História Do you really exist? (JIKOOK) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Jikook, Namjin, Romance, Vhope, Yaoi
Visualizações 12
Palavras 864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Começo de um sonho


Fanfic / Fanfiction Do you really exist? (JIKOOK) - Capítulo 2 - Começo de um sonho

POV Jungkook

Ai, sábado, enfim o melhor dia da semana chegou. Eu estava pensando em sair, mas além de estar chovendo, eu tenho um trabalho sobre estrelas para fazer. 

Acho que vou descansar um pouco antes de começar o trabalho, não é tanto para escrever.Na verdade é uma redação de pelo menos 2 folhas escritas a mão ou 3 folhas impressas. 

Eu gosto de astronomia, é cansativo, mas eu gosto. Temos simulações de vez em quando, quer dizer os veteranos, como eu, tem simulações, os novatos ainda tem muito o que estudar.

Lembro que quando eu cheguei na faculdade o que eu mais queria era passar por essas simulações. É aberto para outras turmas assistirem, é na época eu não perdia uma. Meu amigo, Kim Namjoon, já terminou a faculdade e tem planos para um futuro museu de astronomia. 

Eu costumava ir a um museu com meu pai, em Busan. Acho que foi lá que comecei a me interessar por planetas, galáxias e todo esse universo que habitamos. 

Flashback On

Eu tinha por volta dos meus 9 anos e meu pai resolveu me levar em um museu de astronomia. Eu me recusei um pouco, preferia ficar em casa vendo desenho e mais tarde sqir para jogar vôlei com meus amigos. 

-Filho, vamos logo! Vai ser legal, você nunca visitou um museu antes.

-Mas, pai, mais tarde eu vou brincar com o Bambam e os meus outros amigos. Eu não quero ir!

-Você vai sim. Se você não gostar prometo que te dou o que quiser depois. 

-Mesmo? 

-Sim.

-Até aquele boneco do Homem de ferro?

-Sim, meu filho. Mas só se você não gostar. -aquilo foi o que me convenceu de vez, outro dia eu brincava com o Bambam, o importante mesmo era meu boneco.

Me arrumei rapidamente e desci as escadas do andar de cima da casa-onde ficava meu quarto- indo até a porta da sala e vendo que meu appa já esperava dentro do carro. 

-Finalmente. Agora vamos, filhote. Temos muita coisa para ver e aprender lá.

Fiquei o caminho inteiro olhando pela janela, era um dia claro, com poucas nuvens no céu. Percebi que a Lua estava aparecendo, mesmo sendo dia. Me nitriguei com aquilo.

-Appa, por que a Lua está no céu se ainda está dia? 

-Não sei. Quem sabe no Museu eles explicam isso, hun?

-É, pode ser. O céu é tão lindo, não é? 

-Sim, realmente muito Belo.

Andamos mais um pouco de carro e eu continuei observando o céu. Perguntas e mais perguntas surgiam.

Aprendi na escola que a Terra é redonda, mas olhando assim não parece, ela parece ser plana ou quadrada. Estranho. 

Fiquei me questionando várias coisas em minha mente, até que o carro para.

- Chegamos.-Anuncia meu Appa

Desço do carro e percebo que estamos no estacionamento de uma grande construção. Aqui é lindo! 

Parece uma mansão, daquelas de gente bem rica, sabe? É pintado de branco e tem alguns vidros espelhados. Encantador.

-Que lindo!-exclamei para que meu pai ouvisse. 

-Sim, por dentro é mais ainda.

-Vamos logo, Appa.-  comecei a puxar o braço de meu pai até a entrada.

-Calma, criatura. O Museu não vai sair do lugar não.-riu 

Meu pai pagou as entradas 

 Meu pai pagou as entradas e eu ainda estava admirando a construção. 

Quando meu appa pagou tudo direitinho, entramos no local e percebi que todos aqueles vidros espelhados por dentro eram representações de galáxia, constelações maravilhosas e outras coisas que eu não conseguia identificar, mas pareciam fenômenos espaciais. Tinham informações ao lado de cada um desses, explicando o que era, nome e outras coisas mais.

Um homem apareceu ao meu lado e ditou o mesmo que eu. Não sabia o que era, então resolvi olhar sua descrição.

-Grande Círculo Vermelho. Interessante.-pensei alto.

-Sim, é um dos fenômenos mais bonitos, na minha opinião, ele não tem nada demais, mas para mim é simplesmente magnífico. 

-Quem é você?-Perguntei, meu appa simplesmente olhou para o homem com curiosidade.

-Ah, me desculpe. Sou Park Chanyeol, um estudante de astronomia. Prazer em conhecer. 

-Prazer é só na cama.-disse o menino ao seu lado, em um tom brincalhão.

-O que?- fiquei confuso, meu pai, por sua vez, riu do que o outro disse.

-Cala a boca, Baek.-Seu um tapa na nuca do outro.

-Ai, Chany. Não precisava disso, o pai do garoto riu, olha só. 

-Aí eh, desculpe Baekhyun por isso. Ele não sabe o que fala. 

-Tudo bem.-ri um pouco sem graça.

Chany é uma pessoa muito gentil, ao longo do passeio ele respondeu a todas as minhas dúvidas. Parece ser inteligente também.

Baek é seu namorado, estranhei um pouco o relacionamento entre dois homens, mas nao me incomodei. Afinal, cada um com seu cada qual. 

Depois desse passeio me decidi, vou ser astronauta e conhecer as estrelas. Quem sabe em uma das minhas viagens eu não vejo o Grande Círculo Vermelho, certo? 

-Gostou, Jungkook? 

-Muito, pai. Espero ser igual ao Chany Chamou um dia. 

-Bom, estude e você conseguirá.

Com isso tudo acabei me esquecendo do boneco do Homem de ferro. Fiquei encantado com todas aquelas coisas novas e visitarei o Museu mais vezes. 

Flashback off 

E daí surgiu um sonho, o mais inesperado. Agora queria ser astronauta, antes advogado. Mais tarde esse sonho o despertaria, mais do que uma simples paixão por estrelas, uma paixão pela vida e suas naturezas.






Notas Finais


Hehe, não é nesse capítulo que Jiminie fala com Jungkook ainda.
Até mais, estrelinhas ❤.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...