1. Spirit Fanfics >
  2. Do ódio ao amor >
  3. Estamos em guerra

História Do ódio ao amor - Capítulo 102


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem ❤️

Capítulo 102 - Estamos em guerra


Fanfic / Fanfiction Do ódio ao amor - Capítulo 102 - Estamos em guerra

Pov Lauren

Depois que Keana me ameaçou foi embora, Harry estava passando e me coloquei na frente dele

- Da pra sair?

- Preciso falar com você

- Não tenho nada pra falar com você

- Olha, não pense que eu gosto de ficar olhando pra tua cara

- Me da licença, não vou ficar aqui aturando suas grocerias não sou suas amantes - Quis sair mas segurei no seu braço

- Cara, eu realmente preciso falar com você, você sabe que eu te odeio, mas amo a Camila e é dela que eu quero falar, e por ela faço o sacrifício de vir aqui falar com você. Espera aí, que amantes?

- As suas amantes, você nunca foi fiel a Camila eu sei disso, você é galinha e sempre vai ser

- Espera aí, você não fica colocando essas coisas na cabeça da Camila não né

- Não te interessa

- Já sei que sim por isso do nada ela me fez aquela pergunta no banheiro. Eu preciso da sua ajuda

- Não vou ajudar você

- A ajuda não é pra mim, eu te odeio e você me odeio, isso já está muito claro, mas amo a Camila e sei que você ama também, vamos deixar as diferenças de lado pela Camila, não estou pedindo para gostar de mim, só quero que ajude a sua amiga

- Tá bom, e o que você quer fazer

- Vem comigo eu te explico no caminho

Expliquei tudo para Harry e depois fui procurar a minha namorada, Camila estava saindo da sala de física sorridente

- Lo, recebi um elogio do professor, foi tão legal. Espera, vocês dois juntos?

- Sim, por um motivo maior - Harry responder

- Vocês não estou machucados, isso é tão estranho

- Camila, eu preciso que venha comigo

- Pra onde

- Te falo quando chegar lá

Pov Camila

Entrei no carro da Lauren junto com Harry, ela fez uma parada na casa dela e esperei no carro

- Harry, o que está acontecendo? - Falei olhando para trás já que estava no banco da frente

- Não sei de nada

- Haz, eu tô vendo na sua cara que você sabe o que está acontecendo, você está aqui com ela e não estão se matando, deram uma trégua e para isso tem um motivo agora só resta saber qual

- Ela não me falou nada, só me mandou entrar nesse carro, falou o mesmo que falou pra você

- Ata então tá bom - Fui irônica - não vou cair nessa, você jamais iria entrar nesse carro, o motivo deve ser muito forte

- Voltei - Lauren entrou no carro

- Lauren, o que está acontecendo?

- Só preciso te mostrar uma coisa - Ligou o carro e continuou indo para Deus sabe onde

- E que coisa é essa que fez o Harry entrar no seu carro

- Camz, você vai descobrir quando chegar lá - Bufei e continuei olhando para a janela

Depois de uma hora chegamos em uma chácara, sai do carro e segui Lauren para dentro da casa que estava vazia, era linda mas ainda não sabia o que estava acontecendo

- Camz, vem comigo, vou te explicar tudo no quarto. Harry, fica aqui - Lauren pegou na minha mão e me levou para o quarto - Senta aí, eu vou te explicar tudo - Me sentei na cama e Lauren continuou de pé - Camz, é o seguinte, eu não te expliquei tudo no carro porque precisava ser aqui pra você entender melhor. Eu e a Keana estamos em uma guerra, eu ataquei ela e agora é a vez dela de revidar, ela não vai me atacar sabe que eu não ligo para mim mas se ela te atacar vai acabar comigo, não posso deixar que nada aconteça com você - Pegou a minha mão e beijou - Eu preciso cuidar de você, Amor. Por isso você precisa ficar aqui, não se preocupe com nada, aqui tem tudo o que você vai precisar, falei para o caseiro abastecer a casa, tem as minhas roupas aqui, já passei as férias aqui com a minha família, o caseiro foi embora mas ele mora aqui perto, se acontecer qualquer coisa liga para ele, ele vai vir correndo te ajudar, e o Harry também vai ficar aqui com você

- Eu vou ficar longe de você?

