História Do outro lado do quarto (Imagine Min Yoongi - BTS ) - Capítulo 14


Escrita por:

Visualizações 373
Palavras 1.179
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes que qualquer coisa, me DESCULPEM a demora :/
Entretanto, vocês estão bem cientes da minha vida corrida kkksofro

Gente, peço que leiam as NOTAS FINAIS, por favor :)


B O A L E I T U R A

OBS: Capítulo todo narrado pelo Yoongi.

Capítulo 14 - Singular


Fanfic / Fanfiction Do outro lado do quarto (Imagine Min Yoongi - BTS ) - Capítulo 14 - Singular

Foram quase trinta minutos que eu explicava e explicava a SeokJin como ocorreria o plano, ela fazia inúmeras perguntas e sinceramente, eu estava irritado de responder. Assim que ele finalmente entendeu como seria, Jin concordou e disse que tentaria olhar o quadro de planejamento de visitas ao internado e me passaria.

S/n fazia perguntas enquanto usava a escuta, ela é articulosa com perguntas que exigiam respondas verdadeira com o fundo de mentira, onde certamente confundiram os polícias.  

 

As aulas voltaram ao normal, mas os dias se tornaram mais tensos, professores, algumas coordenadores e principalmente a diretora me olhavam de lado, bem desconfiados.

Eu e S/n caminhávamos até a sala de aula, ela estava agarrada ao meu braço, olhando pra frente e cumprimentando algumas garotas. S/n é o ser humano mais lindo e maravilhoso que já pude conhecer em toda minha vida, de maneira estranha ela conseguia me entender por mais que fosse difícil. Nunca fui o cara de gostar dessas merdas de cliché romântico, e é até engraçado acreditar que minha vida tinha se tornado um desses clichés, mas com uma grande bagunça.

Sentir meu celular vibra na minha cintura, pedi para ir ao banheiro a professora e sair em passos rápidos até um dos boxes, peguei o celular e tinha uma mensagem do Jin.  

"Há uma visita de uma escola marca para amanhã, conseguir que colocassem eu e Jungkook como organizadores. Os outros iram ajudar as garotas, levarei alguns uniformes aí. Teremos que fazer isso o quanto antes! "  

Guardei o celular de volta da cintura e voltei para aula, S/n me olhava curiosa e procurando respostas no meu rosto, apenas segurei sua mão e sorrir de lado.  

 

[...] 

 

Voltamos para os quartos assim que todas as aulas acabaram, S/n trancou o quarto e se sentou ao meu lado na cama.  

-Jin me mandou uma mensagem. -disse fitando a mesa de estudos.  

-O que ele disse?  

-Que teremos que fazer isso amanhã, disse também que temos que fazer o quanto antes. E ele está certo! Eu não tenho mais tempo.  

-Meu Deus. -ela passou a mão nos cabelos. -Como vamos fazer isso?  

-Ele irá trazer alguns uniformes e ficará com mais um amigo na organização da visita, meus outros amigos iram ajudar sua amigas e nós dois estaremos aqui falando com a polícia. Só precisamos seguir seu plano e o da sua amiga.  

-Devo chama-las? -assentir. S/n se levantou e saiu do quarto, logo voltando com as amigas.

 

Quando elas souberam que em menos de vinte e quatro horas iriam fazer a maior loucura de suas vidas, ficaram agitadas e barulhentas. Um tempo depois fui chamando até a secretaria e encontrei com Jin, que trouxe uma caixa para mim. Era incrível como ele atuava bem, fingindo ser alguém da minha suposta família. Voltei para o quarto e distribuir os uniformes para cada uma, cada um tinha um broche com nome falso e também tinha algumas perucas. Jin tinha pensado em tudo!  

Passamos o resto do dia e um pouco da noite planejando cada fala e com conseguiam até pega o pen drive, e nessa brincadeira já era quase meia noite, as garotas foram embora e S/n as acompanhou até a porta e logo a fechando. 

 

[...] 

 

Sentir uma inquietação atrás de mim, sabia que era S/n pois ela tinha pedido para dormir comigo, mas parceria que ela não havia pregado o olhos desde que deitou. Me virei, a vi fica de barriga para cima e bufar, fazendo alguns fios que estavam em rosto voarem.  

 

-O que houve? -perguntei apoiando minha cabeça em minha mão. 

-Não consigo dormir, estou tensa. Na verdade, ansiosa. -disse sem me olhar. 

