrão-bastardo e misturou com água para fazer o blush? – perguntou ______ formulando círculos em sua própria bochecha.

– Tem outro jeito? – Yeon colocou a mão nas bochechas, fazendo um bico fofo.

– A água seca rápido demais. Use óleo de camélia. Ele é facilmente absorvido e não borra. Quer que eu mostre? Que tal? – _____ estendeu a mão para garota, que hesitou olhando para pai, que assentiu, logo dando segurança a ela.

– Seria ótimo se pudesse mostrar. – a garota segurou a mão de ______, fazendo-a ter visão de seu passado. Yeon perdeu a mãe quando era muito bebê, devido a uma complicação no parto, desde então, passou a viver apenas com o pai, porém, a pobre garota sofria de epilepsia.

______ sentou-se com ela perto do lago, enquanto Sejun foi arrumar as pipas, a mesma ajeitou toda sua maquiagem, deixando mais leve e bonita em seu rosto. Depois, seguiram para o lago, onde hastearam as pipas no ar, as levando bem no alto; Sejun guiavam Yeon com a dela e _____ guiava a sua sozinha, mas ela estava mais encantava com o jeito que Sejun cuidava e tratava sua filha. A bruxa ouviu Yeon pronunciar ao seu pai que viveria até ter cabelos brancos e dois netos, arrancando um sorriso do pai, mas _____ sabia que a história não acabaria bem assim e isso machucava tanto, que a vontade que ela tinha era conceder a vida eterna para garota. Todavia, não podia.

– Oh! – exclamou Sejun, tomando a atenção de ______. A linha da pipa de Yeon soltou, fazendo a mesma voar longe. – Irei busca-la. Já volto.

 

{...}

 

– Não faça isso. Pode cair e morrer. – pronunciou _____ logo quando chegou no alto da montanha. Encontrando com Sejun se esticando no barrando da mesma para pegar a pipa presa no graveto.

Mas o guerreiro não desistiu e começou a se esticar ainda mais, se segurando apenas em uma raiz de uma arvore, _____ então, rodopiou a mão no ar sem que ele visse e fez a pipa “voar” até ele.

– A linha quebrada e uma borboleta branca parecem o presságio de uma morte precoce, não? – disse _____ assim que ele se colocou em sua frente. – São só mitos. Isso não curará a doença dela, assim como pus nunca se tornará carne. Seja indiferente quanto a isso para dominar.

– Então, você descobriu. – Sejun suspirou fundo.

– Ela está pálida, as mãos estão geladas. Como não perceberia? – mentiu _____, pois não fora apenas aqueles detalhes que a fizeram notar o que Yeon tinha. – Também sei que ela usa ruge para cobrir os lábios roxos.

– Ela tem epilepsia. Está piorando. – Sejun baixou o olhar. – A Yeon estaria bem melhor como você como mãe que comigo como pai.

– Ela pode encontrar várias mães como eu, mas ninguém pode te substituir. – ______ sorriu olhando bem nos olhos castanhos de Sejun.

O guerreiro foi se aproximando devagar, colocando uma mão, educadamente, na cintura de _____e outra em seu pescoço, porém, a bruxa não teve tempo de se afastar quando ouviu o indagar da voz ponderada e grossa de Min Yoongi adentrar em seus ouvidos:

– O que significa isso?

_____ sentiu o poder daquelas palavras penetrando seus ossos e gelando seu estômago de medo. Sejun tinha mais gosto em beijá-la do que desejo pelo seu corpo relutante. Ela havia lutado com Yoongi até perceber que isso a agradava ainda mais, e tinha aprendido rapidamente que não havia como vencer uma luta com ele.

Entretanto, ás palavras de Min, Sejun a soltou tão rápido que quase se desequilibrou, logo se colocando em uma postura ereta e reverenciando o rei.

Yoongi ponderou matá-lo imediatamente, mas tinha uma reputação, e, por causa da guerra, não podia dar-se ao luxo de perdê-lo. Ele matava somente aqueles que quebravam as regras, entretanto, Sejun não quebrará nenhuma regra que ia de contra o rei ou qualquer coisa que se ligasse o reino, porém, o guerreiro estava cortejando a responsável pelos batimentos descompensados do coração dolorido de Min, a responsável por deixa-lo quase mercê de um delírio e a responsável pelas noites mal dormidas.

– E-Eu... vou leva a Yeon para casa. – comunicou Sejun com a voz tremula. – Com sua licença, meu rei. _____.

– Tudo bem. – ela sorriu vendo-o seguir o mesmo caminho que veio, deixando-a sozinha com Min. O rei estava com as mãos atrás do corpo, vestido com seus trajes pretos, o cabelo preso em um coque alto e a faixa circulando a cabeça. – Aproveitando seus últimos minutos em paz, meu rei?

Min não respondeu sua pergunta, apenas se aproximou dela, ficando ao seu lado, na mesma posição de antes e observando o restante do pôr-do-sol.

– Por que não pode salva a filha dele? – perguntou ele, pegando-a de surpresa.

– Porque isso vai muito além de meus poderes. – explicou a bruxa virando-se, também para olhar o final do pôr-do-sol e a dinastia. – Não posso mudar o destino, por mais que eu queria muito.

– Se pudesse mudar, mudaria o fato de ter que me conhecer? – aquela pergunta tinha pegado-a tão de surpresa, que _____ havia ficado sem palavras, apenas observando seu rosto sereno de perfil e pensando no por que da pergunta tão repentina.

Ela era um beija-flor. Um beija-flor demoníaco que fodia tanto com a cabeça de Min que, ele não conseguia mais pensar direito. Nada mais faz sentido. Yoongi nunca havia implorado por nada na vida, porém silenciosamente implorou que ela dissesse que o queria. Que se importava com ele. Algo de gênero.

 


Notas Finais


🗡>>> https://open.spotify.com/track/16tvIGzCNfRLVbm8G39DDo?si=GaUVV4q0T0qZg7-MLSKwqA (spotify)
🗡>>> https://www.youtube.com/watch?v=MUIIkBZVzTU ( youtube )


🗡 Capítulo de hoje foi "curtinho" porque eu tive que dividir com o próximo, pois ia ficar muito grandeee
🗡 Quem tá amando o Guinho todo apaixonado? amo amo 🥰
🗡 Desculpem os erros aí
🗡 Até o próximo capítuloooo
🗡 beijoooooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...