1. Spirit Fanfics >
  2. Dirty Angel. (SEVENTEEN- JEONGHAN) >
  3. Baby, you're my Angel.

História Dirty Angel. (SEVENTEEN- JEONGHAN) - Capítulo 1


Escrita por: vivisjx

Notas do Autor


oi gente! primeiro queria agradecer por todas as visualizações, o apoio de vocês é muito importante! hoje encerro a 95 line, ansiosos para as próximas lines? espero que gostem.💗

Capítulo 1 - Baby, you're my Angel.


Fanfic / Fanfiction Dirty Angel. (SEVENTEEN- JEONGHAN) - Capítulo 1 - Baby, you're my Angel.

Eu sou Choi _____, sou irmã mais nova de Choi Seungcheol, O líder do grupo Seventeen, eu amo meu irmão e amo que ele esteja seguindo os seus sonhos, nós não temos tanto contato pessoalmente como antes, por conta da rotina do grupo, eles tinham a agenda lotada, Photoshop's, Fansign, sem contar os shows e turnês, mas esse final de semana seria diferente, ele e os meninos alugaram uma casa na praia, e nós vamos passar o final de semana todos juntos, eu amo os meninos, eles sempre me respeitaram e me trataram super bem, eles cuidam de mim como se eu fosse irmã deles também, hoje era o dia que coups iria me buscar para que fôssemos juntos, eu estava muito ansiosa, não só pelo fato de ver o meu irmão e meu melhor amigo, Dino, viramos melhores amigos principalmente por termos a mesma idade e gostarmos das mesmas coisas, mas feliz por ver Jeonghan, a minha paixão secreta, eu tenho um penhasco por ele desde quando o vi pela primeira vez, Na época, ele tinha os cabelos grande e aquilo me encantou por completo, ele parece um anjo.

Sai de meus pensamentos mais uma vez, quando escuto a porta de casa se abrindo, eu moro sozinha em uma casa perto do estúdio dos meninos, o que é muito bom, sempre que eles estão por perto, passam aqui para me dar oi ou coisa do tipo, desço as escadas rapidamente, praticamente correndo, assim que vejo meu irmão pulo diretamente no colo dele que me segura no mesmo ato. 

- Cheollie, eu senti tanto a sua falta.- Digo em meio a lágrimas, na qual não podia deixar de escapar, eu sentia muita falta do meu irmão e o amava com todo meu coração. 

- Eu também, unnie, muita.- O mesmo me apertava em um abraço apertado- Agora eu estou aqui, ok? e quero aproveitar esse tempo com você, os meninos estão ansiosos para te ver também, principalmente… 

                       -Dino!

Dissemos em uníssono logo depois caindo risada.

 Nós soltamos, Coups veio me buscar para irmos juntos até a casa de praia, os meninos já tinham ido, eu estava tão ansiosa, para ver os meninos, como eles estavam, a cor de cabelo nova, já que não os vejo a algum tempo e só nos falamos pelo nosso grupo do kakao, inclusive me surpreendi quando vi meu irmão com o cabelo cinza, estava animada e feliz, não via a hora de chegar, já tinha deixado minha mala pronta, como íamos para a praia, não precisava levar tanta roupa e sim, mais biquínis. eu amava a praia e me conectar com o mar, era como se fôssemos um só, quando chegarmos, ainda dará tempo de ver os pôr do sol, não vejo a hora de chegar.

             [Kakao Talk on]

  Scoups: Pessoal, estamos saindo daqui, não quebrem a casa antes de chegarmos. 14:30pm.

   Boo: a casa eu prometo não quebrar, agora a cara do Hoshi, eu já não posso prometer. 14:32pm.

 Hoshi: AIGOO! o que eu te fiz? 14:33pm.

    Boo: nasceu. 14:33pm.

 Woozi: vocês são tão sem noção. 14:35pm.

   DK: HAHAHAHHAHAHAHA. 14:36pm.

  Joshua: Chega né, boa viagem hyung, estamos ansiosos para ver ____. 14:38pm

 Dino: eu estou mais ansioso que todos, só para deixar sempre claro. 14:39pm.

_____: HAHAHAHA estou ansiosa para ver vocês meninos, e você também dino. daqui a pouco nos veremos, beijos. 14:41pm.

 Mingyu: até daqui a pouco, eu cuidarei de todos.14:43pm

    Wonwoo: a gente que cuida de você. 14:45pm.

