1. Spirit Fanfics >
  2. Do céu ao mar (Em pausa) >
  3. A melodia

História Do céu ao mar (Em pausa) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - A melodia


Azul. O tom mais escuro de azul que você possa imaginar. Era tudo o que eu conseguia ver naquele momento.

Sem conseguir respirar, tentei olhar para os lados, tentando descobrir onde estava. Foi quando eu percebi...

Eu estava no fundo do mar.

Tentei nadar para a superfície, mas tinha algo... Algo me fazendo ficar. Ou melhor, alguém.

Entre o som das baleias cantando e da água ao meu redor, tinha a voz... Dela. Não sabia dizer quem era, o que era. Mas essa voz...

Ela acalmava minha alma, parecia dizer que eu estava no lugar certo. Era como se eu estivesse aqui por causa dela.

E então, eu acordei.

Não estava mais no oceano. As baleias e a melodia doce que estava ouvindo haviam sumido. Era apenas eu, e meu gato na minha cama.

“Hora da comida, Ray.” falei, enquanto esticava meus braços.

Levantei para trocar a comida dele, e me reparei com uma carta... O que poderia ser?

“Estranho, não costumo receber muitas dessas.” abri a carta, para a minha -não tão grande- surpresa, era minha amiga Amelie.

"Bom dia, flor do dia!

Acordei mais cedo para te escrever essa carta e lembrar que amanhã é o grande dia! Como se sente?

Na verdade, eu estava indo falar contigo pessoalmente, mas você não acordava por nada! Acabei desistindo e fui para minha caminhada matinal...

Quando ler isso, me liga que eu vou direito pro seu apê, ok?

Te amo, você é minha otária favorita!"

“Estava fofo demais para ser verdade.” ri enquanto terminei de ler. “Antes de tudo, vou me arrumar. A Amelie pode esperar um pouco pela ligação.”

Depois de limpa e arrumada, resolvi pegar meu celular.

“2 ligações perdidas...” suspirei e retornei novamente. Não demorei muito para ser atendida.

“Olá olá!!” fui recebida pela sua voz calorosa e animada. “Já estava cansada de esperar!”

“Eu sei, eu sei. Eu vi a sua carta.” ri “Não demorei tanto assim.”

“Não é esse o ponto da conversa, de qualquer jeito.” escutei sua respiração ofegante, e o som de plástico da sua garrafa abrindo. “Já sabe como vai resolver isso?”

“Uhm... Isso? Do que você está falando?”

“Vamos, Layla, não se faça de desentendida. Estou falando da festa de noivado da sua mãe!”

“Ah. Isso.” suspirei. “Pensei que podíamos evitar essa conversa por hoje.”

Ouço uma respiração funda vindo da ligação. Eu sei que esse assunto também a incomodava, mas já estava chegando o dia...

“Eu ainda não sei se quero participar disso, Amelie.”

“Eu sei, eu sei! E eu te entendo! Mas você conhece sua mãe.”

Revirei os olhos. Claro que conhecia, não existe mulher mais egoísta e avarenta que ela.

“Mais tarde nós conversamos sobre isso, ok? Preciso arrumar a casa e ir correndo para o café, coisa que você também deveria fazer.”

Amelie e eu trabalhamos numa cafeteria chamada Amour Rose. A dona era uma senhorinha francesa, um doce de pessoa. Viu a cafeteria crescer desde que era pequena.

“Estou a caminho! Me espere na porta do prédio! Tchau tchau!”

Ligação terminada...

Deixei meu celular de lado e fui buscar meu uniforme. Era uma graça, Amelie que ajudou no design. Usávamos uma camisa branca, com calças jeans e um avental rosado. A logo do café ficava nos bolsos do mesmo.

Me vesti, estava pronta para começar o dia. Porém...

Antes de ir, me sentei na cama novamente, me lembrando do sonho. Não era a primeira vez que eu ouvia aquela voz, que eu tinha aquele mesmo sonho.

Será que algum dia, eu vou descobrir o que era?...

“Quem eu estou enganando?” sorri. “É apenas um sonho... Não é?”.

...Não é?


Notas Finais


Perdoem qualquer erro, obrigada por lerem 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...