1. Spirit Fanfics >
  2. Doce sabor de cereja (Itasaku) >
  3. Aproximação perigosa.

História Doce sabor de cereja (Itasaku) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Já estou aqui com um capítulo divertido!! Vamos botar esse casal pra conversar!!! Vamos bora!!! ♥️🌸🍒
( ◜‿◝ )♡

Capítulo 6 - Aproximação perigosa.


Fanfic / Fanfiction Doce sabor de cereja (Itasaku) - Capítulo 6 - Aproximação perigosa.

Como pode??? Ter tanto tempo, mas querer uma coisa tão apressadamente?? Uma coisa que nem achava possivel, agora é possivel e talvez... Recíproco.


- então está me dizendo que precisa de um tempo de descanso, Uchiha...??

- foram ordens da médica. - mentiroso!! Sei que você quer!!!  Deixa de ser idiota!! Não quero...

- muito bem, vou dar 4 dias, se ela for tão boa quanto falam, até lá você estará bem.

- obrigado chefe. - conseguiu oque queria??? Pra onde vai levar ela??? Pra lugar nenhum!!! Seu Abusado!!

- Itachi... Oque foi aquilo com hidan?? - disse o ruivo.

- não foi nada... Só não quero que as pessoas pensem coisas de mim e dela. - Mentiroso!! Tava com ciúmes!! Adimite!! JA CHEGA.

- desde quando se importa com a vida alheia. E sobre boatos seus?? - o ruivo perguntava desconfiado.

- talvez fosse só uma brecha pra matar aquele idiota. Esse assunto acabou, pain. - saiu pelo porta escutando um grito logo depois.

- Só terminamos quando eu disser que terminamos Uchiha!! - ignorei. Estive com uma bela confusão mental esses dias... Talvez você só esteja pensando de mais em uma certa rosada... calado!!! .... É disso que quero dizer, é como se uma voz me dissesse que eu estava criando expectativas e sentimentos pela garota. mas a minha rejeitava esse pensamento idiota.

- vamos Sakura, por favor??? - escuto uma voz suplicante vindo da entrada do esconderijo, resolvo olhar.

- Não konan!! Não força a barra!! - vi a rosada dizer repreendendo konan.

- vaiii, por favor??? Por favorzinho?? Por favor, por favor, por favor!!!! - repetia desesperadamente.

- tudo bem konan... Ta eu vou.

- Yeeeeessss!!! Toma o dinheiro, eu quero caramelizado!! - dizia ja com os olhos brilhando. Não pude deixar de lado a curiosidade, logo me aproximando.

- do que estão falando. - as duas olham pra mim.

- pedi pra sakura comprar Dangos. Mas ela não queria pelo fato de "poder ser vista" mas eu ja consegui oque queria!!

Meus olhos brilharam, faziam Anos que não comia Dangos, como amava... 

- você gosta não é Uchiha? - vi a rosada me encarar segurando o riso, que por sinal ela não conseguia esconder.

Me mantive frio, queria... Mas não podia... Não me pergunte por que!  

- tudo bem Uchiha orgulhoso! Vamos!! - dizia a rosada ja indo em direção a saida.

- tá... - segui a mesma apressadamente.

........


Havíamos chegado no centro, ela estava com uma roupa diferente, estava com um kimono Branco que ia até o meio da coxa ,com um fita vermelha grande em torno da cintura, usava o chapéus de palha assim como eu, isso escondia nossos rostos ja que provavelmente em konoha, estariam procurando por ela...

...


Konoha, sala da hokage.

- desculpe Tsunade... Não achamos nada... Ela sumiu. - dizia o prateado com um semblante triste e cansado.

-Kakashi... Você tem Ordems expressas pra acha-la...NEM ISSO CONSEGUE?? - dizia a hokage com sangue nos olhos... E por mais raro e incrível que pareça. Lagrimas.

- Kakashi... Ela é como uma filha pra mim... E se ela estiver correndo perigo?? 