[Kakao Off]

  A viagem foi tranquila, a praia não era tão longe, eu estava tão feliz em finalmente passar um tempo sozinha com meu irmão, conversamos tanto dentro daquele carro, rimos, cantamos músicas, Coups era tão iluminado, eu amava o meu irmão tanto, que as vezes parecia que meu coração ia explodir dentro de mim, ele me contando animado sobre o comeback, as danças, eu contei sobre a faculdade, e tudo mais. Esse tempo era muito precioso tanto para mim, quanto para Seungcheol. Conversamos tanto que nem percebi a hora que chegamos.  

-Chegamos, e ainda vai dar tempo de ver o pôr do sol que você tanto queria.- Coups disse saindo do carro, erguendo os braços para cima espreguiçando o corpo.- estou cansando. 

- Reformulando a frase, está velho.- Disse rindo. 

  - YA! respeito, por favor. Eu não estou velho. 

  - Claro que está, agora vem me deixe te ajudar. 

 - Não, tudo bem, eu lido com isso, agora entre e cumprimenta os meninos, eles estão com muita saudade. 

         - Tudo bem então. 

 Sigo entrando naquela casa enorme, enquanto coups pegava nossas malas, eu conseguia sentir minhas mãos suando, meu coração acelerado, e não era só para ver os meninos, era para ver Jeonghan. 

 - Meninos?-Digo entrando na casa, passando pela primeira sala.- eles devem estar na piscina. 

 -____? não acredito, meu deus você está tão bonita, eu senti tanta saudade. 

  Era hoshi, o mais velho sorria tanto que seus olhos formavam 10:10, veio até mim me abraçando forte me tirando do chão. 

 -Tiger! eu senti sua falta também, você está lindo, o cabelo preto é feito para você. -Digo sorrindo, enquanto me soltava fazendo carinho em seu rosto- Aonde estão os meninos?

   -Boo, Vernon, Joshua e DK foram ao mercado, o resto estão espalhados pela casa, vou chamar eles.- Saiu disparado na missão de chamar os meninos, solto uma risada enquanto ando pela casa, a casa era linda e grande, eu amo a estética de casas de praia, dão uma paz muito grande. 

 - FINALMENTE VOCÊ CHEGOU.- Ouvi gritos atrás de mim, e eu sabia que era de Dino que veio correndo em minha direção pulando no meu colo, com sua risada marcante de sempre. 

   - AIGOO! Dino, você não é muito leve, tá? e eu não tenho estrutura suficiente para te aguentar.- Ri, tentando segurar ele em meus braços.- senti muito sua falta, você tá tão lindo, cresceu tão rápido. 

   - para com isso, _____. parece que eu sou seu filho.- Bagunçou meus cabelos.

  - mas você é, meu baby dino e o cabelo castanho ficou demais.- Sorri.

        […]

Cumprimentei todos os meninos, e todos fizeram a mesma festa comigo, eu não tinha só um irmão, tinha 13. Mas algo me deixava intrigada, não tinha visto o Jeonghan até agora, e nem os meninos sabiam aonde ele estava, sendo que ele já tinha chegado, estranho. 

  Adentrei dentro do meu quarto, já organizando tudo, coloquei a parte de cima de um biquíni e uma saia longa soltinha preta por baixo, era hora do pôr do sol e eu não perderia por nada, desci correndo as escadas, ai mar, que saudade. 

            -_____? aonde você vai?- Questionou Mingyu franzino o cenho e erguendo a sobrancelha. 

 - Que susto, Mingyu. Vou ver o pôr do sol, ok? estarei na praia.- Mandei um beijo no ar e sai apressada antes de esperar Mingyu me responder.

        A praia era de frente para casa, o que dava uma visão perfeita, a sensação de sentir finalmente a areia em meus pés, sentir a brisa do mar bater em meu rosto, o ar úmido, meu deus, era tudo que eu precisava. Corri rapidamente até a água, molhando os meus pés, tirei tantas fotos que são incontáveis, já disse que amo o mar? com certeza, sim.

       Me sentei na areia abraçando meus joelhos, observando o pôr do sol que hoje tinha uma cor rosada, era tão lindo que nem sei a quanto tempo estou observando. Me distraio até alguém parar atrás de mim. 

                       -_____? 

            Sinto meu corpo inteiro estremecer e pegar fogo, meu coração acelerado, meus dedos suando, eu conheço aquela voz angelical, o perfume adocicado.

                  -Jeonghan? 

