História Do not drive me crazy - Imagine Jungkook - Capítulo 87


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Jungkook, Keiko
Visualizações 957
Palavras 993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura! ^^

Capítulo 87 - Pregnant?


Assim que terminamos de comer, fomos para a sala. Namjoon se sentou na poltrona, enquanto o resto de nós se sentou no sofá, já curiosos.

Eu: Agora que já comemos, pode explicar essa história de “cunhada”? Eu realmente não entendi.

Jin: Também não.

Namjoon: Bom... — suspirou — Jungkook e eu somos irmãos.

O silencio tomou conta do local. Jin, Tae, Hobi e eu estávamos com nossos queixos caídos, tenho certeza que não era só minha mente que estava uma bagunça. Como assim eles são irmãos? É inacreditável!

Hobi: O QUE? — se levantou — Não brinque com essas coisas!

Jungkook: Ele não está brincando.

Jin: Ai, minha cabeça! — diz colocando a mão no peito, o olhamos sem entender, mas resolvemos ignorar.

Namjoon: Sei que pode ser difícil entender, mas irei explicar o que aconteceu.

Eu: Jeon Jungkook! ­— olhei para ele, que estava sentado ao meu lado. Por que ele não me contou?

Jungkook: Surpresa!

{...}

Namjoon nos contou tudo o que havia acontecido, eu ainda não conseguia acreditar. Diante do que ele estava nos contando, pensei que aquela história havia sido tirada de alguma novela, pois coisas assim não acontecem na vida real, ou acontecem?

Namjoon: E foi isso que aconteceu. — finalizou.

Tae: Espera, como a senhora Jeon escondeu do pai do Jungkook que estava grávida? — se pronunciou depois de muito tempo.

Jungkook: Verdade... Como?

Namjoon: O senhor Jeon era um homem muito ocupado, provavelmente estava viajando a negócios nesse tempo.

Hobi: Ainda não consigo acreditar.

Eu: Kookie, posso fazer uma pergunta sobre o seu pai? — assentiu — Como ele morreu?

Jungkook: Morte súbita, não tivemos tempo de fazer nada para salvá-lo.

Hobi: Ele era um bom homem, sempre me dava doces quando eu vinha visitar. — olhou para o nada como se estivesse relembrando os momentos.

Jungkook: Você o via como um bom homem apenas porque ele te dava doces?

Hobi: Isso é errado? — Tae bate em sua cabeça — O que foi? — rimos.

Jin: Então é verdade? Vocês são irmãos mesmo?

Namjoon: Sim.

Hobi: Então isso quer dizer que o Namjoon também é meu primo não é? — assentimos, então ele se levantou e foi até Namjoon, colocando o braço em volta do pescoço dele — E ai, primo?

Namjoon: Se você não se afastar eu serei obrigado a quebrar seu braço.

Hobi: Eu, hein... — se afastou rapidamente.

Agora eu entendo por que Namjoon ajudou Kookie e eu a ficarmos longe da mãe deles. Aliás, é estranho dizer que a senhora Jeon é a mãe deles, talvez eu demore um pouco para me acostumar com isso. Me senti um pouco fraca de repente e minha garganta ficou seca, talvez seja porque antes eu não estava me alimentando tão bem, mas agora repito até três vezes, então meu corpo está tendo um pouco de dificuldade para ingerir isso tudo.

Jungkook: Amor, ‘tá tudo bem?

Tae: Ela está um pouco pálida.

Eu: Estou bem sim, gente. — sorri — Só estou... — sou interrompida pela porta sendo aberta bruscamente.

Keiko: Oi, oi meu povo!

Suga: Eu falei pra não abrir a porta assim, Keiko!

Keiko: Então como eu faria minha entrada triunfal?

Eu: O que você está fazendo aqui?

Keiko: Resolvi fazer uma visitinha. — olhou em volta — Vocês deviam mudar essa decoração.

Jungkook: Quem chamou essa louca?

Senti meu estomago embrulhar.

Suga: Desculpa, eu tentei segura-la, mas...

Eu: Já volto! — vou depressa até a cozinha e abro a geladeira, pegando uma garrafa de água em seguida.

Jungkook: O que aconteceu?

Eu: Nada. — Dei alguns goles.

Jungkook: Está se sentindo mal? — se aproximou e colocou sua mão em minha testa — Não está com febre.

Eu: Estou bem, só devo estar com indigestão.

Jungkook: Tem remédio aqui, vou pegar pra...

Eu: Não precisa, já estou melhor! — o interrompo.

Tivemos uma breve discussão, pois ele afirmou que tinha algo errado comigo, como se estivesse no meu corpo para saber, mas neguei. Voltamos para a sala, onde todos me olharam preocupados.

Tae: Você está bem mesmo?

Eu: Estou, não se preocupem, por favor!

POV’S KEIKO

Assim que cheguei percebi que a carinha da ___ não estava muito boa, fiquei me perguntando o que estava acontecendo.

Eu: Já volto! — se levantou e foi para cozinha em passos rápidos.

Hobi: Hm? O que aconteceu?

Jungkook também se levanta e vai atrás dela.

Eu: Eles brigaram? — perguntei.

Tae: Não, na verdade estão se dando muito bem.

Jin: Meu Deus! Será que...

Keiko: O que? O que? — me aproximei curiosa.

Jin: Será que ela está gravida? — ficamos em silêncio nos entreolhando por um tempo.

Hobi: Eles tem transado ultimamente? — ficamos o encarando — O que foi?

Namjoon: Você está se tornando mais inconveniente que o Taehyung!

Hobi: Convivência...

Tae: Ei, por que estão me envolvendo nisso?

Jin: Não percam o foco, o assunto agora é a suposta gravidez da ___!

Suga: De qualquer forma, isso não é problema nosso!

Namjoon: Exato!

Keiko: Vocês são chatos, hein! — Namjoon me olhou feio, quase mostrei o dedo do meio pra ele — Se minha melhor amiga estiver grávida, é lógico que é da minha conta!

Tae: Eles estão vindo! — avisou.

___ e Jungkook voltaram, então todos fingimos que nada estava acontecendo. Será que ela realmente está grávida? Isso seria incrível!

POV’S ___

Ficamos em silêncio por um tempo, isso me deixou totalmente desconfortável, todos me olhavam como se soubessem de algo que eu não sei.

Eu: Tem alguma coisa que vocês queiram me contar? — negaram — Vocês estão estranhos, deve ter algo!

Keiko: Não, amiga.

Hobi: Imagina.

Jin: Coisa da sua cabeça.

Jungkook: Não, a ___ tem razão. Vocês estão estranhos...

Suga: Keiko, eu vou te levar pra casa!

Keiko: Ah, está bem. Tchau gente! ­— se despediu e foi embora.

Tae: Hoseok, acho melhor irmos pra casa também.

Hobi: Claro, vamos! — também se despediram e foram embora.

Mais uma vez o silêncio tomou conta do local, Namjoon e Jin me encaravam fixamente.

Eu: O que foi, gente?

Namjoon: ___... — fez uma breve pausa — Você está gravida?

Eu: O QUE?

Jungkook: D-do que você e-está falando, Namjoon?


Notas Finais


Já leram a droubble de Yoonseok que eu postei mais cedo? Não? Então vai ler! Tá aqui o link: https://spiritfanfics.com/historia/onde-esta-min-yoongi-10950581

Espero que tenham gostado do capítulo de hoje, beijos! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...