História Do jeito que me fizeste sofrer - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 1
Palavras 729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Hentai, Lemon
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bem eu espero que gostem e o resto voçês já sabem!
Boa leitura!

Capítulo 3 - Histórias inacabadas 3


Fanfic / Fanfiction Do jeito que me fizeste sofrer - Capítulo 3 - Histórias inacabadas 3

May On 

Acabei de tomar o pequeno-almoço, já atrasada mas como sou a chefe, eu mando nas horas que quiser! 

Vou embora, deixando um recado na mesa.

May Off

Érica On

Raios! Como eu odeio acordar cedo! O dia já começa horrível.

Fui fazer as minhas necessidades e tudo mais como estou de folga e não tenho sono, fui buscar batatas fritas à cozinha e fui para o meu quarto.

Aproveitei e fui ver Naruto, as minhas amigas estão sempre a dizer que devo manter a forma.

Eu quero lá saber da forma não tenho ninguém mesmo!

O que tenho a dizer da minha pobre vida, o facto de eu estar longe da minha família, porque nós viemos para a Coreia do Sul faz dois meses e não vejo a minha família desde então.

Tenho duas amigas tão perversas quanto eu e temos coisas estranhas em comum, por alguma razão somos amigas.

E a minha vida é...UMA MERDA. Trabalhar, ter que ouvir o meu chefe de dança refilar mais de uma vez e não é por minha culpa! Sério, não podia discutir com os outros no escritório em vez de discutir à frente dos outros que nem sequer têm culpa!

Amor? Nem me falem.

Mas já que tanto insistem vou direta ao assunto, Taehyung, um rapaz considerado um dos mais bonitos do mundo, namorei com ele, felizmente, durou apenas 4 semanas a nossa relação, creio que se demorasse mais do que isso preferiria morar numa ponte que olhar na cara dele! 

Apenas eu o conheço perfeitamente. E posso dizer que não é tão simpático assim.

Vai parecer coisa de filme, mas quem está aqui é porque lhe interessa...

A minha família, apegou-se a outra, por negócios, enfim, essas coisas todas.

A senhora e o senhor que trabalhavam juntos com o meu pai têm um filho.

Então já estão a ver, família, negócios, filho, deu em NAMORO OBRIGADO!

Óbvio que não ia dar certo, se foi um namoro obrigatório. O que valeu foi a separação do meu pai com o pai do Taehyung, pelo contrário estaria agora casada...

Ao menos não tivemos que fingir que estava tudo ótimo entre nós e oferecer carinho um ao outro para eles ficarem contentes da vida.

Quando nos deixavam sozinhos, acabava tudo errado, ou seja, discussão.

Mas eu discutia só para o chatear.

Flashback On

- Ah que bosta de relação! - sento-me no sofá.

- Posso dizer o mesmo! - Diz levantado e com os braços cruzados.

- Queres começar luta aqui e agora é? - Digo com raiva, quem é ele para me chamr de merda!

- O que foi sabemos que é verdade! - Ele bate o pé, como uma criança. Sério se não estivessemos na casa dele, já teria levado poucas e boas.

- Espera lá - Levanto-me - Não sou eu que beijo péssimamente! - Ponho as mãos na cintura. Eu sabia que era mentira, porque ele beijava que nem um Deus, mas gostava de chatear.

- Não podemos ficar sós que já criamos revolução, ah vou para outro lugar, e sabes também - Interrompuo chegando mais perto e para irritá-lo mordo o lábio inferior.

- Também o quê? - Digo, olhando nos olhos dele friamente.

- T-Também beijas péssimamente - Eu vi ele suar, estava nervoso porque sabia que ambos beijávamos bem.

Bateu o pé e saíu dali.

Fartei me de rir depois daquilo.

Flasback Off

E, depois daquela situação não nos encontrá-mos mais.

É triste mas a vida é assim!

É uma casa, onde só tem solteiras, mas estamos muito bem da vida.

Ah sobre a dança, sim eu faço coreografias e danço em concertos, festas e tudo mais. 

Mas o amor da minha vida é tocar piano! 

Eu sempre amei de coração!

Érica Off

Narradora On

Como foi dito, todas governam a majestosa casa, tem piscina e um grande jardim cheio de rosas e outro tipo de flores então não precisam de ninguém, não é?

Vamos ver se há diferenças entre elas:

- A Inês tem uma personalidade complicada e leva as coisas muito a sério, mas é calma.

- A Margarida, é mais sossegada, não gosta de chatear, mas também se passa de vez em quando haha!

- A Érica, saíu com erro, é bem agitada, acorda de mau humor e fica todo o dia chateando as pessoas que vê na frente, porém dá ótimos conselhos tão bons que ela nem usa!

Todas elas têm diferentes formas personalidades, mas tudo isso veio dos seus trágicos passados. 

Será que estes comportamentos vão afetar algo no futuro? Será que elas vão mudar?

O que sabemos é que estas Histórias estão inacabadas.


Notas Finais


Eaí? Gostaram? Espero que sim!
Amanhã tentarei fazer mais, até amanhã!
Adoro- vos!❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...