1. Spirit Fanfics >
  2. Diversão e inversão. -Interativa- >
  3. Eu tenho muito medo de cobras...

História Diversão e inversão. -Interativa- - Capítulo 4


Escrita por: e juriaq


Notas do Autor


Oi amados
Desculpem a demora, eu acabei de entrar no ensino médio, agora eu tenho compromissos de domingo pra domingo e inclusive, segunda é o dia todo :)
Entt NÃO vai ter tempo fixo de postar como minha ultima fanfic, mas tem o mínimo de palavras que é 1000
essa é a primeira versão do capítulo
beijão
<3

Capítulo 4 - Eu tenho muito medo de cobras...


Após o grito da garota, todos tomaram iniciativa para uma festança sem limites, Noah pegou bebidas e Erica preparou uma fogueira para a noite que estava chegando. Já o ‘casal’ Jake e Mike nem tinham feito questão de sair da barraca, ficaram vendo memes salvos no celular do segundo citado, pois até o momento eles ainda tinham sinal, até aquele momento. Dylan e Gabi se sentaram ao lado de Caroline para que pudessem conversar e papo vai papo vem até um clima estranho pairar, após a pergunta do moreno de pele.

- Porque mesmo que você e Erica tem essa rivalidade? – E assim um silêncio durou por longos 5 minutos.

- Juram que não vão rir? – A de olhinhos puxados perguntou.

- Eu juro – Gabi respondeu.

- Eu já estou é rindo – Brincou Dylan.

- Não é rivalidade... É meio que um clima estranho...

- Meu Deus vocês já se pegaram? – Dy surtou.

- Não foi só por isso... Talvez eu tenha pedido ela em namoro depois de dois selinhos... – E esse foi o clímax para o moreno que já ria de cair os dentes.

- Eu não estou rindo. – Gabi falou se segurando e a garota revirou os olhos.

- Pode rir – E assim ele fez.

- Você – Dy se interrompeu com risadas – VocÊ – Ele falou todo embolado – Isso é sério? E o que aconteceu depois?

- Ela me disse que não procurava nada sério e aí... Bem, ficou assim, ela me evita eu a evito, foi muito constrangedor.

- MEU DEUS EU VOU MORRER – Gabi já estava vermelho de tanto rir. – Até hoje vocês se ignoram por uma idiotice dessa?

- Fazem o que? 3 meses? É recente!

- Três meses atrás eu tinha batido no Gabi pra roubar o lanche dele e hoje somos unha e carne.

- Três meses atrás eu... Bem, eu era eu.

- E hoje você é? – A garota perguntou

- Eu? – A de mechas revirou os olhos.

- Pede desculpa pra ela e acaba com essa porra.

- Não! Que vergonha, eu prefiro esquecer.

- Então vocês vão ficar nessa pra sempre? – O loirinho perguntou.

- Sim. Não contem pra ninguém, todo mundo pensa que nós brigamos e não que é uma idiotice dessa!

- BOA NOITE! – Krys pulou pra perto deles – Eu, a líder e vocês que lutem, estou aqui para chama-los para um jantar magnifico feito por mim.

- Ela quase colocou fogo na floresta! – Samuell falou indignado.

- Pelo menos eu fiz o jantar. Temos hambúrgueres, espetinho de carne e frutas e de sobremesa temos marshmellows. Bem clichê. Vamos comer, já está escurecendo e temos que fazer ao menos uma hora de bebedeira.

- Pra quem você vai dar hoje? – Erica perguntou rindo.

- Se você quiser, pra você.

- Na cara assim mesmo?

- Adoro na cara. – O comentário fez alguns rirem e outros se sentirem desconfortáveis. Eles foram jantar e a líder teve que ir atrás dos pombinhos na barraca. – Amores, hora do jantar. – A garota de pele branca como a neve abriu a barraca e invadiu sem vergonha nenhuma e encontrou os dois garotos abraçados assistindo vídeos no youtube. – Amados? Bora!

 

Após bastante comilança e conversas jogadas fora, Jake e Mike já voltaram para a barraca e Erica e Caroline também.

 

- Gabriel tem idade pra beber? – Krys perguntou tomando a Vodka da mão do garoto.

