História Discredited in Love - Imagine Joshua (Seventeen) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Girls' Generation, Seventeen, Super Junior
Personagens Hong Jisoo "Joshua"
Tags Hong Jisoo, Imagine, Joshua, Junhao
Visualizações 52
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


eai meus leitores do coração,tudo bem?
comigo está tudo ótimo e estou trazendo um capítulo novíssimo para vocês. ❤
espero que gostem 🍃

Capítulo 5 - Ciúmes estranho e um esbarrão na esquina


Fanfic / Fanfiction Discredited in Love - Imagine Joshua (Seventeen) - Capítulo 5 - Ciúmes estranho e um esbarrão na esquina

O despertador tocou e eu quis chorar de tristeza por estar acordando cedo. É apenas quinta-feira e a semana passa muito devagar,é pior que o MingHao tentando aprender biologia. Me despreguicei e fui direito ao banheiro para me lavar,vesti minhas roupas e peguei minha mochila descendo para o andar de baixo.

As luzes estavam apagadas e eu estranhei isso pois antes de eu ir me deitar eu as tinha deixado ligada para minha mãe não entrar na escuridão. Dei de ombros e fui até a cozinha ligando a luz do mesmo e dando de cara com o MingHao sentado comendo na minha mesa.

- MingHao - eu disse seria - vai assustar a tua mãe!

- Ai S/N - ele cruzou os braços - sua mãe abriu gentilmente a porta para mim e você me recebe dessa maneira

- Ela foi mais cedo para o trabalho?

- Ela disse que tinha que encontrar um amigo - MingHao disse simples

- Cadê o Joshua? - perguntei e o mesmo sorriu malicioso

- Por que? - ele me olhou - sente falta dele?

- Larga de ser assim - revirei os olhos - Mas é que ele sempre está com você

- Ele foi mais cedo com a Sunny - MingHao disse com tom de voz cansado - isso vai dar merda

Engoli a seco e senti uma sensação de raiva por dentro,não entendendo nada,balancei minha cabeça para tirar os pensamentos sobre oque Joshua poderia estar aprontando com a Sunny.

- Perdi a fome - eu dei de ombros - vamos?

- S/N você está estranha - MingHao riu - Vamos sim - ele pegou sua mochila e saímos de casa.

Fomos caminhando em silêncio,eu perdida em pensamentos e com raiva do MingHao por ter deixado Sunny sozinha com o Joshua. Não que ela não seja confiável,mas ela é meio doidinha da cabeça e o coitado pode acabar se metendo em lugares estranhos e situações constrangedoras e acabar conhecendo novas meninas.....

Nossa eu deveria ficar quietinha...

Chegamos na escola e vi Joshua com algumas meninas e meninos,mas ele tava muito próximo de uma menina,senti meu rosto ferver e MingHao percebeu isso.

- Vamos entrar - ele me puxou

- MingHao eu te odeio - eu disse baixo para apenas ele ouvir - oque eu avisei sobre não deixar o Joshua com a Sunny?

- Está com ciúmes S/N? - ele parou e ficou frente a frente comigo

- Não

- Mas parece - ele sorriu - Tu não engana ninguém S/N,nem a si mesma - porra,é verdade

- MingHao,tu ta entendendo errado - ta não - eu so não quero que ele tenha más influências como amizade

- Ou tu não quer que ele conheça novas meninas por que tem ciúmes? - merda,tu me conhece muito bem

- Aish - cruzei os braços - MingHao vai com o Jun,irei para a minha sala

- Vamos ter uma conversinha depois - ele disse e saiu em direção ao ginásio.

Suspirei e segui em direção a minha sala. Hoje o dia seria longo.

*****

O sinal tocou para o intervalo e suspirei alivada por ter terminado de copiar aquele enorme texto que o professor decidiu passar. Me levantei e fui em direção ao refeitório,sinto alguém me puxar e dou um tapa na cabeça da pessoa fazendo a mesma gemer de dor.

- Eu tenho dó de quem tentar te sequestrar - MingHao disse com a mão no local onde eu bati

- Ninguém irá me sequestrar - o olhei - você está louco?você conseguiu me dar dois sustos só nessa manhã

- Não tenho culpa de você ser medrosa - ele disse calmo - eu disse que iria conversar com você

- Eu tinha me esquecido desse detalhe - resmunguei - fale logo

- Você gosta do Joshua - MingHao sorriu

- Você está afirmando algo que não é real - o olhei seria - eu não acredito no amor,e isso não iria acontecer do nada

-S/N por favor,você deixou na cara hoje todo o ciúmes que estava - ele riu fraco

- Joshua percebeu alguma coisa?

- Não - ele disse - mas se continuar assim,creio que ele irá perceber

- Aish - cruzei os braços - MingHao tire de sua cabeça que eu gosto do Joshua,amor não existe

- Existe sim,você que fechou os olhos para ele - MingHao suspirou - assim como fecha os olhos para o Joshua

- Eu não fecho os olhos para ele - eu disse irritada

- Acabei de tirar uma resposta de você - MingHao riu e saiu correndo dali me deixando sozinha

Eu mereço um amigo desses.

*****

A aula tinha acabado e finalmente me vi livre das aulas chatas. Eu tinha uma tarde inteira para descansar ja que é quinta-feira e amanhã é sexta e graças a Deus depois é o fim de semana.

Peguei minhas coisas e sai da sala de aula,a escola esvaziou rápido e eu tinha sido a última a sair da sala. Não tinha quase ninguém nos corredores e no pátio tinham apenas aqueles que estavam esperando alguma carona ou alguém buscar.

Me vi sem ninguém para ir conversando e suspirei andando na direção que eu sempre ando para ir para a escola e voltar,ja que como eu não moro tão longe,minha mãe disse que eu podia ir a pé se eu fosse com o MingHao. Coloquei as mãos no bolso do meu casaco e andei de cabeça baixa até a esquina na qual parei.

Um garoto não muito alto estava com a camiseta do colégio e estava andando rápido,aparentemente tinha esquecido algo na escola,sem querer ele esbarrou em mim e eu virei na direção dele.

- Ah,desculpe - ele disse assim que parou para ver onde tinha batido - estou com pressa e acabei não olhando para onde ando

- Não foi nada - dei um sorriso fraco - Você é da mesma escola que eu,esqueceu algo por la?

- Ah sim,acabei deixando meu livro de matemática no armário e amanhã tenho um teste - ele riu fraco - em que ano você está?

- Segundo ano - respondi calma

- Ah,estou no terceiro - ele sorriu - enfim,até mais

- Ei - o chamei - qual seu nome?

- Jeon WonWoo - ele sorriu e continuou seu caminho em passos apressados 


Notas Finais


aaa espero que tenham gostado ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...