História Do Rio ao seu Coração - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Shawn Mendes
Tags Brasil, Canadá, Pickering, Rio De Janeiro, Romance, Shawn Mendes, Toronto
Visualizações 106
Palavras 1.450
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteeeei, obrigada pelos comentários meus amores.
Me perdoem qualquer erro ortográfico, não deu pra corrigir.

Capítulo 16 - Minha nora do coração


Fanfic / Fanfiction Do Rio ao seu Coração - Capítulo 16 - Minha nora do coração

Quando falei vagabunda falei em português, deixando Shawn confuso e Camila riu em seguida

_Eu sabia que ela poderia fazer algo assim, Aali me avisou, só não sabia que você seria tão lento assim- falei
_Me perdoa amor, eu sou lerdo, mas prometo que não vou ser mais pra isso não acontecer nunca mais- Shawn disse enquanto me abraçava
_Me promete que sempre que ela estiver perto você vai sair correndo?- pedi olhando nos olhos dele
_Eu prometo- ele disse me beijando
_Mas é pra sair correndo, não é pra ir andando- falei e ele riu- to falando sério
_Pode deixar que se ele for lerdo e não perceber eu puxo ele pelas orelhas- Camila disse
_Acho que é bom a gente voltar logo, ou vão me matar- falei me levantando
_Certeza que eles vão tentar, mas não vou deixar, porque foi culpa minha- Shawn

 

Fomos andando abraçados todo o caminho, e Shawn estava olhando pra baixo


_O que houve com seus joelhos?- ele disse parando e se ajoelhando na minha frente
_Eu caí na hora que saí correndo- falei, estava usando uma calça que era rasgada nos joelhos, então só ajudou a me machucar mais
_Você é muito desastrada- Shawn disse me pegando no colo
_Ei, eu ainda consigo andar- falei mexendo as pernas pra ir pro chão
_Fala isso como se eu não tivesse percebido que estava começando a mancar- ele disse rindo

 

Poucos minutos depois chegamos na casa da tia Karen, e sua expressão de preocupação se transformou em uma de alívio


_Menina, minha vontade era de te bater, o que houve pra chegar aqui sendo carregada?- ela se aproximou ficando preocupada
_Caiu no caminho e machucou os joelhos- Shawn disse me sentando no sofá
_Que susto que você deu na gente Lia, você não pode sumir assim, nós somos responsáveis por você- Marg disse se sentando perto de mim com uma expressão triste
_Me perdoa gente, agi sem pensar- falei abaixando a cabeça
_Mas não é como se você não tivesse um motivo- Aali disse quando Shawn voltava com uma caixinha que supus ter coisas pra machucado lá dentro e deu um tapa no braço dele
_Não foi por minha culpa- Shawn disse
_Eu sei que não foi, mas quem manda ser lerdo- Aali retrucou
_Eu não gostei de nada disso- tio Manny disse- meu filho, se sabe que tem gente assim, evita ficar perto, se sentou perto é só mudar de lugar, seus seguranças servem pra que?
_Pelo menos eu consegui fazer alguma coisa- Camila disse aliviada
_O que você fez?- Aali chegou animada
_Dei uma surra nela- Camila disse, Aali a olhou admirada, enquanto os adultos olhavam espantados- ela merecia, já que me xingou
_Quanta coisa acontecer em um só dia- Joseph disse enquanto se sentava em uma poltrona

 

Shawn terminou de fazer o curativo, sentou entre minhas pernas e ficou de cabeça baixa encostado no sofá, todos o encararam na hora, ele estava muito quieto, até que escutamos um suspiro dele, e em seguida soluços de quem estava chorando


_Ei, por que ta chorando?- Falei me sentando no chão de frente pra ele enquanto ele escondia o rosto na curvatura do meu pescoço
_Fiquei com tanto medo de te perder- ele disse me abraçando com força
_Até parece que eu iria fazer exatamente o que a Hailey está querendo, e eu acredito em você amor- falei enquanto o abraçava de volta e passava as mãos em suas costas
_Mesmo assim eu tive tanto medo- ele disse me olhando nos olhos e eles estavam vermelhos, começando a ficar inchados, então percebi que ele tinha chorado bastante, provavelmente no caminho
_É impressão minha ou o Shawn ta chorando?- Matt disse- pra um cara que nunca chora na frente de ninguém, esse é um grande avanço

 

Shawn se levantou e pegou a minha mão, nos guiando até o quarto, ele deitou na cama e me puxou, ficando agarrado em mim como se tivesse medo que eu fugisse, ele acariciava meus cabelos e de minutos em minutos beijava minha testa


