História Do ódio para o amor (imagine jungkook) - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Não tinha título melhor em minha mente então foi esse msm :)
Espero que gostem
Boa leitura 💜

Capítulo 15 - A briga


Olhei para Yoongi que estava sorrindo e olhando pra rua, não queria preocupa-lo, mas ele me olha e percebe que não estou bem.

Yg: S/n? Oq esta acontecendo?

S/n: E-eu não sei Yoongi... E-eu não estou bem...

Yg: Eu... eu vou te levar pro médico, agora! 

Foi a última coisa que ouvi e depois minha vista escureceu. 



???: não se preocupe Sr. Min, ela vai ficar bem...

Yg: você tem certeza disso? Eu quero ela bem!

???: claro, ela vai ficar ótima, só precisa se alimentar melhor.

Yg: uhum...

S/n: Y-yoongi? - falei fraca olhando nos olhos do mais velho.

Yg: S/n! - deu um grito e veio em minha direção em seguida me abraçando, resmunguei de dor o vendo me olhar preocupado. - você esta bem?

S/n: estou, mas vc me abraçou muito forte...

Yg: desculpa, não queria te machucar... - abaixou a cabeça me fazendo sorrir.

S/n: vem cá - falei abrindo os braços - só controla um pouco sua força. - sorrio e ele me abraça.

Dra: vejo que esta bem senhorita... - a doutora entra na sala com um belo sorriso estampado no rosto.

S/n: estou ótima - retribui o seu sorriso.

Dra: vc ja poderá voltar pra casa para repousar, só precisa tomar essa sopa. - ela aponta para a porta e entra uma enfermeira com uma mesinha e uma tigela enorme de sopa.

Faço o que ela pediu e ela sai logo voltando com uns papéis e uma caneta pedindo para que eu assinasse no final da folha. Nos despedimos dela e fomos para a recepção do hospital. Entregamos um papel e saimos dali, Yoongi não saía do meu lado nem por um instante, até me ajudou a entrar no carro, falei que era desnecessário, mas ele não me deu ouvidos. Chegamos em minha casa, minha mãe veio correndo me abraçar e meu pai junto.

S/m: filha! Vc esta bem? 

S/n: estou mãe.

S/m: estavamos preocupados, nós tínhamos indo ao mercado e Yoongi nos ligou pelo seu celular falando que você tinha desmaiado, saímos de la o mais rápido possível. Viemos para casa pois Yoongi nos mandou msg falando que ja estavam saindo de lá.

S/n: como sabe o nome dele mãe?

S/m: na ligação ele me falou, mas isso não importa...

Olhei para Yoongi que estava ao meu lado segurando minha mão, ele estava de cabeça baixa e logo percebi o porquê. Meu pai estava o encarando, soltei a minha mão da dele e ele me olhou confuso.

Yg: eu ja vou indo, não avisei minha mãe, ela deve estar preocupada. - o olhei e abracei antes que ele fosse.

S/m: tudo bem... obrigada querido. - minha mãe sorriu e ele retribuiu.

S/p: obrigado garoto. - meu pai falou com a cara fechada.

Yg: denada. - Yoongi falou sem graça e entrou em seu carro, me dando um tchauzinho com a mão, e eu retribui.

Minha mãe e meu pai foram pra dentro e eu fiquei olhando o sol indo embora. Fiquei uma meia hora la e entrei pra dentro me sentando a mesa com minha mãe e meu pai, minha mãe estava sorridente e meu pai, por sua vez, de cara fechada. Comi e disse um simples "boa noite" pra eles, logo subindo pro meu quarto, não demorando muito pra pegar no sono.





Acordei com o barulho do despertador, esse treco é muito chato, mas por algum motivo acordei alegre, me arrumei e desci as escadas me deparando com um Yoongi totalmente sério conversando com meu pai.

S/n: oi Yoongi, o que esta fazendo aqui? - perguntei confusa.

Yg: vou te levar pra escola hoje a pedido de sua mãe - ele sorri, mas estava com cara de sono.

S/n: ah... tudo bem, só vou tomar café. - ele assente e volta a falar com meu pai , vou para cozinha e abraço minha mãe. Como e subo pegando minha mochila e descendo logo em seguida. - Vamos Yoongi?

Yg: claro. Prazer em conhecer Sr. S/p.

S/p: o mesmo Sr. Min. - meu pai estende a mão e Yoongi a aperta.

Saio indo em direção ao seu carro sorridente. Nunca estive tão feliz! Entro e fecho a porta vendo Yoongi entrar em seguida.

Chegamos na escola e eu fui direto para o banheiro, Yoongi foi com os meninos. Chegando no banheiro avisto as silhuetas de duas pessoas se beijando, me aproximo pra ver quem é... e me arrependo amargamente. Meu sorriso foi embora seguido pela minha felicidade.

S/n: QUE DROGA JUNGKOOK! - grito e ele e a garota (se é que pode ser chamada assim) me olham assustados.

Mia: o que deu nessa garota? - olho pra eles com toda minha raiva estampada na cara e saio correndo dali.

Olhei pra trás vendo jungkook me seguir, corro mais rápido em direção a mesa dos meninos. Sento furiosa e os meninos apenas me olham assustados. Vi que jungkook se aproximava.

Jk: QUE DROGA FOI AQUELA?! - grita como se quisesse botar a culpa em mim pela palhaçada que aconteceu.

S/n: PERGUNTA PRA SUA NAMORADINHA DE MERDA SEU IDIOTA! 











Continua?


Notas Finais


Eae?
Querem que tenha uma trena estre esses dois?
Espero que tenha gostado :)
Até o proximo 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...