História "Do It" - Jeon Jungkook - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtanboys, Bts, Fanfic, Jeonjungkook, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Korea, Korean, Rapmonster, Seokjin, Suga, Taehyung
Visualizações 97
Palavras 820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Seinen, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu reescrevi esse cap, um bj

Capítulo 3 - I hate goodbyes


Fanfic / Fanfiction "Do It" - Jeon Jungkook - Capítulo 3 - I hate goodbyes

Acordei no dia seguinte com a cabeça latejando de dor, fui dormir chorando ontem a noite.

"Pode parecer frescura ou algo do tipo, mas cara, Jungkook era como um irmão pra mim, sempre me acompanhando e me incentivando em tudo, era algo muito doloroso pra uma garota de apenas 15 anos."

Eu senti que se visse Jungkook mais uma vez, eu desmoronaria, e iria amarrá-lo na minha cama e prender ele no meu quarto pra que ele não fosse embora. Sintia que iria ficar perdida sem ele por perto. Enfim me levantei esfregando o rosto, fui ao banheiro e escovei os dentes em seguida descendo até a cozinha. Eu não estava com a mínima vontade de me arrumar. Ao chegar na sala eu conseguia ouvir meus pais conversando na cozinha, e eu que sou muito curiosa, parei pra ouvir.

-Mark nós não podemos fazer nada! -dizia minha mãe e meu pai bufou, ele parecia irritado.

-Não, nós podemos e você sabe que sim Louise! -chamou minha mãe pelo nome é porque fudeu.

-Mas nós não vamos! Iria nos custar muito, e não irei ficar sem ela por perto.

-É porque não a ouviu chorando ontem -falou meu pai- E te importa mais a felicidade dela ou o teu conforto?

No final da pergunta do meu pai, ouvi minha mãe pegarrear e a campainha tocou. Caralho, era o Jungkook, com certeza. Corri para a sala de jantar e me escondi atrás da parede, conseguindo ouvir meus pais abrirem a porta.

-Bom dia, tio Mark, tia Louise -a voz do Jungkook ecoou por toda a casa, o que me fez fechar os olhos para conter as lágrimas que já queriam cair.

-Bom dia Jungkook, animado para a viagem? -perguntou minha mãe e Jungkook respondeu um "é", imaginei ele sem graça olhando para os próprios pés.

-A Jen está dormindo ainda? -ele perguntou e ouvi meu pai respirar fundo.

-Está, não sei se ela já acordou mas há uns minutos ela ainda estava dormindo -meu pai terminou de dizer e imaginei a expressão de Jungkook ao ouvir.

-Tudo bem... -ele disse e ouvi uma buzina do lado de fora- Bem, vou indo, meus pais é que estão animados pra voltar -ele disse e deu mais um riso sem graça.

Ouvi o mexer de tecidos e imaginei que estivessem se abraçando, ouvi um cochicho mas provavelmente era de despedida. Meu pai nem sequer foi tentar me chamar para me despedir, como assim? Ouvi ao fundo a voz do Jungkook se despedindo e a porta do carro fechando, o motor ligado e ao meu lado o carro passou pela janela, vi o rosto do Jungkook abaixado. Eu não poderia ter visto ele, não poderia. Eu ouvi os passos do meu pai subindo as escadas bufando e minha mãe resmungando "não tínhamos o que fazer", e uma porta se fechando. Assim pude me livrar do choro que estava segurando, tapei a boca para que não ouvissem e sentei no chão abraçando meus joelhos, deixando com que as lágrimas escorresem pelo meu rosto. Nunca me senti tão sozinha.

"Aquele foi um dos piores momentos e piores sentimentos que já havia sentido na vida, nunca havia perdido alguém daquela forma. Depois de algumas horas o Jungkook me mandou mensagem, mas falamos pouco e foi assim durante alguns meses, até perdermos totalmente o contato."

6 anos mais tarde...

-Cara, você deveria ter seguido carreira de Direito -dizia Alex rindo da minha cara.

-Você já me falou isso -revirei os olhos e continuei minha pesquisa- Pai, como pode? Já mandei meu currículo pra todos os hospitais da cidade, e nada!

-Achar um emprego de fisioterapeuta não é fácil mesmo, Jen -falou minha mãe e meu pai ria, provavelmente da minha cara de desespero.

-Já tentou mandar para alguns clubes de atletas? Lá eles precisam bastante -falou meu pai- E na maioria das vezes, você é fisioterapeuta particular e ganha muito bem.

Sorri para meu pai e mandei o currículo para os primeiros clubes que achei na pesquisa. Alguns minutos mais tarde, meu notebook fez um barulho avisando que um novo email havia chego.

-Galera -falei e meus pais e Alex continuaram conversando- OW!!! -gritei e finalmente os três me olharam- Uma empresa me respondeu -fiz sinal de silêncio e comecei a lê-lo.

"Cara, srta. Becker. O Clube de Luta Vanguarda agradece seu contato profissional, gostaríamos de conhecê-la na nossa próxima visita a Santa Mônica, Califórnia para uma entrevista pessoal. Logo após, poderá ver quem você irá atender individualmente, se passar em nossa entrevista. Siga em anexo o seu convite de entrada e procure por Kim Namjoon.

Até lá! 

Assinado: Clube de Luta Vanguarda."

Terminando de ler eu olhei para meus pais que estavam de boca aberta, e Alex pulou no meu pescoço gritando de felicidade.

"Alex era minha melhor amiga, depois que Jungkook foi embora ela me deu o maior apoio e estava comigo desde então. Seguimos em carreiras diferentes (digamos, totalmente diferentes), eu em fisioterapia e ela em direito, com intuito de se tornar juiza. Depois desse email que recebi, foi onde tudo começou."


Notas Finais


Gente eu reescrevi o cap pra dar um rumo diferente, e novamente me desculpem pelos "saltos temporais" não gosto de enrolar. Até maixx ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...