1. Spirit Fanfics >
  2. Do dia, para noite... >
  3. II Um II

História Do dia, para noite... - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


História Nova! Espero que gostem!<3

Capítulo 1 - II Um II



Percy Jackson point of view


Meu quarto estava uma bagunça total, caixas espalhadas por todos os lados, pilhas de roupas e livros que eu nunca me daria o trabalho de arrumar. Mas que porra. Por que nós simplesmente não podíamos ter ficado na Califórnia? Lá era o lugar "perfeito" para um adolescente crescer! Boas escolas, boas opções de faculdade, bons amigos e principalmente, praias de tirar o fôlego. 

Solto um longo suspiro e começo a desempacotar, já que... bem, não é como se eu tivesse outra opção certo?

Ok... Eu nem queria estar aqui tá legal? mas o que posso fazer? Meu pai recebeu uma proposta melhor de inprego e... Tá bom, tá bom vocês devem estar me achando muito egoísta nesse momento, mas só imaginem de uma hora para outra você ter que ir embora do lugar que você cresceu, fez amigos... 

Eu sinceramente estava muito feliz pela meu pai, tudo isso é realmente uma grande oportunidade, não só para ele. Eu estou completamente disposto a recomeçar longe de tudo que eu conheço, então eu tenho todo o direito de ficar pelo menos com raiva de ter que me submeter a uma mudança tão drástica assim do nada... Certo?

Oh deuses quem eu quero enganar? Eu realmente estava muito empolgado com tudo isso, todos na minha antiga escola por algum motivo me odiavam, (talvez por eu ser um "delinquente" juvenil, mas só talvez) o que eu acho um total absurdo! Eu só estava tentando deixar as aulas mais animadas, mas as autoridades escolares insistiram que tudo que eu queria era instalar o "caos", exagerados não? Bem, isso me custou mais uma expulsão, mas fazer o que né? Não é minha culpa se esse povo não tem senso de humor.

Depois de todo esse ocorrido, minha mãe e meu pai concordaram que esse mudança séria bom para todos, e que seria uma ótima oportunidade de eu recomeçar minha vida escolar do jeito certo.

Uma mão pequena e suave me tira dos meus devaneios, confesso que levei um leve susto, mas me recompus no momento em que me virei.

— Ah... Oi mãe, algum problema? — eu realmente estava curioso pra saber, minha mãe não tinha o costume de chegar assim do nada.

— Não, nenhum. Eu só acho que você deveria deixar essas caixas de lado por enquanto, e ir conhecer os vizinhos, vai que você encontra outras crianças da sua idade? — ok isso é realmente embaraçoso. Poxa não sou mais criança!

— Não sou uma criança mãe. Grrr tudo bem, vou "conhecer" o vizinhos... — o que? Qualquer coisa é melhor que passar o resto do dia desempacotando caixas...









Notas Finais


Desculpa qualquer erro, críticas construtivas são sempre bem vindas.
Prometo que o próximo capítulo vai ser maior.
Espero que tenham gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...