_Ei, David disse que amanhã a tarde vamos ir embora- Camila disse batendo na porta do quarto e olhando pra gente
_Tudo bem- Shawn disse enquanto secava uma lágrima que ainda teimava em escorrer
_Hey Shawn, não fica assim, você tem alguém aqui do seu lado que te ama muito, capaz de te compreender, te perdoar, e ficar contigo pra tudo, não fica assim- Camila disse se referindo a mim e se sentando na cama
_Por isso mesmo que tenho que sempre ter mais medo, normalmente eu não seria capaz de achar outra pessoa como a Lia, e ainda mais com todas essas características, não existe ninguém nem com 1%- Shawn disse me puxando pra mais perto
_Eu estou aqui, não precisam falar como se eu não estivesse- me pronunciei
_Eu vou dormir no quarto da Aali, qualquer coisa é so me chamar- Camila disse- seus tios foram pra casa
_Ta bom- Shawn disse e voltou a me dar beijinhos

 

Ficamos assim por longos minutos e dona Karen entrou no quarto


_Você nos deu um baita susto hoje- ela disse se sentando na cama e colocando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha
_Me desculpa, na hora eu não sabia o que fazer e só saí correndo- falei envergonhada
_Tudo bem, só não faça mais isso, ficamos bastante preocupados, e meu filho, seja mais esperto, você nunca vai achar outra Lia, tem que cuidar do que tem, é a minha nora do coração- Karen disse e eu corei na hora
_Eu tenho noção disso mãe, e por isso fiquei tão desesperado, aquela Hailey é louca- Shawn disse se sentando na cama
_Louca é pouco- falei me sentando também
_E a Camila é uma ótima amiga, me ajudou a defender a Lia com unhas e dentes, ainda mais na hora que ela xingou a Lia, Camila deu um tapa tão forte nela que até estralou- Shawn disse rindo
_Ela xingou minha nora?- Karen fez uma cara muito engraçada- a mas não vai ficar assim, essa garota vai se ver comigo
_O que a senhora vai fazer mãe?- Shawn a olhou preocupado
_A graça é a surpresa meu filho- ela disse e deu um beijo na gente saindo do quarto
_Será que devo me preocupar?- ele perguntou e eu fiz que não com a cabeça- tudo bem então, vou pegar uma blusa minha pra você dormir mais confortável.

 

Shawn se levantou e foi até o guarda-roupa na parte das camisas e procurou uma bem quentinha, me entregando e fechando a porta, então ele pegou um short pra ele dormir e ficou sem camisa, tirei minha calça, a blusa e o sutiã, colocando a blusa dele em seguida, e o vendo quase babando na minha frente

_Você fica uma perdição desse jeito- ele disse segurando minha cabeça com as duas mãos e selando nossos lábios
_A maior perdição aqui é você sem camisa, será que devo tirar a que estou usando pra você vestir?- falei maliciosa
_Acho que sem nada é melhor- Shawn disse enquanto trancava a porta e me deitada na cama e ficando por cima de mim

 

Os beijos foram cheios de desejo, quase como uma suplica, era sedento, suas mãos percorriam meu corpo, e seus dedos gelados arrepiavam cada parte que tocava, ele tirou a camisa que eu estava usando e deixou no chão ali do lado, fazendo o mesmo com o short dele. Seus lábios percorriam toda a extensão do meu corpo, me fazendo ter mais desejo de tê-lo, por inteiro em mim. Coloquei meus dedos no elástico de sua cueca e o provoquei ali, passando meus dedos de um lado para o outro, até que ele arrancou logo o tecido, fazendo o mesmo com o meu, ele pegou uma camisinha no criado mudo e o ajudei a colocar, seus lábios voltaram velozes para os meus, e se posicionou, senti seu membro tocar devagar em mim, me fazendo sentir calafrios, e rapidamente ele adentrou e começou a se movimentar, seus olhos ficavam encarando os meus, parecia que ele queria gravar cada detalhe, e não se esquecer daquilo, meu corpo começou a aumentar os tremores e logo pude sentir que o prazer estava chegando, e por sentir seu corpo tremendo também, percebi que ele estava do mesmo jeito. Depois de segurar o máximo que pude pra não fazer barulho ele se deitou do meu lado, me puxando pra mais perto, ele foi até o banheiro jogar a camisinha fora e me carregou pra um banho, lá apenas fizemos carinhos, beijos, nada demais, vestimos nossas roupas e nos deitamos. Demoramos bastante pra dormir, ficamos conversando por longas horas, brincamos, até que dormimos, bem agarradinhos, sentindo seu cheiro.


Notas Finais


Opaaa, e ai, o que acharam? Deixem nos comentários pra eu saber de cada detalhe. Beijos meus amores.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...