- Eu sei... Ela também é como filha pra mim... - naquele momento os olhos de Tsunade tomaram um ódio sem tamanho.

- filha kakashi??? FILHA??? VOCÊ SIMPLESMENTE IGNOROU ELA POR ANOS!! Por que seus preferidinhos, naruto e sasuke, sempre estiveram a "Cima" do patamar, MAS NA VERDADE É SUA CULPA!! Sempre a deixando de lado pra dar mais atenção ao Uchiha e o uzumaki... Por isso ela veio me procurar, procurar um apoio real, para realmente ter um nome nesse mundo, ser reconhecida... Então NÃO venha me falar que ela é como uma filha pra você. Deveria ter jogado essa lábia pro uzumaki, ele acredita. Eu não.

O prateado ficou Surpreso. Ela realmente tinha razão, ele só estava lá pra ela quando ela precisava afogar as mágoas de quando sasuke a fazia ficar chateada com algo, mas em questão de treinamento, ele sempre realmente mais prestou atenção nos outros membros. E se arrependeu por isso, agora ela era uma ninja excepcional. Eu sinto muito Sakura...

- você esta certa...Eu.... Me desculpe...

A loira bufou

-  Eu só quero ela de volta...

-Tem uma pessoa da qual eu posso recorrer... Pra essa missão. Seria bastante útil.

- diga.

- Naruto... Depois da destruição da vila, ele saiu em um missão com hinata atrás de sasuke, não sabe que Sakura está desaparecida.

- isso não seria bom kakashi... Se ele descobrir. Ele pode acabar saindo de controle...

- é nossa unica esperança, hinata pode procura-la com o Byakugan, naruto iria dar um grande suporte. Só os ninjas da ANBU não é o suficiente. Ele tentaram e falharam. Esse seria o plano B... Ou C... D... Eu ja nao sei mais...

- vou pensar nisso. Retire-se imediatamente.

- com licença. - o prateado saiu rápido.

- ah Sakura... Onde esta nesse momento?? Oque esta passando???


*Centro Da aldeia da Nuvem, um Dos esconderijos da akastsuki*

- quero 10 dangos caramelizados para viagem por favor. - o homem assentiu enquanto pegava uma caixa branca com detalhes dourados para colocar os Dangos. 

-  do que quer... sayuno?? - a rosada improvisou um nome para dar ao nukenin.

- sayun... Ata... Tradicional na casa.

-hum ja veio aqui antes??

- Não. Mas deve ser bom. - disse o moreno enexpressivo.

- muito bem. Quero o Caramelizado também. - disse a Rosada se sentando em uma mesa, seguida pelo moreno.

- como vamos comer com isso?? - apontou para a chapéu em sua cabeça. 

- Vamos sentar lá no fundo. Onde não tem ninguém.

Se levantaram e no meio do caminho se escuta o pedido deles pronto. Sakura vai até lá e pega o seus e de seus companheiros.

- aqui esta itachi. - disse colocando um grande prato com 4 Dangos  Bocchan de cores diferentes, um rosa um verde e um branco com um caldo cor de caramelo por cima de todos. Vi os olhos Ônix tomarem um brilho indescritível enquanto olhava pro prato como se ele fosse o amor de sua vida.

- parece que gosta mesmo!! - disse dando uma mordida no meu.

Ele logo atacou os pobres Dangos, comendo com vigor.

- Sasuke não gostava de doces... - soltei sem querer, como se meus pensamentos ganhassem vida e começassem a falar.

- desculpe...sei que é delicado... - voltei a comer silenciosa. Só observando ao redor.

- Como Sasuke está... - ele perguntou olhando dessa vez em meus olhos.

- e-ele... Ele saiu da vila. Fazia-se tempo... Mas não faz falta. Pra mim não. - disse observando o canto de seus lábios que se encontravam com um pouco de açúcar.

- Ouvi dizer... Mas, oque ele fez com você. - "perguntou" mas foi mais um tom autoritário.

- Nada que você precisa saber. - disse fria tomando um pouco da minha bebida.

