História Dirty Harry - Reader x Masky - Capítulo 4


Escrita por: , merrie e Slay_

Visualizações 164
Palavras 467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo que eu tentei não atrasar, sério desculpa mesmo se demorei, to tentando ao máximo deixar essa fanfic atualizada, então favor não desistir da minha pessoa.
Enfim Boa leitura sz

Capítulo 4 - Observed


Fanfic / Fanfiction Dirty Harry - Reader x Masky - Capítulo 4 - Observed

Dirty Harry







C; apitulo Quatro








[P] ov's Narrador;









Inglaterra, Cidade de Londres; 09/08/2008 — Floresta de Dean, 02:36 am.





( . . . )




Após o armamento das barracas o frio se fez mais constante, tanto que sua blusa de frio em si não faria o próprio trabalho de lhe aquecer, o mesmo contraste térmico também ocorreria com seus pais, além do ar gélido que invadiria sua face deliciava. A tentativa falha de se aquecer dentro do automóvel pareado a alguns metros de distância do local do acampamento não teria mudado nada, mesmo dentro daquela carro você poderia se sentir mais segura do que dormir com a companhia das estrelas.


Suspirou fundo enquanto se afundava mais naquele banco escuro, colocou seus pés no parabrisa do carro, dando assim visão ao solo surrado de seu tênis vans preto, assim em seu solo mostrando um apelido infantil dado por sua mãe. Olhou pelo parabrisa do carro pode ver a mata constante, forçou esta em direção a locais aleatórios vendo assim estrelas com mais clarão no céu e uma bela iluminação da lua.



Com o tempo o tédio ali presente se fez constante, afinal naquele carro não teria nada demais para fazer e em seu celular teria acabado os últimos créditos que lhe salvariam de dias jogando buraco e truco. Pegou as chaves do carro em cima do banco, e destrancou aquele carro, assim sentindo mais uma vez a pressão do ar gélido invadir as portas, abriu as portas e logo saiu de lá de dentro, trancando está por precaução.


Caminhou em direção a caminhos próximos da floresta, era quase que impossível se perder, afinal a cada uma curva que vc daria teriam enormes mapas em espécies de caixas com a bandeira da Britânia. Você não sentia medo e muito menos arrependimento, o lugar sendo monitorado quase sempre era um fato para a ligação do medo saíssem de suas costas. Por mais que no verão da década de 90 uma série de desaparecimentos perto do estado dessa floresta fora enorme, na maioria das vezes eram crianças, mas isso não afetava a chance de criminalidade de encontrar adultos ou até mesmo idosos no ambiente natural daquelas crianças, os desaparecimentos foram cessados ao longos dos anos, possivelmente os autores desse crime foram mortos ou até mesmo pagos por algum policiamento local.


Andava e andava mais, sem medo algum de se perder, estava bem animada e o frio por algum motivo não a afetava, você apenas faria questões de observar o céu límpido com enormes estrelas decorando este, era calmo e contemporâneo ao mesmo tempo, até que por algum instante, por alguma falha no sistema ou até mesmo falha do observador, você pode escutar o barulho em estética de alguma espécie de graveto se quebrando, algo que fizesse com que o barulho fosse mais alto que o esperado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...