1. Spirit Fanfics >
  2. Do Brasil para Coréia >
  3. Capítulo I: Epílogo

História Do Brasil para Coréia - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá a todos, eu estava começando a ouvir algumas musicas de bandas coreanas e acabe gostando dos artista e decidi fazer uma história pois venho do nada kkk!

Espero que gostem e boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo I: Epílogo


Fanfic / Fanfiction Do Brasil para Coréia - Capítulo 1 - Capítulo I: Epílogo

Na grande cidade de São Paulo, tudo corria com muita tranquilidade, as ruas bem movimentas, as pessoas vivendo suas vidas na mesma rotina, era apenas mais um dia quente de Janeiro.

Mas essa vida rotineira podia ser bem exaustiva quando a única coisa que você deseja é conhecer o mundo e viver altas aventuras e até mesmo um romance de adolescente, querendo viver longe de correntes que te detém de ver as verdadeiras maravilhas do mundo, a liberdade é um dos verdadeiros desejos que você mais quer quando se termina a faculdade e tem vinte e dois anos, pelo menos, era assim que um grupo de amigas viam sua realidade em São Paulo.

Karoline Rodrigues, uma mulher  com cabelos pretos enrolados e olhos castanhos escuros, pele bem morena , era uma mulher de vinte anos de idade e estava para começar seu último ano na faculdade de Design, sendo ela mineira por parte materna, seu pai, Ivan Rodrigues, era Espanha aonde atualmente morava, um homem trabalhados mas muito protetor oque causava certa intriga entre ele e Karol, sua relação não era a mais amigável, por isso, confiava mais em sua irmã mais velha, Alice Rodrigues, uma mulher gentil , doce e carinhosa.

" Sinto sua falta mãe, queria que ainda estivesse aqui comigo e eu pudesse te conhecer"

Isabela Machado, era uma mulher de cabelos castanhos ondulados com olhos castanhos-mel e pele branca , tinha vinte anos e estava no último ano da faculdade de Psicologia, morava em São Paulo e as vezes visitava sua mãe, Emília Machado, uma mulher exigente mas também muito doce e bondosa , seus pais eram divorciados, seu pai, Isaac Machado, morava em São José dos Campos com sua nova esposa, Márcia Machado, os três eram Joseenses,tinha uma irmãzinha chamada Victoria Machado, seus pais sempre tentaram a dar tudo do melhor mas sempre viviam ocupados no trabalho, por isso, Isabela  e Victoria sempre visitavam seu avô, Geraldo Machado, que sempre as faziam rir com suas historia.

"Apenas quero que meus pais me entendam,quero seguir os passos de minha avó falecida e me tornar psicóloga para ajudar as pessoas"

Letícia Campos, era uma loira de olhos azuis esverdeados e pele branca, tinha vinte anos e estava no último ano da faculdade de Administração, morava num prédio em São Paulo por presente ao seu pai e mãe , Leonel Campos e Fátima Campos, um homem e mulher muito ocupados e sérios querendo que a filha fosse médica, moravam na sua cidade natal, Belo Horizonte, sendo todos belo-horizontinos, tinha um irmão mais velho, Diego Campos, que a irritava sempre que podia mas ambos tinha uma ligação especial junto com seu irmão caçula, Victor Campos, ele se ajudavam quando seu pai acabava bêbado antigamente nas brigas oque ainda atormenta seus pesadelos.

" Apenas queria que meus pais me entendessem ,dessem atenção para mim e me deixarem ter minhas próprias escolhas"

Carla Oliveira, uma mulher de curtos cabelos castanho e olhos castanhos e pele morena , tinha vinte anos e estava no último ano da faculdade de fotografia, morava em São Paulo numa casa deixada por seu pai,o mesmo havia falecido a muito tempo e apenas tinha sua irmã,  Priscila Oliveira , que sempre a cuidou desde de pequena, ambas sempre se apoiavam nos momentos difíceis , agradecendo o amor e carinho de seu pai, já que a mãe de Carla havia a abandonado depois que a mesma nasceu e desapareceu pelo mundo, Carla sofreu mas nunca deixou isso a abalar, nasceu em Campos do Jordão, amando o frio e querendo seguir os passos do pai no mundo de fotografia.

"Apenas quero terminar oque meu pai começou, o seu sonho que também é o meu, quero que ele se orgulhe de mim"

Renata Costa, uma mulher de cabelos castanhos bem escuros quase pretos e olhos azuis oceanos de pele morena, tinha vinte anos e estava no último ano da faculdade de Pediatria, morando em São Paulo, queria seguir os passos de sua mãe, Camila Costa, para cuidar de seu filho caçula, Igor Costa, que tinha uma deficiência física nas pernas, tendo que pagar um tratamento para ele, seu pai, Tomas Costa, era um homem que abandonou sua família apenas deixando uma mala de dinheiro para eles e alegando tendo traído sua esposa, Renata nunca havia o perdoado por isso, eles eram todos da Bahia.

"Quero construir minha família e conseguir ajudar meu irmãzinha e minha mãe, eles são meu tudo."

Larissa Gonçalves, era uma mulher ruiva de olhos castanho de pele brancs, tendo vinte anos e estava no último ano da faculdade de Moda, morava em São Paulo numa casa deixada por seu pai, Marcos Gonçalves, que sempre estava ocupado no trabalho, era filha única, sua mãe havia falecido no dia de seu nascimento, oque criou um certo muro entre ela e seu pai, apenas tinha sua avó de consolo que a incentivava a seguir seu sonho de Moda, era brasileira nascida em Santos mas era parte francesa por sua mãe, por isso, sempre puxava o "R" e tinha um sotaque francês que nem sua mãe.

" Só queria que esse muro não existisse e eu pudesse conversar com meu pai sobre mim...Apenas uma vez"

Bianca Ferreira, era uma mulher de cabelos negros longos e olhos castanhos escuros, tinha vinte anos e estava no último ano da faculdade de Literatura e direitoem São Paulo, seus pais, Antonio Ferreira( padrasto) e Rebeca Ferreira moravam no Rio De Janeiro que era sua cidade natal,era Afro-descendente e antepassado indígena por parte de mãe, tinha um irmão mais velho chamado Gustavo Ferreira e uma irmã mais velha chamada Jessica Ferreira , mas sua irmã sempre era muito malvada com ela por serem apenas irmãs por sua mãe ter casado com o pai dela e de Gustavo  após o falecimento de seu pai, seu irmão, ao contrário sempre a amou.

" Queria me dar melhor com a família de meu padrasto e que minha" irmã" não fosse tão malvada comigo"

Pessoas diferentes, jeitos diferentes, gênios diferentes, mas com seus próprios sonhos e caminhos.

Quais serão as surpresas que elas viverão nessa aventura?

 

Continue...


Notas Finais


Isso é apenas uma introdução depois poderá aparecer outros familiares e personagens, improvável, sim, impossível, não!

Espero que gostem e até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...