- Sim, Baby - Colocou a mão no meu maxilar - Mas é por pouco tempo eu garanto isso a você, eu vou voltar pra te buscar, mas preciso tirar a Keana daquela escola, ela não pode continuar lá, você vai estar correndo perigo

- Mas, Lo...

- Camz, eu tô tentando te proteger, em hipótese alguma você pode sair daqui

- Tá bom, mas que seja breve

- Vai ser eu prometo - Se sentou ao meu lado, colocou a mão no meu cabelo e outro no maxilar e me beijou

Coloquei a mão na sua jaqueta e tirei, Lauren tirou a minha blusa me deixando apenas de sutiã, colocou a mão nas minhas costas abrindo o sutiã apenas com uma mão, foi descendo o meu corpo até cair da cama, tirou a sua camisa jogando no chão, tirou meu tênis e os dela, voltou a me beijar enquanto massageava meus seios. Se afastou dos meus lábios, tirou minha calça lentamente jogando no chão também, coloquei a mão na sua calça abrindo e descendo o zíper, ela me ajudou a tirar e depois voltou a beijar meu pescoço enquanto eu arranhava suas costas e gemi no seu ouvido. Foi descendo os beijos até meus seios onde chupou com vontade, depois desceu até a minha calcinha, tirou minha calcinha se abaixou respirou fundo e disse

- Eu adoro esse seu cheiro - Colocou a língua para fora e lambeu minha buceta de baixo para cima, apertei os olhos com força e mordi os lábios, afundei meus dedos nos fios do seu cabelo negro

- Lauren...- Ela abriu meus lábios maiores e foi passando a língua de baixo para cima várias vezes enquanto estimulava meu clitóris - Isso, Lauren...Assim amor - Rebolei na sua boca enquanto ela sugava meu clitóris, parou de me chupar subiu até meus lábios onde me beijou ainda estimulando meu clitóris, parei de beijar ela para gemer

- Tá gostoso, Amor?- Chupou minha orelha enquanto esfregava minha buceta com dois dedos ameaçando entrar

- Si...sim - Falei com dificuldade

- Você é tão gostosa, me deixa louca- Colocou seus dois dedos nos meus lábios, abri a boca e chupei seus dedos, Lauren me olhava de boca aberta, coloquei a língua para fora e lambi seus dedos e depois voltei com eles para dentro da boca, Lauren mordeu os lábios com força - Gostosa - Tirou os dedos da minha boca, foi enfiando na minha buceta devagar, ergui minhas costas e gemi manhosa quando senti seus dedos dentro de mim, Lauren foi enfiando com força enquanto lambia e mordia minha orelha

Ela tirou seus dedos esfregou meu clitóris com rapidez entrou de novo com os dedos, saiu indo em direção ao meu clitóris novamente lambuzando ele com a minha umidade, fez isso algumas vezes depois voltou a me penetrar com força. Tirei seu sutiã e enquanto ela me penetrava chupava seus seios, rebolava nos seus dedos enquanto minha língua circulava no seu mamilo fazendo ela gemer assim como eu

- Lauren...- Gozei gemendo seu nome

- Vou limpar você, essa delícia que você da pra mim

- 69 Amor, tira a calcinha

Lauren tirou a calcinha e fizemos a posição 69, onde ela me chupava e fazia o mesmo com ela, Lauren limpou meu gozo enquanto eu sugava seu clitóris enquanto esfregava meus dedos na entrada da sua buceta. Enfiei dois dedos dentro dela fazendo ela gemer na minha buceta o que causou uma vibração me fazendo gemer ao mesmo tempo que ela

Gozamos ao mesmo tempo, nos deitamos uma ao lado da outra com a respiração alterada, me recuperei e me sentei em cima dela, uni nossas intimidade fazendo nossos fluídos se misturar, gememos ao mesmo tempo novamente. Lauren abriu a gaveta tirou uma caixa de cigarro, colocou um na boca e ascendeu. Apoiei minhas mãos na sua barriga e passei a me esfregar em cima dela indo para frente e para trás, Lauren colocou o cigarro na boca e segurou minha cintura com suas mão me auxiliou os meus movimentos, apertou minha cintura com força quando me inclinei para esfregar meu clitóris no dela, Lauren tirou o cigarro da boca e gemeu enquanto a fumaça saia da sua boca, me coloquei reta novamente para rebolar em cima dela, Lauren apertou minha bunda com as suas mãos