- ele te machucou? - dessa vez num tom estranhamente preocupado.

- Não é isso... Ele só... - fiquei angustiada de lembrar da época daquele acontecimento... Eu era tão infantil. Tão imatura...

- só?? - ele me olhava suplicante.

- ele tentou me tocar... Só isso... - vi sua expressão mudar, ele me olhou preocupado e com... Raiva??

- mas... Foi com seu consentimento não é?? - dizia procurando qualquer desculpa pra não se culpar ainda mais pelos atos de seu irmão.

-... não... - me sentia uma idiota de estar falando isso pro seu irmão. estava envergonhada e com medo.

- nã- não...?? - ele me olhava surpreso.

- eu sinto muito kunoichi... Eu sou o culpado disso... - estava sendo sincero. Mas estava triste oque me deixava curiosa.

- tudo bem, ele é seu irmão mas... Já é adulto o bastante pra saber de suas ações. Ele fez por que quis, e por que é um idiota, acredito que nesse assunto você não tenha culpa... - estava desconfortável, e na primeira brecha que achei, levantei, deixando o dinheiro na mesa como costume e sai com os Dangos de Konan na mão. 

Como sou idiota!! Ele é o irmão dele, e se for apostar, é pior!! Por que tinha que abrir minha maldita boca??... Esquece... Prometeu que não iria se culpar... Não atoa!!

Em um ato de surpresa enquanto passava por um arco de arvores e flores de cerejeira. Fui prensada contra uma árvore grande onde em contato com minhas costas, balançou fazendo cair algumas pétalas de cerejeira sobre mim e....Itachi???

- oque tá fazendo!! Não me assuste assim!!! Eu poderia te matar e... - quando me dei conta que estava com o rosto tão perto do homem, tentei afasta-lo, mas ele resistia. Mesmo depois do que sasuke fez, eu perdi meu medo de homems. Eu poderia me proteger mesmo.

- Sakura... - eu saboreava como eu pronunciava o nome da kunoichi. Era um nome lindo, como ela. Mas não podia pensar nisso agora.

- oque voc- Fui cortada quando ele num passe de mágica, havia nos levado pra trás dessa mesma árvore. Ele estava com uma mão na minha cintura e a outra em minha boca. Claro que não iria deixar barato. Comecei a me debater para que ele me soltasse. Mas logo fico quieta ao escutar vozes conhecidas por mim.

- olha só hinata-Chan!! Esse lugar me lembra a sakura-chan... Que bom que a vovó nós enviou um pedido de volta. Estava com saudade de casa...

- sim Naruto-Kun... Sinto muito não poder ter te ajudado a trazer o Sasuke-kun de volta... 

- tudo bem hinata, na proxima tenho certeza que vamos encontra-lo!!! Mas oque mais a vovó disse naquele bilhete??

- esta falando da Tsunade-sama?? Bom, ela não quis dar muitos detalhes. Só disse que era urgente nós voltarmos!! - disse a perolada, um pouco timida.

- Quando chegarmos vamos no Ichiraku então???

- ti-tipo um e-encontro??

- an?? É claro. Se Vamos nos encontrar lá né, claro que vai ser um encontro Dattebayo!!

- ah... Bom saber que pensa assim Naruto-Kun...

lerdo!! - Penso.

Devagar ele vai tirando as mãos da minha boca, mas ainda me mantendo presa, entre ele e a árvore.

- Naruto-Kun... Sinto uma presença estranha...

Merda!!

- Hm?? então ativa o Byakugan. Para  no melhor dos casos, a gente estar em vantagem!!!

E agora?? Ferrou!! Olho pra itachi apreensiva, ele me olha por alguns segundos, e então, paro e penso. Se eu conseguir fugir... Vou poder falar com Naruto e os planos da akatsuki... Eu vou poder proteger meus amigos. Isso!! Boa ideia!!.

- esquece Naruto-Kun, deve ser só uma sensação normal, deve ter algum animalzinho por aqui.