     Me levantei de pressa me virando de costas e olhando para o mesmo, era ele. Os seus cabelos loiros, agora eram castanhos, cortados, sua pele um pouco mais corada, sua boca vermelha como sangue, seu perfume inigualável e seu olhar, olhar que para mim, era meu lar. Ele era um anjo, um anjo em forma de humano.

- Finalmente encontrei você, eu te procurei pela casa toda, mas algo me disse que você estaria aqui, o que está esperando? me abraçe. - O mesmo disse sorrindo me puxando pela cintura apertando um pouco de força, malditas borboletas, acalmem-se.

     O seu toque, era como fogo que incendiava minha alma, ele era calmo, era doce e era encantador.

     -Eu senti sua falta, Hannie.- Disse repousando minha cabeça em seu ombro enquanto Jeonghan fazia o mesmo. 

  -Eu também, agora vem, vamos para a casa já tá ficando tarde e os meninos querem ver filmes.- Me soltou olhando profundamente em meus olhos.- A propósito, você está linda.- Piscou e saiu andando. 

             "meu deus do céu.

  foi a única coisa que consegui pensar nesse momento.

Entramos em casa e o meninos estavam discutindo sobre que filme iriamos assistir, me sentei ao lado de Vernon que agora tinha seus cabelos totalmente pretos, o que destacava ainda mais seus olhos e sua pele, fofo. 

     - A gente vai assistir Avengers.- Woozi disse levemente irritado. 

 - Mas a gente já viu esse muitas vezes, Hyung.- Boo disse, enquanto Mingyu segurava seu braço. 

  - A quanto tempo estão nessa briga?- Questionei Vernon. 

     - Uma hora.- Disse rindo.- Acho que não vai acabar tão cedo.

       - Tenho certeza que não.- Rimos.

    Jeonghan estava sentado perto de scoups, mas de longe, sentia o seu olhar quente sobre mim? meu deus, o que esse homem quer de mim.

 Depois de muita briga, os meninos escolheram um filme e depois de uma hora, caíram no sono, inclusive eu. Adormeci no ombro de Vernon que dormia no ombro de Minghao, estava apenas cochilando, quando sinto uma respiração em meu rosto, tão perto que me fez acordar sonolenta, abro os olhos e era Jeonghan.

    -Shhh…-Colocou um dedo em meus lábios para que eu não falasse nada.- Levante-se e vem comigo. 

     Levantei rapidamente arrumando Vernon para que não fique com dor no pescoço no dia seguinte, fui atrás de Jeonghan aonde o mesmo saia da casa, indo para um quarto de praia que fica do lado de fora, o quarto era fechado, mas tinha uma janela grande aonde se tinha a a visão completa do mar e aonde a luz da lua iluminava. 

  - Jeonghan? porque estamos aqui?- O observei sentando na cama, aonde o brilho da lua parecia brilhar em sua pele, esse homem é de outro mundo, só pode ser. 

  - Senti sua falta, queria passar um tempo com você, só eu e você. Venha, vamos nadar. 

   Levantou-se tirando a camisa, deixando exposto o seu abdômen que agora, era levemente definido, os braços torneados em músculos que agora eram notáveis, Jeonghan tinha deixado de ser um menino, agora era um homem. 

      Caminhou e parou em minha frente, estava tão perto que eu conseguia sentir sua respiração em meu rosto, eu estava maluca e ele me deixava assim, segurou minha mão enquanto estrelaçava nossos dedos.- Vamos.- me puxou para fora do quarto correndo até o mar. 

     - AISH! isso não vai ficar assim!- Disse rindo enquanto o empurrava na água. 

    - Se eu for, você vai junto.- Me puxou enquanto caímos na água.- Senti falta disso.

     - Eu também, vem se levante.- O puxei fazendo que nossos corpos se colarem, senti os olhos de Jeonghan percorrendo todo meu rosto, seus olhos se direcionam até meus lábios.- Porque me olha assim, hm? está com vontade de me beijar?- Provoco. 

  - E se estiver, algum problema? 

 - Não, se estiver com vontade, apenas faça.

     Aquilo foi a gota d'água para Jeonghan, que atracou os meus lábios com calma e intensidade, pedindo passagem na qual eu cedi, sua língua explorava cada canto da minha boca, enquanto suas mãos apertavam minha cintura com uma certa força, minhas mãos passeavam sobre seus cabelos castanhos, tínhamos necessidade um do outro, naquele momento era eu, o mar e ele. 

