História Do que é feito as cinzas - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Drama, Romance, Tortura, Violencia
Visualizações 16
Palavras 1.390
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Policial, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom me desculpem pela demora pra posta esse capítulo me perdoem.

Bom eu recomendo que vc leia esse capítulo ouvido cold vou deixar o link abaixo.

http://mp3goo.io/download/cold-jorge-mendez/

E boa leitura❤

Capítulo 11 - 12 cp


Fanfic / Fanfiction Do que é feito as cinzas - Capítulo 11 - 12 cp

        Uma escolha pode mudar tudo

Tiago estava muito perto de realiza seu objetivo, Victor sabia que o fim estava próximo, Benjamin estava cada vez mais perdido, Manu estava cada vez mais triste, lana estava cada vez mais longe.




Eu sabia de tudo, onde era o cativeiro das garotas, sabia quem era Victor sabia quem era Benjamin mas isso não basta eu quero mais eu quero ver eles se destruindo eu quero ver a destruição deles , foda se a justiça ela nunca fez nada eu irei fazer da minha maneira,  eu sei eles estão se sentindo como ratos fugindo de uma cobra mas eles sabem que serão pegos eles sabem disso.



Manu andava de um lado pro outro ela falar que faz isso pra não enlouquecer eu tô deitada olhando pro nada , me lembrando de lá fora eu me pergunto como eles estão eu sinto falta até das pessoas da escola, sinto falta do barulho que eles adoravam fazer, das músicas que eles adoravam ouvir, das brigas, dos professores de tudo.

Me levanto do colchão vou até um caixa que está em um dos cantos do quarto lá  dentro à papel , pego papel e um lápis volto pro colchão, irei escrever uma carta pro pessoal da escola.



      Não sei o que falar para vocês, sabe eu sei eu não costumava sair muito da sala muito menos falar com todo mundo eu sempre fui reservada, eu nunca gostei de ir as festas de vocês mas eu quero que vocês fiquem sabendo que eu sempre os observei eu adorava a maneira que vocês viviam , eu amava ouvir o sorriso de vocês ,eu gostava de ver vocês dançar, eu sei eu sempre me afastei sempre me mantiver longe vocês tentaram me se aproximar eu sempre me afastei, eu me arrependo de não ter sorrido mais, falado mais, dançado mais, eu me arrependo de ter feito poucas amizades, eu sinto como se eu tivesse perdido as oportunidades de uma vida mesmo estando viva,  espero que todos vocês sejam feliz.

Ps : Alana .




Estou cansado dessa merda toda, já faz praticamente um ano que eu estou nessa merda, um ano que eu decidir me vingar estou cansado, nada mudar, eu não me sinto melhor estou andando em círculos, várias pessoas saíram da cidade, escolas pararam os bairros parecem zonas de guerra, cansei está na hora disso acabar está na hora de minha vingança ser completa, hoje as oito horas da noite as programações da televisão saíram do ar e aparecerá Manu sendo morta, será o fim.


Já tinha passado todas as informações para a facção todos sabiam que hoje a noite essa guerra teria um fim nós saberíamos quem séria o vencendo autorizei que eles invadisse os bairros eu quero essa cidade pegando fogo.


                   Três horas atrás

Eu marquei essa reunião para informar que hoje a noite eu entregarei o cargo de liderança para vocês, vocês terão de volta a facção hoje a noite o sangue do meu irmão será vingador,


Havia vários homens em um só lugar , era. Uma grande garagem, era a onde as reuniões da facção aconteciam, todos estavam em silêncio, muitos pareciam surpresos quase ninguém sabia quem era Benjamin poucos eram os que sabiam, era a primeira vez que ele se reunia com todos,o que Benjamin não sabia era que Tiago estava ali

Vc vai liberta as garotas? Amélia se pronuncia.

Irei liberta a lana.  Benjamin responde.


O que vc vai fazer com a Manu? Amélia perguntou alterada.


O que eu devia ter feito dês do começo, matar. Benjamin falar friamente.


Vc não pode fazer isso! Amélia gritar.

Claro que posso!quem vai me impedir vc? Benjamin falar de uma maneira provocante.


Amélia puxar uma arma e aponta para Benjamin, todos da sala se assustam.

Eu vou te matar!  Vc não vai saí daqui vivo.



Benjamin faz o mesmo apontar uma arma para Amélia.



Atirar seu covarde vamos! Eu quero ver quem atirar primeiro!


Acalmasse Amélia! Um homem que estava lá se pronuncia.