- Nós temos a mesma idade!

- Eu posso – A garota virou o copo do garoto. – Vai dormir – E bagunçou o cabelo do loirinho que revirou os olhos e obedeceu.

- Vira essa merda, quero jogar verdade ou desafio. – Reclamou Dylan com Noah.

- Já tentou virar uma garrafa inteira de cerveja caralho?

- JÁ – O moreno tomou o liquido da mão do homem e tomou.

- Tudo isso só pra jogar verdade e desafio? Que merda – Carolyn revirou os olhos e Beatrice concordou.

- Vou mijar – Noah levantou e foi pro meio do mato.

- Pergunta – Krys levantou a mão e todo mundo olhou pra ela – Porque homens sempre tem que avisar quando vão ao banheiro? Tipo, levanta e sai ou sei lá, fala ‘vou ao banheiro’ pra que especificar?

- Correção, homens nojentos. – Sam se defendeu.

- Pronto, bora jogar – O moreno tacou a garrafa no chão, ele estava meio bambo, mas nada que o fizesse cortar sua participação.

- Eu giro! – Beatrice disse e fez, a garrafa apontou para Sam e Dylan.

- Verdade – O moreno foi interrompido por um soluço – ou desafio?

- Verdade – O garoto respondeu meio temoroso.

- VocÊ já leu pra lua? – O mais alto da turma disse bem embolado

- O que? – Sam não tinha entendi a pergunta.

- Desculpa – Soluço – Você já deu pra lua? Não... À luz da lua, isso. – As meninas caíram na risada quando perceberam o que ele queria dizer.

- Você está muito bêbado! Vai dormir. – Krys alertou.

- Eu aguento! Agora responde Sam.

- Sim... – O garoto que estava vermelho girou a garrafa e ela apontou para a Beatrice e Krys.

- Verdade ou desafio, minha flor? – A garota de cabelos negros perguntou.

- Desafio. – A de cabelos loiros respondeu.

- Chega no Gabi e diz que você pede desculpas. – A garota abriu sua boca de pouco em pouco, até formar um perfeito ‘o’. Apenas ela e Krystal sabiam da briga de Gabi e da loira, ela jurou batendo os pés que nunca pediria desculpas para o menino. Era algo idiota, ela apenas o acusou de roubar um marca-texto laranja pastel e acabou descobrindo que quem tinha pego era a Krys.

- Nunca!

- Isso ou pular pelada no lago congelado.

- Então gente, beijos. – A garota se levantou e foi para a barraca de Gabi, deixando o grupo de amigos rindo.

- Eu giro! – A que tinha desafiado a loira fez o dito e a garrafa caiu apontando para Dylan e Krys novamente. – Opa, verdade verdadeira ou desafio desafiado?

- Isso não fez sentio algum.

- Sem tio? – A garota riu.

- Desafio desafiador.

- Te desafio a dar 5 cambalhotas seguidas sem vomitar, SE você vomitar, você vai se deitar. – O garoto foi todo alegre cumprir o desafio e na segunda cambalhota, muito estragada, ele vomitou em cima de coralyn.

- PORQUE EU? -  A garota correu para a área de chuveiros para se limpar.

- Anem, acabou a brincadeira, só sobrou a gente. -  Sam reclamou.

- Vamos dormir, já está tarde.

 

 

 

- Esse vídeo, socorro – Jake ria do vídeo que tinham acabado de assistir.

- Me diz se não foi engraçado?

- Eu amei! – O garoto ria – Esse cachorro realmente não gosta de que mostrem o dedo do meio pra ele. Muito surtado ele.

- Parece quem?

- O Noah com a Krys?

- Sim! – Eles riram novamente – Surtados. – Mike sorriu admirando a risada de Jake e o loiro-acastanhado percebeu o olhar.

- O que foi?

- Nada.

- Desde aquela brincadeira dos meninos você está muito estranho.

- Eu? Que nada.

- Hm...

- Eu posso... – Michael se cortou quando percebeu o que iria dizer.

- Pode o que?

- Nada, era algo idiota.

- Se começou agora termina – Jake sorriu.

-N-nada!

