História Do outro lado do espelho - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Tags Dragon Ball
Visualizações 8
Palavras 536
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - 3


-vovô -que foi meu neto por que esta chorando? 

-não e nada mais........ esquece

-seu pai disse que vc morreu de saudade nesses últimos dois anos

-claro que não

-anda vai tomar banho para vc escolher seu vestido 

-v. vestido

-claro anda logo amanhã vc tem aula na terra o quanto antes melhor não acha 

-s.sim 

-vou deixar vc sozinho - bagunça o cabelo do mesmo que esta corado-

na hora do banho

que lugar e esse porque estamos no planeta vegeta, porque eu me senti atraído pelo espelho e porque a Bulma o me deu, será que ela sabia e por isso me deu será qu.......

-vossa alteza seu pai esta a espera faz 1h e 30 

eu abro a porta e ela me amostra um conjunto azul e preto de garotinha escola eu deveria esta mais vermelho que um tomate,  andamos ate um ala que deveria ser onde os criados faziam as roupas meu pai estava me esperam junto com um garoto de cabelos roxo e a pele dele era quase branca no sofá ao lado  black, turles e kakaroto.....como eles podem ser tão idênticos assim, uma costureira começou a tirar minha medida.

-como quer o vestido senhor?

eu olhei para meu pai que me encava, eu realmente não tive tempo de processar nada e agora estou começando a percebe o lugar e tudo que esta acontecendo

-pai- minha voz soou baixa mas alta o suficiente para ele ouvir.

-um vestido com detalhes azuis e acima dos joelhos, e que mostre o quão sexual pode ser o corpo do meu filho, mas deve ter o símbolo da família com um azul escuro mas que não seja muito notável, se vc concorda e claro

-eu concordo-sem percebe estava sorrindo, como queria ouvir a voz de meu pai outra vez-

-tudo pronto agora se me dão licença- diz a costureira-

-vegeta quando vai ser seu casamento?-diz o garoto de cabelos roxos-

-freeza eu irei te disser será que não entende- meu pai respondeu com um pouco de raiva na voz-

-pai o senhor pode me acompanhar ao jardim- disse olhando o mesmo pela janela-

-claro, mas kakaroto precisamos conversar sobre seu casamento

-ele pode nos acompanhar se ele quiser

eu e meu pai olhamos para ele e ele respondeu com um pequeno sorriso, caminhamos pelo jardim e meu pai começou a falar sobre o meu casamento com o kakaroto, nessa conversa descobrir que engravidei dele em uma brincadeira, eu comecei a rir sem mutivos mas parei quando vi a cara de confuso de ambos

-que foi esta bem vegeta?

-sim estou rsrs s lembrei de uma coisa nada importante

- bem oque queria conversar filho

-quantos anos eu tenho pai?

-você tem 18, tomo seu remediu hoje?

-s.sim 

-ta vamos dormi amanhã vocês tem aula 

-como vamos para lá senhor-kakaroto perguntou e eu ia fazer a mesma pergunta-

-as 5 horas sairemos do planeta então vão descansar

Quebra de tempo

-vegeta vamos brincar 

-temos que acorda cedo amanhã boa noite

eu ouvi ele ele soltar uma risada.

-boa noite princessa

-você me chamo de que se........

ele me deu um beijo e falou "se quiser calo sua boca com outra coisa rsrs" 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

continua

 


Notas Finais


oi gente desculpe pelos erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...