Quando começo em gritar as primeiras palavras do nome do meu amigo. Sou surpreendida por uma coisa totalmente inesperada...

Senti seus lábios nos meus. Estava pressionando levemente. Pra me impedir de gritar, pelo fato de estar na situação mais constrangedora da minha vida, e a mais surpreendedora. Senti o chakra dos meus amigos se esvaindo aos poucos, dando sinal de eles estarem se afastando. 

Aos poucos o Uchiha vai afastando os lábios dos meus. E ainda me mantendo prensada na arvore e ele. Nós começamos a nos encarar. Eu realmente estava assustada com a atitude estranha e inusitada do Uchiha. Mas eu não posso negar que senti alguma coisa com essa proximidade.

- Itachi... E-eu... Desc- Fui cortada quando senti novamente seus lábios nos meus. Dessa vez ele tomou a iniciativa por si só. Sem desculpas. Sem pausas. Por uma segundo, vi minha sanidade me deixar naquele momento. Me entregando aquele beijo, quente. Ele pediu passagem com a língua, e eu cedi. O que era sútil e calmo foi se tornando Feroz e necessitado. Nossas línguas se entrelaçavam em um ritmo perfeito. Ele me prensava ainda mais contra a árvore como se quisesse atravessar minha alma. Apertando ainda mais minha cintura com possessividade. Por um castigo, tivemos que nos separar por falta de Ar. Nos olhamos por um tempo Ofegantes. Juntamos nossas testas com os olhos fechados. Oque estou fazendo... É tão errado... Mas tão...bom? Não não não!! Oque estou pensando?? Ele é um nukenin, procurado e assasino por matar todo seu clã!! Não posso fazer isso... Me desvencilhei dele saindo de lá em um pulo. Correndo dentre as árvores.

Como vou olhar pra ele agora?? PERAI...POR QUE NÃO ESTOU SURTANDO??? por kami... Que burrada eu fiz...


konoha algumas horas depois.


- co-como... - diz um certo loiro, com o rosto manchado por lágrimas que se recusavam a parar de descer.

- eu sinto muito Naruto... Nós vamos acha-la...

-... Fo-foi culpa minha Kakashi-Sensei... Eu devia estar lá... Com ela, ao invés de estar atrás do Teme...

- não se culpe Naruto, devemos nos concentrar em acha-la... Eu tenho um palpite...

- Qual tsunade-sama!!? - diz o loiro com uma ponta de esperança, limpando as lagrimas.

- Foi um ataque da akatsuki... É provável que-

- Akatsuki!! Malditos!! Se eles a tiverem pegado... Eu juro por kami, que mato cada um deles. EU VOU RECUPERAR A SAKURA-CHAN!!!

- não tenho dúvidas disso Naruto! Por isso vou montar uma equipe de buscas. Ja fizemos isso, mas agora, temos você e a hinata. Vamos juntar o time 7 e 8. Se arrume Naruto, vamos dar 4 dias pra vocês descansarem da missã-

- não tsunade-sama!! Eu vou hoje se for preciso, 4 dias são muita coisa!!

- isso não depende de você Naruto, hinata deve estar cansada, e vocês precisam organizar suas coisas. 4 dias e pronto...

-... Tudo bem... Eu vou indo avisar a hinata-Chan..

O loiro se dirige a porta, abrindo-a calmamente e fechando em seguida

- ele não teve uma boa reação... - o prateado fica um pouco apreensivo.

- acredito que ele vá deixar isso de lado, Naruto é um espírito forte kakashi.

- sei disso...mas quando se trata da sakura... Você sabe o que ele sente com os amigos. Pode se descontrolar...




Notas Finais


Olaaaa minhas cerejas!!! Como vão??? Desculpe a demoraaaa.
Fiz esse capítulo, com algumas revelações. Vamos logo colocar ação nessa história!!??
Espero que tenham gostado!!!

Uma boa semana!!! ♥️🌸🍒
( ◜‿◝ )♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...