- Fala

- Não

- Fala

- Não

- Você não me ama, é isso.

- É claro que amo.

- Então me fala!

- Não. – O garoto emburrou, cruzou os braços, fez beicinho, se deitou e virou de costas para o amigo. – Jake, para de birra! – Ignorado – Akira? – Ignorado – Hey? – Ignorado novamente – Você vai mesmo fazer isso? – Mike revirou os olhos e forçou Jake a olhá-lo nos olhos, porém ao puxar o garoto acabou dele ficando por cima do menino – Desculpa, tá?

- Pelo o qu- - O garoto foi interrompido por um selinho rápido vindo do garoto por cima dele que depois disso se levantou rapidamente. – Eu... – Lagrimas começaram a surgir nos olhinhos de Jake, ele não sabia o porquê, mas ficou triste? Ele levantou rapidamente e saiu correndo pelo acampamento até entrar na floresta.

- JAKE!? – Mike tentou acompanhá-lo, mas perdeu ele de vista na floresta.

- O que aconteceu? – Krys perguntou preocupada.

- E-ele... ele só saiu correndo!

- Vamos atrás dele, antes que ele se perca. – Os três seguiram um caminho de pegadas. – Mato, mato e mato. – Sam já surtava de medo.

- Calma, nós só precisamos- - Um barulho de folhas foi ouvido – O que foi isso?

- Não sei, talvez seja o Jake! – Um minuto depois uma cobra caiu no braço da Krys.

- AAAAH! – A garota entrou em desespero e se debateu até o animal cair no chão e fugir pelo mato e a garota abraçou seu melhor amigo e começou a chorar – Desculpem, e-eu tenho muito medo de cobras.

- Hey, tudo bem, calma – Sam confortou sua amiga.

- Vocês... Querem voltar?

- Claro que não! Temos que achar o Jake. – A garota se recompôs e eles voltaram a andar até um momento em que as pegadas sumiram.

- Mas... – Sam ficou confuso.

- Está chovendo? – Mike perguntou – Caiu uma gota em mim.

- Não? – A garota respondeu e olhou pra cima e encontrando o corpo de Jake pendurado em um galho - JAKE? – Os garotos seguiram o olhar dela.

- JAKE – Michael entrou em desespero e tentou ajudar o amigo, mas quando ele desceu o amigo do galho viu que só estava ali 75% do corpo do amigo – Jake... – Mike começou a chorar e abraçou o copo do amigo – Não... NÃO! Quem fez isso com você? Em? Meu amor... Está tudo bem, ok? Eu estou aqui com você. Calma... – Os dois amigos que olharam a cena começaram a chorar baixinho.

- Mike, precisamos ir, a pessoa que fez isso pode estar por aqui... – Krys falou preocupada.

- Eu não posso deixá-lo aqui...

- Mike... – Sam chamou e barulhos na floresta se foi ouvido – MIKE, TEMOS QUE IR!

- NÃO, EU VOU FICAR AQUI.

- O que está acontecendo aqui? – Noah diz saindo do meio do mato e os três encararam ele.

- Foi você? – Mike perguntou baixo.

- O que?

- FOI VOCÊ, NÃO FOI? SEU DESGRAÇADO! – Mike se levantou e partiu pra cima dele.

- MIKE! – Sam o segurou.

- Noah está drogado e não teve a capacidade de fechar o zíper, imagine matar alguém! – Ela parou para respirar – Vamos pro acampamento, não deve ter ninguém aqui perto por quilômetros, se alguém fez isso com ele, foi alguém do acampamento e você, Noah – A garota apontou para o barbudo – É o nosso principal suspeito.

- Eu vou chamar a policia pra prender esse desgraçado. – Sam pegou o celular de Mike para que no acampamento ele ligasse para a polícia.

- Eu... – Mike tentou falar, mas voltou a chorar vendo Jake ali – Jake...

- Vamos logo, eu quero dormir – Noah falou já andando como se nada tivesse acontecido.


Notas Finais


Se vocês chorarem não se sintam estranhos, eu chorei enquanto eu escrevia hmkk *chorando muito*

Quem vocês acham que matou o Jake?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...