1. Spirit Fanfics >
  2. Doce Quente >
  3. O Plano

História Doce Quente - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Hi sou eu de novo.
A música desse capítulo é Flirt do Neffex.
Por que tô viciada neles mesmo kkk
Boa leitura.

Capítulo 4 - O Plano


Segunda-feira estava normal, os estudantes reunidos na cantina, conversando sobre o fim de semana. Kihyun que foi o último a aparecer, sentou colocando a bandeja na mesa, arrumado os objetos antes de fazer a pergunta que o corroeu durante o fim de semana e que foi completamente ignorada pelos dois amigos presentes naquela mesa.

- Como foi o encontro? - perguntou logo de uma vez, para logo em seguida colocar uma porção de comida na boca.

Shownu e Wonho se olharam, depois voltaram o olhar para ele, de cara fechada.

- Não é da sua conta - Wonho respondeu.

- Ah, qual é, foi tão ruim assim? - perguntou de boca cheia, mas estava furioso.

Muito pelo contrário. Eles não pararam de pensar no encontro e na garota desde o sábado, mas não precisavam dizer aquilo para Kihyun.

- Vocês são uns chatos mesmo, pra quê tanto mistério? Vocês saíram com a Minji, cara. Não é como se tivessem saído com a IU - comentou sarcástico.

Os dois fuzilaram o mais baixo com os olhos.

- O quê? - Kihyun estava confuso.

- Fica calado, Kihyun - avisou Shownu.

Ele riu olhando para os dois desconfiado.

- Vocês gostaram? Sério? - perguntou divertido - Então ela beija bem?

- Não é da sua conta, Hamster - Wonho provocou pra ver se desviava do foco da conversa.

Kihyun segurou o talher com força, ele odiava esse apelido mais do que Kiki.

- Qual o problema de vocês? - perguntou irritado, mas ele era inteligente, então percebeu que tinha algo - Estão estranhos - falou comprimindo os olhos desconfiado.

- Fica quieto e coma - Wonho disse voltando a comer.

Como estava com fome, Kihyun decidiu comer, ele encheria o saco deles mais tarde.

Instantes depois percebeu os dois olhando fixamente para uma direção, e sem tardar, decidiu verificar. Minji caminhava, um pouco longe, com a amiga ao lado, conversando enquanto pegavam uma mesa pra sentar.

Os outros dois notaram que ela estava mais radiante do que antes, aquele encontro mudou tudo o que eles pensavam e sentiam em relação a ela. O coração palpitou, e uma imensa vontade de ir onde ela estava, mas mantiveram o controle sobre si mesmos. Ela sorria com Dior, e os dois estavam hipnotizados admirando ela a distância, até ouvirem um pigarro, voltando o olhar para o cara na frente deles.

- Sério, o que aconteceu? - a voz de Kihyun não era mais divertida, mas séria - O que ela fez com vocês?

- Não é da sua conta - Wonho levantou e Shownu fez o mesmo.

Pegaram as bandejas e levaram para o depósito, que por coincidência era perto de onde Minji estava. Quando se livraram nos objetos, andaram em direção a mesa dela, mas não pararam, apenas encararam, caminhando lentamente até a saída. Parecia uma cena em câmera lenta na hora que os olhares dos três se encontraram.

Quando Minji os viu, tremeu na base e achou que fosse ter um ataque cardíaco. Eles não desviaram o olhar até passarem pela porta, e ela também não conseguiu desviar. Dior, que observava tudo, não evitou sorrir até o final da cena, quando Minji voltou a respirar.

- Acho que não foi só você que foi afetada por aqueles beijos, meu docinho… - comentou chamando a atenção da amiga que ainda estava em transe.

- Meu Deus, será… - Minji não sabia o que pensar, mas que seu coração estava batendo descontrolado daquele jeito, significava que ela estava muito afetada por eles.

Havia passado o restante do sábado e domingo relembrando o encontro, e os beijos, principalmente os beijos. Tinha sido incrível e agradecia demais por ter tido aquela ideia no calor do momento, mas temia nunca mais ter outra chance. Desde então estava tentando se conformar.

- Ai que sortuda, os dois estão caidinhos por você - Dior estava tendo um mini surto. 

- Para, Dior. Isso não é algo bom, se for o caso mesmo de isso estar acontecendo com os dois, vou ter que escolher só um - disse desanimada - E eu gostei dos dois… - ela fez um biquinho que a amiga achou extremamente fofo.

- Ahhh Minji, como consegue ser a coisa mais fofa desse mundo? - apertou as bochechas da pequena, porque Minji era mais baixa.

- Ai - gemeu baixinho batendo nas mãos da amiga, e massageando os locais doloridos em seguida, tinha doído.

- Então, quem disse que você é obrigada a ficar só com um? Amiga, poliamor é uma excelente opção - disse como se fosse a coisa mais óbvia do mundo. 

- O quê? - ela não havia pensado nisso, e parecia uma boa solução, mas… - Mas, eles não parecem o tipo que aceitariam…

Dior cruzou os braços em descrença, olhando para ela com os olhos cerrados.

- Amada, eles te beijaram, quase na mesma hora, não acha que é uma dica de que eles podem aceitar essa possibilidade?

Minji refletiu por uns instantes, realmente não notou nada de estranho neles, não aparentavam vergonha quando praticamente a dividiram. Mas também não quer dizer nada, foi só um encontro forçado, com beijos forçados, não significa que aceitariam algum tipo de relacionamento a três.

- Quer apostar? - Dior respondeu e ela percebeu que havia pensado alto demais. 

- Não, foi por causa disso que me meti nessa furada - cortou - E para de querer encher minha cabeça com essas coisas, basta eu ficar criando fanfic sozinha. Não quero você aumentando mais ainda minha ilusão.