- Gostosa pra porra - Deu um tapa na minha bunda. Tinha uma garrafa de whisky na mesa de cabeceira, encheu o copo com a bebida, uma mão segurava o cigarro e com a outra o copo com o whisky, me inclinei para beija-la sem deixar de me movimentar em cima dela - Porra. Você é uma delícia sabia - Falou contra a minha boca me fazendo sentir o cheiro de cigarro e whisky. Joguei a minha cabeça para trás enquanto minhas mãos estavam no seu abdômen, fui pra frente e para trás com rápidez, mordi meu lábio com força, estava quase gozando - Caralho. Só de te ver assim é já gozei - Gozei ao mesmo tempo que ela e joguei meu corpo em cima dela, não tinha forças mais para nada, Lauren apagou o cigarro no cinzeiro bebeu o resto do líquido do copo o deixando na mesa novamente, fez um carinho nas minhas costas e beijou minha cabeça

- Lo, eu tô exausta

- Você foi ótima, descansa

- Sério que eu terei que ficar aqui sozinha sem você?

- Você precisa ficar aqui, preciso te proteger, não me perdoaria se caso alguma coisa acontecesse com você

- Mas, Lo - Olhei para ela

- Mas nada Camila, a Keana é um saco, ela vai se vingar de mim, e não vai ser literalmente em mim, ela vai usar você para me atingir - Falou mais sério - Eu sei que é difícil pra você - Tirou meu cabelo da frente o colocando atrás dos ombros - Também é difícil pra mim acredite, mas enquanto isso precisamos ficar distante uma da outra - Me deu um selinho demorado - Vai ficar tudo bem, eu prometo

- Tá bom - Abracei ela novamente escondendo o rosto no seu pescoço

- Hey, não fica assim, não é como se fosse um ano, vai ser rápido, eu vou pensar em algo que vai fazer a Keana sair daquela escola

- Mas você vai ficar sozinha longe de mim, pode voltar a usar aquelas coisas, não quero que isso aconteça

- Não estou cheirando mais

- Promete

- Camz, eu não preciso prometer, estou falando sério eu parei, não sou de fazer promessas, eu parei e não vou voltar. Olha aqui pra mim - Olhei para ela - Não vou voltar a cheirar cocaína. Eu vou pensar em como tirar a Keana de lá e só aí você vai voltar. Agora preciso ir, tem uma longa viagem de volta - Sai de cima dela, Lauren se levantou e passou a se vestir, terminou de colocar sua jaqueta e se serviu com mais whisky

- Lo, para você tá dirigindo - Terminou de beber o líquido pôs o copo na mesa, pegou um cigarro colocou na boca ascendeu pegou as chaves do carro colocando no bolso. Se aproximou e me deu um selinho demorado, segurei sua nunca para aprofundar o beijo, ela terminou o beijo mais voltei a beija-la, ela parou por três vezes e sempre iniciava o beijo novamente

- Camz, eu preciso ir - Falou com os lábios contra a minha boca - Amor...- Dei vários selinhos nos seus lábios, abracei seu pescoço com meus braços e beijei seu rosto inteiro

- Não quero que você vai - Falei enquanto ainda distribuia beijos pelo seu seu rosto

- Amor, eu preciso ir

- Que droga - Escondi meu rosto no seu pescoço - Se cuida, por favor

- Eu vou me cuidar

- Não use drogas não se meta em encrenca e não beba enquanto dirigi, coma comida de verdade e não miojos, lembra de tomar sucos naturais ao invés de sucos de saquinho ou refrigerante, inclua a salada no seu prato, não fique comendo comida industriais. Fique longe da Keana e das outras vagabundas principalmente a Ashley

- Ok - Ela riu - Eu vou me cuidar


Notas Finais


O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...