1. Spirit Fanfics >
  2. Do not eat (imagine Jimin) >
  3. Desmaio

História Do not eat (imagine Jimin) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 4 - Desmaio


Fanfic / Fanfiction Do not eat (imagine Jimin) - Capítulo 4 - Desmaio

Pov Jimin
Fiquei muito contente que a S/n era enteada da minha madrinha, assim poderia me aproximar mais dela e talvez impedir de que ela se mate aos pouquinhos, fiquei bem preocupado quando S/n comentou que ia no banheiro e se retirou da mesa, esperava que ela não fizesse aquela loucura.

— Vou ver se a S/n está bem.— falei me levantando da mesa, percebendo que S/p e a S/m não prestaram atenção e vou atrás de S/n.

Vejo ela subir as escadas e a sigo a garota entra no banheiro e fecha a porta me aproximo do local devagar com medo do que eu ia ouvir, chegando perto da porta escuto o que mais temia, ela estava colocando a janta pra fora. Tentei abrir a porta mas estava trancada, bati uma, duas, três vezes mas ela não parecia estar escutando quando ia gritar seu nome ela abre a porta e me olha com os olhos arregalados.

— Eu sabia!— Falei a olhando com decepção.

— Eu passei mal.— mentiu.

— Não menti pra mim!— ela me encara confusa.— A Louise fazia muito isso quando saía pra comer com a gente, esse papo de que passou mal não cola mais comigo, por que não percebe que você e sua amiga estão em perigo?

— Porque não estamos, a gente tá fazendo um bem pro nosso corpo, eu não quero ser gorda pra sempre.— Ela comentou, olhei pra seu corpo e pela blusa transparente e o top dava pra ver que ela quase não tinha barriga.

— Mas você tá magra, até demais na minha opinião.— comentei.

— Eu já pedi e vou repetir mal te conheço então não se mete na minha vida!— ela começou a andar mas parou e virou pra me olhar.— por favor não conta pra ninguém sobre eu ter comido e colocado pra fora.

Confirmei com a cabeça, eu não sabia se ia contar ou não mas por enquanto aquilo ia ser um segredo. Descemos as escadas e fomos pra cozinha onde eu não tive uma visão nada agradável e acho que a S/n também não teve, minha madrinha estava sentada no colo do pai da S/n e eles estavam se beijando. S/n me encarou e eu fingi que ia vomitar e ela sorriu pra mim nem parecia que minutos atrás tínhamos “discutido”, nós dois fomos pra sala já que o casal não notou nossa presença, me sentei no sofá e comecei a mexer no celular.

Pov S/n
Depois de ver meu pai e minha madrasta se pegando, fiquei na sala mexendo no celular estava vendo alguns vídeos de modelos e percebi o quanto elas são magras e algum dia eu vou ser igual a elas. Estava tão distraída olhando os vídeos que quando vi estava com minhas pernas em cima das pernas do Jimin, olhei pra ele um pouco envergonhada mas acho que ele não tinha notado.

— Acho melhor irmos.— Ouvi a voz da minha madrasta, quando vejo ela está ali bem na minha frente com meu pai a abraçando, retiro minhas pernas de cima do Jimin rápido, pois meu pai o olhava com um olhar mortal.

— Se divertiram?— Jimin perguntou de um jeito debochado, tento segurar minha risada mas falho.

— Engraçadinho!— A s/m da um tapa atras da cabeça do Jimin o garoto se levanta rapidamente.

— Foi um prazer conhecer você.— falei abraçando minha madrasta.— Nos vemos na escola amanhã.— comento abraçando Jimin.

Vejo a mulher e o afilhado se retirarem da casa, em segundos apenas eu e meu pai estávamos na sala.

— Você e o Jimin são bem próximos.— ele comentou, sorri meio envergonhada.
— Nem somos amigos!— falei.
— Sei.— ele falou friamente, reviro meus olhos e subo as escadas.

Entro no meu quarto e tiro aquela roupa apertada e coloco meu pijama de cor roxa com listras rosas olho o meu relógio e vejo que é nove meia da noite, vou no banheiro e escovo meus dentes e por fim me deito na cama e tento dormir. Depois de horas me virando naquela cama tentando pegar no sono pego meu celular e vejo que era meia noite, desligo meu aparelho e bufo, minha insônia tava feia, resolvi então fazer abdominais já que não conseguia dormir, perdi os exercícios hoje melhor eu começar agora precisa queimar a gordura de um jeito ou outro.

Pov Jiwoo
Aquela sensação de que a S/n estar com problemas não desapareceu achei que estivesse ficando louca, ela parece tão bem pra mim, mas sei lá a sensação não some. Tava super preocupada estava encostada na parede da escola esperando minha prima, ela chegava antes mesmo do colégio abrir mas faltavam seis minutos pra bater pro primeiro período e ela não estava aqui, J.Seph acariciava meus cabelos ele estava tentando me acalmar achava que ia ter um infarto.

— Se acalma amor!— ele me deu um beijo no rosto.— Ela teve um jantar, hoje deve ter acordado um pouco tarde por causa do cansaço.

— Tô tentando, mas aquela sensação não some.— comentei sentindo o abraço do meu namorado.

— Vai ficar tudo bem!— abraço ele de volta.— Não falei!— Me soltei do abraço confusa.— Ela chegou.

Olho na direção que ele estava olhando e vejo S/n ali parecia cansada e um pouco suada ignoro e abraço ela com toda minha força possível.

— Tá me machucando!— ela falou com um pouco de dificuldade, me solto do abraço.

— Desculpa, fiquei preocupada.— olhei pra ela e vi que ela suava muito ao ponto de seus cabelos estarem molhado

— onde estava?

— Eu fui correr — ela falou pegando sua garrafa de água e bebendo.

— Correr?— J.seph perguntou surpreso.

— É, correr— ela confirmou guardando sua garrafa.— Não posso?

Quando eu ia responder o sinal toca e S/n vai pra sua sala correndo, encaro J.seph e vou pra minha sala me sento na classe do fundo, vejo Somin e BM entrarem na sala minha amiga se senta na minha frente e BM se senta do meu lado começo a conversar com eles ainda com aquele pressentimento ruim.
Horas se passaram naquela sala de aula e eu só queria o intervalo porque estava morrendo de fome, dessa vez ia até a sala da S/n e ia chamar ela pra comer. Depois de suportar três períodos longos finalmente bate pro intervalo saio da sala correndo feito uma louca e vou a procura da minha prima, finalmente eu a encontro saindo da sala com uma menina de cabelos rosas.

— S/N!— gritei indo na direção dela.— vamos comer.— falei animada pegando seu braço.

— Amiga!— a menina repreende S/n olha pra ela e depois pra mim.

— Desculpa, não vou comer hoje!— comentou.

— Vai sim!— puxo ela tentando levar ela pro refeitório mas a rosada a puxa também.

— Ela já falou que não!— A menina me xingou.

— Quem você pensa que é pra me dar sermão?— retruquei.

— Gente...— S/n comentou num tom baixo.

— Sou eu que cuido dela.— me falou a olhei confusa.

— Do que você tá falando?— perguntei.

Antes da menina me responder sinto S/n cair pro meu lado como era pesada não consegui segurar muito bem e caio um pouco no chão, quando percebi S/n estava inconsciente e a amiga dela estava chamando S/n pra ver se acordava enquanto eu colocava a cabeça da minha prima em minhas pernas. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
BJKS.
💋😘💋😘💋😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...