História Do bullying para o amor (Jikook) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Namjoon, Kook, Kookji, Kookjin, Minv, Namjin, Nammin, Suga, Tae, Taehyung, Taeji, Vmin, Yoongi
Visualizações 121
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei pessoal! Espero que gostem! O próximo capítulo irei postar só no próximo mês.

Boa leitura^^

Capítulo 18 - O jantar.


Fanfic / Fanfiction Do bullying para o amor (Jikook) - Capítulo 18 - O jantar.

Cheguei puto em casa.

— O que foi? — Taehyung pergunta, se deitando no sofá ao meu lado, onde eu estava jogado de um jeito que não sei explicar.

— O Senhor Jeon Jungkook me chamou para nada! Não fiz porra nenhuma lá! E ainda para melhorar as coisas, ele vai sair com seu ex! E esse "ex" é o chefe de uma empresa multinacional! Eu sou um nada perto dele. — falo rápido.

— Calma, respira. — me mostra respirando, indicando para que eu o imitasse. 

Respiro fundo e me aconchego em seus braços.

— Ai... Eu não sei mais o que eu faço. Será que eu desisto desse contrato? Dessa chantagem idiota? — pergunto sincero e cansado.

— Você está gostando mesmo dele? 

— Não! Não é gostar. — faço bico. — É aproveitar! Vingança.

— Jimin, você não me engana. Eu te conheço. — fala cerrando seus olhos. — Se abra mais comigo ChimChim. Sou seu amigo também. Se esqueceu? — fala fazendo um bico fofo, olhando para mim.

Eu aprofundando o abraço, ficando encolhido em seu colo, feito um bebê.

— Claro que eu não me esqueci. Eu te amo tanto! — falo dando beijos e mais beijos em suas bochechas, enquanto ele ria e sorria, com aquele lindo sorriso quadrado. Adoro aquele sorriso. — Dorme comigo hoje?

— Mas é claro meu nenêm. Quer que eu faça cafuné também? — pergunta fofo.

— Já que perguntou... — falo engraçado e logo ele ri.

Fomos para o quarto dormir. Mas calma, nada de malícia. Fomos apenas... Dormir, como dois amigos normais. E além do mais, eu adoro dormir com ele, porque ele me abraça de uma maneira tão fofa e boa. Parece que ele tá abraçando um travesseiro ou sei lá o que. Ele coloca suas pernas por cima de mim, me abraçando, me acolhendo. Me sinto mais quente, protegido e acolhido. Quando me sinto carente, ele vem e fica comigo. Me abraça, faz tudo por mim com muitoe amor e carinho! Ele é um ótimo amigo. Nunca me deixou na mão.

— Boa noite Chimchim. — fala se deitando ao meu lado, colocando logo suas pernas por cima de mim, me abraçando e com seu sorriso longo e quadrado para mim, me dando um beijo na testa.

— Boa noite TaeTae. — dou-lhe um beijo na testa, me aconchegando em seus braços.

Ele começa então, a fazer cafuné em mim, tão suave e devagar. Ah... É tão relaxante. Ele realmente sabe como me fazer bem. Me sentir melhor.


[...]


Acordo e vejo que Taehyung havia acordado primeiro que eu. Me levanto e vou para o banheiro. Saindo de lá, vou ao encontro deles.

Estou bem melhor pela bela noite de sono. Graças ao Senhor!

Encontro todos na cozinha, fazendo seus cafés.

— Hey, aproveitem e façam para mim. — falo dando um sorriso rápido e falso, e me sentando no sofá, procurando alguma coisa na TV.

— Folgado... — Lisa comenta.

Como pedido, eles não fizeram. Então fui fazer eu mesmo.

Comemos e fomos tomar um sorvete, perto de casa.

Passeamos um pouco pela praça, conversando coisas aleatórias, até que nos deparamos com Namjoon.

— Namjoon! — o chamo e ele nos olha.

— Jimin! Gente! — fala indo em nossa direção, com seu sorriso largo.

Nossa... Ele realmente mudou. Está lindo! Sempre foi né, mas agora...

— Que saudade! — damos um abraço em grupo. — Como vão as coisas? — pergunta para nós.

— Ah, estamos indo né. Lutando todos os dias. — falo já desanimado.

— Mas e aí? Vai dar certo hoje a noite?

— Vai. Vai sim. — sorrio.

— Ótimo. Vou reservar para nós uma mesa. Sete horas hein. Não se esqueça. — sorri. — Tchau gente. Tenho que ir. — nos abraça novamente e volta a seu rumo.

— Ele tá bonitinho, hein. — Lisa fala arrastado, para que Yoongi não ouvisse, mas não deu certo.

— Então vá lá para ele, vai! Vai ver se ele faz melhor que eu! — fala fazendo bico.

— Oh, gente! — ela fala morrendo de fofura por Yoongi. Aquele biquinho tão lindo! E aquele ciúmes tão fofo!

Ela o abraça, dando um longo beijo nele.


[...]


Já era cinco e meia. Decidi me arrumar.

Tomei banho, me visto com uma bermuda preta, blusa branca larga e um tênis vermelho. Parti meus cabelos ao meio e pronto. Sentei no sofá, esperando ele chegar.

Deu sete e cinco, ele chega.

Desço as escadas ao seu encontro no carro.

— Ah... Lindo como sempre né Senhor Park. — fala com seu sorriso encantador.

Sorrio por agradecido e entro no carro.

Seu carro também é luxuoso. Será que sou o único que não tem carro?!

Fomos até o restaurante. Chegamos lá, nos sentamos na mesa reservada e fomos logo para os pedidos.

Jantamos e conversamos bastante, matando as saudades. Após comermos, pedimos sobremesas.

Quando o garçom trouxe as sobremesas, sinto alguém passando por trás de mim, muito perto e rápido. Tipo um vulto.

Olho para trás rapidamente e me deparo com... O ser mais chato do mundo! Jeon Jungkook e seu "ex" namoradinho! Aish! Nem um jantar posso ter em paz?!

Ele olha diretamente para mim quando se senta. Ele se senta a mesa lá do fundo da minha direita. Ótimo! Que bosta!

Tentado esquecer, comecei a comer. Não iria deixar ele me abater assim. Hoje estou aqui com o Namjoon, e é com ele que darei toda a minha atenção! 

Continuei a conversar normal com Namjoon novamente. De vez ou outra, eu dava uma olhadinha para o Jungkook, vendo que também ele me olhava. Me observava, para ser mais exato. Percebi também que aquele tal de Seokjin, me fitava as vezes. Tipo com um olhar mortal ou sei lá.

Isso não vai me atingir!

Continuei a comer e conversar com meu amigo, até que ele pega em minha mão, e começa a acariciá-la. Olho para ele meio nervoso e, depois, olho para Jungkook. Vejo seu olhar nervoso. Ele se levanta de sua cadeira vindo até minha direção, com seus passos rápidos e pesados. A fúria estava nítida em seu rosto.


Puta que pariu...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...