História Dirty Little Secrets of Asgard - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Nórdica, Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Frigga, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Jane Foster, Loki, Natasha Romanoff, Nick Fury, Odin, Phillip Coulson, Steve Rogers, Thor, Visão
Tags Avengers, Loki, Ragnarok, Thor, Thorki, Vingadores
Visualizações 397
Palavras 1.048
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Espero que gostem do cap.

Capítulo 5 - Seu tolo


Thor levantou cedo naquela manhã fria de inverno e foi para um banho quente, não molhando a cabeça e voltando para o quarto para ver um Loki muito acordado, tampando a bunda apenas com um lençol verde, enquanto se debruçava em cima de um livro de capa lilás clara. O titulo dizia algo sobre bebês, que Thor não conseguia ler direito pois não era escrito em runas.

A noticia da gravidez inesperada de Loki chegou com o inverno, após a festa em que Jane causou problemas, o príncipe da mentira havia se afastado de Thor então para conquistar seu amado, Thor havia feito um jantar digno dos banquetes de Asgard, claro com a ajuda do serviço contratado de Tony.

E uma noite muito romântica, lotada de sexo rendeu a Loki tamanho cansaço que sua mágica não funcionara e ele acabara engravidando.

Agora, mais inseguro que tudo, ele procurava auxilio nos livros midgardianos. Tudo bem que já era pai e mãe de muitos. Mas nunca participou da criação de nenhum de seus filhos.

Eles eram tirados de si assim que nasciam.

Claro que tinha certeza que Thor o ajudaria. O próprio deus do trovão lhe jurou isso sobre mjolnir.

-O que pretende fazer hoje? - Loki o olhou por cima do ombro e sacudiu a cabeça.

-Ler este livro. - Respondeu e Thor revirou os olhos sabendo que seu marido terminaria aquele livro em menos de duas horas.

O loiro reparou que o moreno estava um pouco estranho. Quieto e fazendo mais caretas que o normal, como antes de se assumir o Loki que ele era hoje em dia. Então Thor afagou os cabelos negros dele, pensando se a criança teria seus cabelos ou os de Loki.

Se bem que também poderia ser um fera como Jormungand ou Fenrir.

-O que houve. - Thor puxou levemente os cabelos pretos para fazer com que Loki o olhasse.

-Estou preocupado. - Ele confessou e Thor quase riu com a preocupação ridícula de Loki.

-Ele não pode tirar essa criança de nós, é nosso herdeiro. - Loki estremeceu, se sentindo muito consciente de sua cicatriz no peito. Ela pareceu arder como mil sóis, fazendo ele se levantar e se sentar de pernas cruzadas, olhando para Loki, mostrando que não acreditava nas palavras dele, com o olhar.

-Fenrir e Jormungand também são. - Preferiu não embarcar na história das três crianças. Fazia muito tempo, não valia a pena tocar no assunto.

-Eles foram concebidos antes de nosso casamento. - Thor segurou o queixo ossudo de Loki, com carinho, tentando desesperadamente consolar seu marido, que lhe deu um sorriso triste.

-Mas de qualquer forma, eles são legítimos. E estão presos. - Cutucou a barriga, Thor achando que era uma mania de gravidez, porém Loki naquele momento nem sequer pensava na criança que gerava e sim nas três que perdera. - Vá treinar com seus amigos. Eu ficarei bem. Quieto. Lendo meu livro. - Ele usou os braços para se erguer e depositou um leve beijo sobre o rosto de Thor, que acariciou seus cabelos uma ultima vez e saiu do quarto.

Loki resolveu se vestir da forma de sempre, roubando um casaco de capuz de Thor, desse vez puxando o capuz para que pudesse sentir o cheiro dele e um short.

Wanda foi quem lhe trouxe almoço, pois ele estava tão concentrado na leitura que perdera a noção do tempo.

A humana até chegou a lhe perguntar o porque da urgência da leitura e Loki lhe explicou que nunca havia mantido seus filhos, mas esse ele iria manter, nem que tivesse que arrancar o coração batendo do velho peito de Odin. Quando disse ele praticamente rosnou, assustando um pouco Wanda.

Porém a mesma continuou no quarto com ele, lendo uma revista aleatória e comentando algumas coisas de vez em quando, fazendo Loki olhar e rir, comentar ou apenas revirar os olhos.

Perto da hora do pôr do sol, Loki parecia agitado, como se estivesse sentindo algo. Ele se mudava de um lado para o outro. Deitava, sentava, cruzava as pernas, descruzada, ia no banheiro e lavava o rosto.

Então como se um raio atingisse seu corpo, junto de uma tempestade formada muito rapidamente para Wanda, ele sussurrou algo na língua alien e sumiu como uma fumaça de sua frente.

Maximoff olhou pela janela e viu Loki no quintal, com um cavalo um pouco maior que o normal, de oito patas. Não parecendo assustado, o deus das mentiras montou no animal e sumiu na floresta.

Desesperada, Wanda correu até onde Thor estava treinando com Capitão América e Hulk, em um novo movimento destrutivo.

-Wanda? - Visão chamou a atenção de todos dizendo seu nome. Porém ela estava muito ofegante para dizer algo.

-Loki... - Respirou fundo e Thor deu um passo a frente. - Montou num cavalo de oito patas. -Ela conseguiu falar e os olhos azuis de Thor se arregalaram de forma tão grande que pareciam que iriam cair.

-Mas esse é o filho dele. - Visão a tranquilizou.

-E o cavalo de guerra de meu pai. - Sem dizer mais nada Thor correu para a floresta, parecendo farejar Loki.

Os Avengers se olharam e Wanda fez um gesto com os ombros como se perguntassem se eles não iriam ajudar.

-Eles são família. - Tony deu de ombros.

-Odin vai cortar a criança pra fora de Loki. - Clint preparou o arco. - Ele já matou os três primeiros filhos dos dois. É aquela cicatriz que corta Loki ao meio a prova. - Steve prendeu a respiração.

-Somos mortais, contra deuses!- Tony tentou trazer sentido a eles.

-Você não se importou da primeira vez que lutou contra Thor. - Steve o lembrou e pegou o escudo, enquanto Hulk corria atrás do amigo Thor, junto de Wanda, Visão, Clint e Natasha.

Soltando um grito frustrado, Tony correu para vestir sua armadura aprova de Hulk e depois ir na direção dos amigos.

Eles ficaram em formação em frente a um velho de um olho só com uma armadura dourada, onde atrás de si tinha um Loki em sua roupa de couro asgardiana, com uma mordaça de ferro na boca e algemas nos pulsos. Ele parecia triste, vendo Sleipnir parecendo ter dor ao seu lado.

-Pai! - Thor gritou e Odin o olhou com raiva.

-Seu tolo.


Notas Finais


E agora? Será que Odin vai arrancar a criança da barriga de Loki?
Comentários e favoritos são bem vindos.
Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...