-Vai ficar tudo bem amanhã, não precisa se desgastar assim. -ela assentiu. 

-Mas tenho uma ideia para que durma como um anjo. -sorrir malicioso. 

-O que é? -perguntou ingênua. Eu apenas sorrir e a beijei, S/n rapidamente colocou suas mãos nas maçãs de meu rosto.

 

Inicialmente o beijo foi calmo, mas eu tomei iniciativa em esquenta-lo, devagar fui colocando meu corpo sobre o dela e ela devagar foi abrindo as pernas para que eu me acomodasse melhor. Sentir meus cabelos serem puxados, e aquilo me excitava, me excitava demais. Ouvir alguns gemidos baixos quando comecei a mover meu quadril contra o seu, e mesmo estando vestido sabia que ela podia sentir meu volume.

Minhas mãos que estavam em sua cintura, subiram até a barra de seu pijama, o tirando e jogando em qualquer lugar do quanto, logo tendo a visão de seus seios lindos e fartos. S/n subia e descia o peito em euforia pela excitação que corria em todo seu corpo, e porra, como ela ficava linda excitada.

Tirei a calça moletom que usa e a deixe somente de calcinha, e estranhamente ela usava uma calcinha parecida quando transamos pela primeira vez, sorrir. Comecei dar beijo em sua testa e fui descendo devagar -sem parar os beijos- até chegar na barra de sua calcinha, onde fui deslizando devagar sobre suas pernas até ser jogada. Subi seus joelhos e a deixei mais aberta, sua vagina estava bem lubrificada e extremamente apetitosa.

Seu corpo respondeu assim que dei um leve sopro em seus grandes lábios, coloquei a língua bem cima de seu clitóris, vendo suas costas se arquearem e ela solta um gemido timidamente baixo. Fazia os movimentos de cima para baixo e de baixo para cima, em um ritmo frenético e rápido, que a fazia delirar. S/n agarrou meus cabelos, sentindo o prazer chegar e em mais algumas lambidas ela se desfez em minha boca. Doce, seu gosto era doce.

Levantei da cama e tirei minha calça moletom junto com a cueca, e eu juro que pude notar que S/n mordeu os lábios assim que viu tirar a roupa. Voltei a me posicionar no meio de suas pernas, tateei um preservativo na minha bolsa que estava logo do lado da cama e revestir meu pênis, fiz uns movimentos vai e vem com minha própria mão e depois pincelei o mesmo em sua vagina. Fui adentrando devagar, olhando para ela, registrando cada expressão e ouvido cada gemido que saia da sua linda boca. Assim que entrei por completo, comecei a me movimentar devagar, quase que torturando tanto para mim quanto para ela. 

 

-Yoon..ah..-disse ela com os olhos fechados.  

-O quê?  Quer parar? -ela negou rápido. 

-Só...ah meu deus...mais..rápido. -vi ela morder os lábios e me olhar.  

 

Aumentei as investidas, sentindo ela enlaçar suas pernas em minha cintura e segurar meus ombros, S/n não tirava os outros de mim, assim como, eu, que não tirava meus olhos dela. Tão bela. Tão magnífica. Tão perfeita. Tão..Tão..Tão... 

Sua boca entre aberta, soltando gemidos silêncios mais sexys que já ouvi, seus seios chacoalhando de uma forma tão fodidamente excitante e suas delicadas mãos apertando meus ombros.  

-Porra! -soltei quase urrando.  

Ela abraçou meu corpo, sentir seus seios tocarem meu peito, S/n colocou a boca bem no pé do meu ouvido, gemendo gostoso.  

-Eu te amo. -foi o que ela sussurrou depois de chegar ao seu limite junto comigo. 


Notas Finais


Me digam como ficaram depois disso? haha imagino que não esperavam o hot (ou esperavam?!)

Então meu povo, quero bate um papo bem rapidinho com vocês agora, e por favor NÃO ME MATEM! A fic está em sua reta final, okay? Eu não sei se o próximo será o anti penúltimo ou o último, porque ainda não me decidi se faço um capítulo inteiro ou separado, mas creio que terá no máximo mais três capítulos. PORÉM, eu já tenho um projeto de uma nova história hihi e mais uma coisa, se eu fizesse um grupo no whatsapp, vocês participariam?

Desculpem qualquer erro ortográfico e até o próximo capítulo.
Um beijo e aproveitem esse final de semana :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...