1. Spirit Fanfics >
  2. Doce e amada Sn (Taehyung) >
  3. Conselheira Mee

História Doce e amada Sn (Taehyung) - Capítulo 65


Escrita por:


Capítulo 65 - Conselheira Mee


Fanfic / Fanfiction Doce e amada Sn (Taehyung) - Capítulo 65 - Conselheira Mee

Na hora do almoço novamente Taehyung não desceu para comer. Me surpreendi quando o segurança me avisou que Mee estava querendo entrar, eles a permitiram.

S/n:Mee, aaaa que saudade! —A abracei.

Mee: Eu poderia brigar com você por não me mandar mais mensagem ou visitar, mas eu sei da sua situação e tão não vou!

Ela me olhou triste e colocou uma mecha do meu cabelo atrás de minha orelha. Meus olhos marejaram, é tão bom ter uma amiga que sempre te entende.

Mee: Vamos, conte-me tudo! —Assenti.

Fomos para o sofá da sala, a casa estava realmente vazia e Taehyung estava trancado em seu quarto. Contei tudo para Mee, ela até chorou quando contei sobre Taehyung ter me estuprado, mas ela colocou na cabeça que na segunda vez eu não deveria ter descartado a hipótese de não ter sido ele quem fez aquilo comigo. Lá no fundo eu também desconfiei mas preferi não acreditar, afinal se Taehyung fez isso uma vez ele poderia fazer de novo.

Não recebi julgamentos dela, afinal ela tenta me compreender, tivemos que parar a conversa quando Jimin chegou.

  Jimin: Oh, temos visitas! —Se aproximou e aprrtou a mão de Mee.

S/n: Sim, ela passará a tarde comigo!

Jimin: Isso é bom... e onde está Taehyung?

S/n: No quarto dele! —Nesse momento ouvimos um son ao piano, Jimin sorriu.

Jimin: Errou, ele está na sala de instrumentos.

Mee olhou para Jimin depois me olhou com as sobrancelhas arqueadas.

Jimin: Bom, vou para meu quarto descansar, precisarem me chame! —Ele se retirou.

Mee: Ele é realmente um gato! —Suspirou e eu apenas sorri.

S/n: Pois é.

Mee: Tá mas, o que há entre vocês?

S/n: O que?

Mee: Não viu o jeito que ele te olha, a S/n! Não se finja de besta!

S/n: O que?? Não, não! Jimin-Ssi é realmente uma pessoa atenciosa e gentil, mas só isso! —Ela Arqueou uma sobrancelha.

Mee: Ssi é?? Olha não estou afirmando nada, mas pense... Ele é um homen solteiro que vive em prol do irmão, derrepente uma mulher bonita como você vem morar aqui e começa a ficar perambulando na casa dele! Super normal se ele se encantar, não que ele vá dar em cima de você, isso é outra coisa! mas gostar e sentir atração a gente não escolhe por quem, simplesmente acontece!

S/n: Tá falando merda! —Rimos.

Mee: Se for isso é uma pena, ele é muito gato gostaria de investir!

S/n: Vá em frente! —Ri.

Depois fomos ao meu quarto peguei biquínis para nós e nos enrolamos no roupão rumando para a hidro. Desde que me mudei para cá nunca tinha usado mas Mee me convenceu, normalmente iríamos para a piscina mas estava frio.

Relaxamos bastante, ainda dava para ouvir Taehyung martelando o piano em uma canção melancólica.

Mee: Acho que deveria ir falar com ele!

S/n: Eu tenho medo! E se...

Mee: Hora ou outra você vai ter que ir falar com ele, então que seja logo.

Vestimos nossos roupões e voltamos para a casa, Jimin estava na sala apenas deu um sorriso quando nos viu, subimos e Mee foi para meu quarto trocar de roupa, eu fui para a sala de piano, parei na porta e esperei ele terminar a canção que tocava.

Quando finalmente terminou ele me encarou, estava sério.

S/n: Vai me dizer o que houve ou quer que eu tente adivinhar?

Taehyung: Sua consiência deve te responder, agora saia, deixe-me só!

S/n: Não! Eu quero saber o que aconteceu Taehyung.

Taehyung: Saia S/n! Seu Ton de voz era alto.

S/n: Será que viver com você é sempre assim? nunca entender nada e nunca ter paz? —Meus olhos transbordaram.

Taehyung: Isso seria comovente, se não fosse um choro falso!

S/n: Choro falso? Do que está falando? droga!

Taehyung: EU SEI QUE PROVAVELMENTE SE ENCONTROU COM ELE NA FESTA!

S/n: O que?... Provavelmente? Está me julgando por algo que não tem certeza?

Taehyung: Você foi ao banheiro e ele foi visto indo atrás de você!

S/n: Deixa eu adivinhar! Visto por Jungkook?

Taehyung: Isso não importa, eu também vi as mensagens em seu celular!

S/n: Celular que você tomou a muito tempo de mim! Seja o que for que tem lá, não é como penso hoje em dia!

Taehyung: Eu entendo você mentir para mim, sim eu entendo! Você mente para me agradar, mente por medo! —Sua voz saiu baixa e vi uma lágrima escorrer de seus olhos.

S/n: Não Taehyung! Isso não é verdade! —Eu já estava chorando muito.

Taehyung: Saia daqui!

S/n: Não!!

Ele se levantou e veio em minha direção eu apenas arregalei os olhos o encarando.

Taehyung: SAIA DAQUI!

Gritou e me empurrou para fora da sala, fechando a porta em seguida. Me senti um lixo, afinal ele tem razão, eu realmente me encontrei com Yoongi, mas não foi planejado por mim. 

Se eu pudesse mataria o desgraçado do Jungkook, ele ainda me paga por isso! Ô se paga... edo ou tarde.
























...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...