História Doce cafeína - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eai meus nerdssauros, tudo bem com vocês? Eu espero que sim.
Bom hoje estou aqui com mais um cap e espero que vocês gostem.
Talvez eu esteja postando mais cedo, sim talvez, mas é que eu sou ansiosa rsrs.
Sem mais enrolação bora pro cap e...
🌼Boa Leitura🌼

Capítulo 2 - Summer Rain


Jungkook On

A caminho do trabalho meus pensamentos ainda estão nos acontecimentos de ontem. Quais são as chances de eu não poder mais vê-la novamente?

*Entro no café*

Comprimento a todos e vou ao trabalho.

- Veio apé hoje? - Jimin pergunta

- Decidi deixar minha moto descansando hoje -Jk

- Você é doido- Jimin diz rindo

Nari On

Me levanto naquela manhã e percebo que Taehyung ainda não chegou em casa.

Vou para o banheiro tomar um banho e depois vou ao quarto me trocar.

Visto uma calça jeans preta, um moletom verde escuro e uma bota preta de cano baixo.

Me olho no espelho para analisar minha roupa. Me aproximo do espelho e olho meu rosto...

- Tenho que passar algo para esconder isso...-

Pego algumas de minhas poucas maquiagens e passo em meu rosto

- Agora sim. - Pego minha bolsa assim como um livro e meu caderno de desenhos.

Saio de casa e como de costume vou para a cafeteria.

Ao chegar me sento em uma mesa mais no fundo onde não há tanta gente. Retiro meu caderno e meu lápis de dentro da minha bolsa e começo a rabiscar.

Alguns minutinhos depois alguém se aproxima da minha mesa

Olho e vejo Jungkook. Meu coração sorri ao lhe ver.

- Bom dia Nari.- ele se dirigiu a mim pelo meu nome, que fofo.

- Bom dia Jeon. - Nari

- Qual o pedido de hoje? - Jk

- Vou querer só um café mesmo. - Nari.

- Algum acompanhamento?- Jk

- Hoje não obrigado. - Nari

- Certo. Já trago seu pedido. - ele sai me deixando sozinha na mesa novamente

Volto a desenhar.

Olho discretamente para o balcão aonde está Jeon trabalhando. Ele é tão habilidoso com o que faz e tão gentil com os clientes. Por que Taehyung não é assim?

Jungkook se vira para entregar um pedido a um dos rapazes de avental e depois que o entrega ele se vira para mim. Nosso olhos se cruzam e ao percebermos o que está acontecendo desviamos o olhar. Sinto meu rosto ficando quente, estou corando.

Algum tempo depois Jeon vem até minha mesa com o café.

- Obrigado. - agradeço.

- Bonito desenho.- ele olha para meu caderno.

- Ah, obrigado. - Agradeço sorrindo

- Você desenha muito bem. - Jeon

- Não, não diga isso, eu apenas tento.- Coro

- Se eu tentasse e conseguisse desenhar assim eu estava feito. - Jeon sorri

Nós dois rimos.

Percebo que os olhos de Jungkook passam por meus braços aonde estão os hematomas feitos devido aos acontecimentos do dia anterior.

Ele me olha e eu rapidamente puxo minhas mangas para cobri-los.

- Acho melhor eu voltar ao trabalho- Jk

- Talvez seja...- Nari

Jeon se vira e volta ao seu trabalho.

Continuo desenhando enquanto bebo meu café.

(...)

Após terminar meu café e uma parte do meu desenho saio da cafeteria e vou andar um pouco pela cidade.

Vou até a praça e me sentando em um banco começo a escrever em meu caderno.

"Mergulho na escuridão de seus olhos, mas me perco na doçura de seu sorriso"


(...)

Sinto um pingo de água cair em meu rosto.

Olho para o céu e vejo as nuvens escuras se aproximando, anunciando assim que virá chuva.

Pego minha bolsa e procuro por um guarda chuva.

- Droga, justo hoje eu o deixei em casa -

Os pingos de chuva começam a cair com mais velocidade e intensidade.

Guardando minhas coisas, pego minha bolsa e corro para me abrigar em algum estabelecimento.