.


Na hora de ir embora, Shownu e Wonho haviam tomado uma decisão. Eles iam chamar Minji para sair com eles, separados, claro, mas não chegaram a dizer um ao outro. Quando saíram do portão, juntos encontraram a silhueta dela, que usava uma calça preta justa, deixando as coxas e a bunda fartas a mostra, com uma blusinha azul apertada também, evidenciando o busto também farto e a cintura bem feita. Ela estava bonita e dessa vez, haviam notado seus belos atributos físicos que eram perfeitos.

Como não notaram isso antes? 

Mas antes de conseguirem se aproximar, viram algo chamar a atenção dela e de Dior, um homem saiu de um carro bem na frente delas. Com cabelos platinados, rosto muito bem desenhado, lábios carnudos, alto e vestido de forma elegante, o homem sorriu. Dior foi a primeira a abraçá-lo com grande espetáculo, que foi retribuído por ele.

Minji estava ao lado, parecia petrificada, observando o homem terminar o abraço e se virar para abraçá-la também. Ele sorriu, mas foi diferente para ela, e ela corou quando ele se aproximou, se abaixou, rodeando a cintura dela e a abraçando apertado, mas com carinho. Os dois que observavam a cena, não conseguiam acreditar no que estavam vendo.

- Quem é ele? - Wonho perguntou tentando conter a raiva que sentia.

- Deve ser aquele cara que Dior falou - Shownu respondeu também controlando a voz, tentando conter o impulso de ir lá e separar os dois.

- Era só o que me faltava - Wonho cruzou os braços indignado.

- Precisamos fazer algo antes que ele tenha chance de fazer alguma coisa. Deve ter acabado de chegar, não deu tempo de nada - Shownu disse botando as mãos no bolso.

Wonho olhou para ele analisando suas palavras. 

- Está, por acaso dizendo que nós dois precisamos fazer algo juntos? - perguntou tentando saber se era isso mesmo que Shownu queria.

- Sim - respondeu sem hesitar.

- Você sabe que caso isso dê certo, ainda temos um ao outro como rivais - queria tirar a história a limpo.

- Sei disso, mas estou disposto até mesmo ficar ela com junto com você, caso ela não consiga escolher - ele não tinha totalmente certeza sobre isso, mas de uma coisa ele tinha: - Mas ele não.

Wonho arregalou os olhos com a proposta do amigo. 

- Tem certeza? Depois daquela vez, você disse que nunca mais faria isso - Wonho insistia porque Shownu era um pouco conservador e mesmo que bêbado, naquele dia ele estava consciente.

Tanto que no dia seguinte, havia ficado um pouco desconfortável com Wonho, mas superou. Já Wonho era alguém mais liberal e por ele não havia problema. 

- Por ela, eu faço - disse convicto.

- Pensando bem, pode dar certo, somos amigos e podemos conviver com isso, certo? É só questão de costume.

Wonho falava com a mão no queixo, ponderando a situação.

- Vamos fazer isso - disse por fim e Shownu concordou.


.


O plano que bolaram era o seguinte, iriam se fazer notados por ela durante a semana e fechar com chave de ouro no fim de semana. E para isso acontecer iriam contar com Dior, com certeza ela ajudaria.

Na terça, Wonho entregou para Minji na porta da sala, uma rosa com um bilhetinho escrito:


"Para o doce mais doce que o mel"

SN e WN


Ele havia conseguido os horários dela para surpreendê-la com o ato. Apenas entregou, sorrindo de lado encarando intensamente e saiu sem dizer nada, surpreendendo não só ela como Dior e quem estava ao redor. Ela só conseguiu corar muito e passar o restante da aula sorrindo toda boba, admirando a rosa por todos os horários das aulas seguintes. E claro, ouvindo Dior falando sem parar sobre o quanto era sortuda.

Na quarta, houve competição de natação e grande parte da faculdade foi assistir, incluindo Minji e Dior. Shownu participou da competição principal, e não escondeu o interesse quando procurou alguém nas arquibancadas. E quando encontrou, sorriu para Minji antes de se preparar para cair na água. A morena achou que derreteria com o gesto do homem. E mais uma vez ouvindo a amiga surtar do seu lado, principalmente quando ele retirou a toalha que estava sob os ombros e mostrou o corpo definido que tinha. Graças a Deus estava nos degraus mais baixos, e consequentemente mais perto da piscina.

Com o coração na mão, observou quando ele terminou a prova em primeiro lugar. Ao sair da água, Shownu mexeu nos cabelos molhados, tirando o óculos e voltando o olhar novamente para Minji, apontando para ela e dizendo apenas mexendo com os lábios: "É para você", fazendo Minji corar violentamente e sorrir com tamanha vergonha, cobrindo metade do rosto com as mãos.

Na quinta, coincidentemente foi competição de Kendo, e Dior fez questão de arrastar ela para ver também. Dessa vez, procurou um lugar fácil de Wonho avistar, e quando ele percebeu, sorriu largamente. Ela sorriu tímida de volta, se sentia uma adolescente com o primeiro crush na vida.

E ele fez um espetáculo, porque só em saber que ela estava ali vendo ele competir, ficou energizado e isso lhe rendeu uma grande vitória. Ele fez um coração de dedinho e o beijou, estendendo em seguida na direção dela. 

Minji não sabia o que estava acontecendo com ela e os dois rapazes, mas seu coração faltava explodir toda vez que os via. Em contrapartida, eles estavam da mesma forma. O sábado haveria uma festa de comemoração na escola, por conta das competições e eles decidiram que agiriam lá. Por isso, na sexta procuram Dior e pediram para levar Minji de qualquer jeito para a festa


Notas Finais


E é isso, nos vemos amanhã.
Comentários são super bem vindos :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...