Tiago olhar tudo assustado sem saber o que fazer



Vc está me pedindo pra ficar calma? Esse verme chegar aqui do nada assumir a liderança, transformar nossa cidade em um inferno, crianças estão sem estudar, causa mortes, sequestra duas garotas inocentes, torturar, estrupa, e agora quer matar uma garota inocente! Isso vai contra nossos princípios! Nós não queremos matar nininguém,  a maioria que está aqui não teve escolha cresceu no meio do tráfico, aprendeu que a única saída era o crime mas nós não matamos ninguém a sangue frio, nós não torturamos, não estrupamos, e não matamos pessoas inocente. Pq nós samos bandidos e não monstros.  Eu não vou deixar vc matar aquela garota nem que pra isso eu tenha que te matar seu verme!



O pai dela matou meu irmão! Benjamin grita.

Eu quero que ele sinta a mesma dor que eu sentir! Benjamin estava insano e vc não vai me impedir .


Amélia ele está certo.  Mas um homem se pronuncia.



Certo ?


Sim precisamos lavar o sangue do nosso líder.

O Tiago nunca iria fazer isso!




É o mesmo nome que o meu. Tiago pensou.


Então esse era o nome do líder passado.


Eu não reconheço vocês! Estão cegos pela vingança! Eu achei que iriam ficar do meu lado mas estou vendo que não. Amélia abaixar a arma, adeus eu estou saindo da facção não terei esse sangue sujo em minha mão.

Amélia sai.


                     Horas atuais. .


Eu tinha que avisar a policia , mas se eu fizesse isso nada ia sair como eu planejei, eles só seriam presos as facções continuariam mas eu também não posso deixar aquela garota morrer! O que vc vai fazer Tiago?  Está tudo em suas mão, eu tenho poucas horas pra avisar a policia são sete horas da noite eu tenho uma hora pra impedir que aquela garota morra mas se eu avisar o crime irá continua o que eu faço?



Famílias se encontravam sentadas na frente da televisão, não havia tiros estava tudo muito calmo pra ser verdade, lana fazia trança nos cabelos de Manu as garotas sorriam de alguma lembrança, Benjamin estava do lado de fora do esconderijo olhando para o céu com uma arma em sua mão esquerda um dos seus capangas vem e falar alguma coisa em seus ouvidos, Tiago anda de um lado para outro sem saber o que fazer ele pegar seu celular discar alguns números mas logo em seguida jogar seu celular no chão, Amélia está saindo de dentro de um carro ela está na frente da delegacia ela dá um grande suspiro e seguir ate lá, Victor está em sua casa ele sentir um aperto em seu peito, são exatamente 15 pra oito horas, Benjamin pegar sua arma dá três disparo pra cima autorizando que os seus soldados entrem nos bairros ,tiros muitos tiros, lana e Manu se assustam com os barulhos dos três tiros as duas se abraçam forte, famílias se escondem debaixo das camas tentando se proteger de alguma maneira, Amélia conta tudo que sabe pra polícia ,sobre a facção, o esconderijo das garotas e sobre o que está prestes a acontecer, carros de polícia começam a sair, era uma lutar contra o tempo, Amélia é algemada,  a programação é interrompida e na tela da TV aparece duas garotas e um homem jovem Benjamin,  lana e Manu se assustam com Benjamin, os pais de lana não acreditavam que estavam vendo á filha deles viva, Benjamin arrancar Manu dos braços de lana, lana grita pra ele solta ela, ele pedir desculpa e diz que esse será o fim, Manu chorar pedindo socorro ela está de joelho Benjamin está com uma arma apontada para a cabeça dela, lana gritar, solte ela!  Solte ela!  Lágrimas escorrem, lembranças vem, não pode termina assim esse não pode ser o fim, as pessoas não acreditam no que ver, gritos, não por favor Manu gritava, a culpa não é sua Benjamin falava, por favor a mim mas não ela lana implorava, vc não faz parte dessa Historia lana,


Desculpe mas tudo terminara assim, victor não acreditava no que via, havia sons de sirenes da policia o socorro vinha tarde de mais talvez, um tiro foi disparado, um não foi gritado, a tela escureceu, ninguém sabe o que aconteceu, Victor cair no chão, a mãe de lana chorar de emoção, o triste pra uns pode ser o feliz pra outros.





Três anos atrás.....

Corta produção ✂




Notas Finais


Bom já estamos chegando no final dessa historia, faltam alguns capítulos só.

Bom eu nunca pedir nada pra vocês mas hoje eu irei pedir, acho que vocês já perceberam que eu não sou muito boa na sinopse e eu gostaria de mudar a sinopse da Historia sei lá deixar um pouco mais chamativa, se alguns de vocês poderem escrever uma sinopse pra Historia eu seria eternamente agradecida (risos) caso vc queira me ajudar nisso é só deixar nos comentários bom é isso.
Obg por tudo desculpa qualquer coisa até o próximo capítulo e xau ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...