Jungkook On

Volto atordoado para trás do balcão

- Por que essa cara? - Yun

- Ele a agrediu - cerro o punho

- Quem agrediu quem? - Yun diz assustada.

- O Taehyung, ele agrediu a Nari - Jk

- Que imbecil, eu não acredito que...- Yun

- E a culpa é minha. - abaixo minha cabeça me apoiando no balcão.

- Não diga isso Jungkook, você não podia fazer nada - Yun

- Não, eu deveria ter a ajudado - Jk

- Não tinha como sabermos o que aconteceria com ela, mas faz assim, vamos trabalhar e depois que terminarmos vemos o que podemos fazer por ela, pode ser? - Ela me consola

- Pode ser. - Volto ao trabalho.


(...)

- Parece que hoje a chuva será forte.- Jimin

- Foi só você dizer que ela apertou - Yun diz olhando pela janela.

- E justo hoje o Jungkook não está de moto. - Jimin

- Que sorte a minha não é mesmo - digo terminando de ajeitar as coisas para podermos fechar.

A porta do café se abre e alguém entra.

- Estamos fechados- Jk

- Sinto muito... - essa voz... Nari?

Me viro para olhar para ela. Ela está encharcada.

- Este era o único estabelecimento próximo, mas eu já estou de saída - Nari

- Não, você pode ficar querida.- Yun vai até ela

- Não quero atrapalhar - Nari

- Você não está atrapalhando. - Jk

- Mas você precisa trocar de roupa senão irá pegar um resfriado - Yun

- E-eu não tenho outra roupa - Nari

- Eu tenho um casaco aqui, vou buscar para você - Jk

Vou para o "vestiário" dos funcionários e busco meu casaco para ela.

- Aqui está. - Lhe entrego.

- Obrigado, você é muito gentil. - Ela agradece

- O banheiro é por aqui - Yun a leva até o banheiro e depois volta até nós.

- Ela é tão fofa Jeon, agora entendo o porque você gosta dela - Jimin

- Pode ir tirando o olho Jimin. - o encaro

- Parem de brigar vocês dois e vão preparar algo para ela beber - Yun nos repreende.

- Desculpa.

Eu vou fazer um chá quente para ela enquanto Jimin pega um pedaço de bolo.

Nari sai do banheiro vestindo meu moletom que parece um vestido nela. Não consigo esconder meu sorriso ao vê-la

- Ficou um pouco grande - ela diz com um sorriso tímido no rosto.

- Ficou um pouco - Jk

Nós dois coramos. Jimin e Yun se entreolham com uma cara de satisfação.

- Nari, fizemos algumas coisas para você comer - Yun

- Obrigado, não precisava. - Nari

- Pode ir se sentar. Iremos terminar de arrumar as coisas aqui. - Yun

- Tudo bem. - Nari se senta


(...)

Nari nos traz a xícara e o prato em que havia comido.

- Obrigado por me ajudarem - Nari

- Estamos a sua disposição sempre que precisar- Jimin

- Obrigada. - ela sorri.

- É melhor eu ir. O Taehyung vai chagar daqui a pouco em casa. - Ela diz olhando para o relógio.

De novo esse bastardo

- Mas ainda está chovendo, não quer esperar a chuva parar? - Yun

- Não posso, ou ele... - Nari pausa.- é melhor eu não me atrasar.

Ou ele irá te machucar novamente.... Penso comigo

Não posso deixar que ela vá sozinha para casa nessa chuva.

- Eu acompanho você até em casa - digo

Ela me olha surpresa.

- Não quero te dar mais trabalho do que já lhe dei Jeon - Nari.

- Você nunca vai me dar trabalho - digo olhando em seus olhos.

Ela sorri.

- Podemos ir então? - Jk

Ela acente com a cabeça

Vamos em direção a porta para sair da cafeteria. Me viro e olho para Yun e Jimin que me fazem um sinal de positivo com as mãos.

Nós dois saímos e eu abro meu guarda-chuva...


Notas Finais


Esse foi o cap de hoje e espero que vocês tenham gostado, eai, torcem por qual casal?
Não se esqueçam de favoritar a história, compartilhar com os amigos e deixar um comentário fofo, beijos e até o próximo capítulo...
Tchaaau 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...