    - Não posso mais esperar. 

   Me pegou no colo de frente para ele, correndo em direção ao quarto, assim que entramos me jogou diretamente na cama, sem se preocupar mesmo estando completamente molhados, subiu por cima de mim, me beijando com tanta intensidade, Jeonghan era um anjo, mas naquele momento, poderia ser o anjo mais sujo existente. 

     Seus beijos desceram para o meu pescoço, deixando selares molhados enquanto sua mão passeava em todo o meu corpo, me levando a pensar os pensamentos sujos e as palavras mais inapropriadas que possam ser ditas. 

   - Eu esperei tanto por isso, para tocar em você. 

     Retraio um gemido baixo quando sinto seus dentes mordiscarem meu pescoço.

     - Não segura seus gemidos, amor. Quero todos eles apenas para mim. 

 - Jeonghan, não me provoque assim.

    - Eu ainda nem comecei.

  Seus lábios macios desciam beijando todo o meu colo, ele não tinha pressa, o tempo era todo dele. Desceu seus beijos até minha barriga, passando a língua devagar me fazendo contrair o corpo, desceu seus lábios lentamente em direção minha intimidade, que por si só estava encharcada, tirou minha saia juntamente com a parte debaixo do meu biquíni, deu um leve sopro em minha intimidade, me fazendo arrepiar até o último fio de cabelo existente em meu corpo. 

                 - Posso?

" esse é o meu fim." Pensei logo depois de assentir com a cabeça. 

    Abriu minhas pernas, beijando a lateral das minhas coxas, lentamente. Seus dedos passeavam em minha intimidade, enquanto seus olhos me encaravam a cada gemido que eu soltava, o meu corpo implorava por esse homem, eu necessitava dele dentro de mim.  

    - Tão molhada, esse é o efeito que eu causo em você, meu amor? 

  Puxou minhas pernas adentrando sua língua dentro de minha intimidade, soltei um gemido arrastado contraindo meu corpo, sua língua dançava dentro de minha intimidade, rápido e profundo, era como ele chupava. Sua língua pressionava meu ponto G, me fazendo soltar um gemido alto, Penetrou dois dedos, sem aviso e com força.

 - Geme para mim, Para o seu Hannie. 

       - Hannie….

      - Me diga o que você quer. 

     - Eu preciso que você me foda.

   Não demorou muito tempo para que eu tivesse me desmanchado em sua boca, que engolia cada vestígio do meu líquido quente. Subiu sobre mim me beijando rapidamente, me deixando uma amostra do meu gosto, se afastou pegando um camisinha na cômoda e colocando em seu membro em seguida, voltando sobre mim, me beijou novamente, penetrando em seguida sem aviso nenhum, me fazendo gemer sobre seus lábios. 

  Seus movimentos eram rápidos, fortes e profundos, nossos corpos se chocavam em uma melodia em alta harmonia, suas mãos entrelaçadas nas minhas enquanto minhas pernas rodeavam sua cintura fazendo ir ainda mais fundo. Chegamos ao ápice juntos, senti o corpo de Jeonghan cair sobre o meu, mas sabia que aquilo ainda não teria acabado. 

         - Cavalgue, agora. 

  Eu era tão cadelinha desse homem.

 Troquei as posições ficando por cima, deixando com que Jeonghan se encaixa-se em mim, rebolava sobre seu membro fazendo com que fosse fundo, ora rápido, ora lento. Jeonghan que agora gemia sem controle algum enquanto jogava sua cabeça para trás, puxei os cabelos de sua nuca enquanto deixava beijos em seu pescoço nu.  Suas mãos apalmavam e castigavam meu bumbum, enquanto Jeonghan dizia as palavras mais sujas possíveis. 

 - Eu vou…. AH!- Jeonghan  disse no mesmo segundo que nós gozamos juntos.

   Desabo meu corpo no seu, logo o mesmo me arruma me deixando com a cabeça em seu peito e nós cobrindo com o lençol. 

  - Achei que você era um anjo.- Sorri olhando em seus olhos. 

  - Eu sou um anjo sujo, mas não deixo de ser um anjo. 

  - Eu gosto desses dois lados.

  - Nesse final de semana, você aproveitará bem os dois.- Selou nosso lábios, logo me puxando para uma conchinha aonde adormecemos rápido.

 esse final de semana ficará marcado.

"baby, you're my angel." Adore u.


Notas Finais


espero que gostem, logo mais a 96 line vai chegar!💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...