História Dodoi - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol
Visualizações 97
Palavras 800
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite!

Esse plot surgiu quando eu estava visitando minha família e acabei sentindo essa dor que o Baek sente na fic. É algo bem simples, mas que eu espero que vocês possam gostar :3

É a primeira vez que escrevo algo com menos de 1000 palavras e foi um pouco estranho, mas um estranho bom kkk.

Enfim, tenham uma boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


BaekHyun tinha acabado de sentar no sofá da sala de seu pequeno apartamento que dividia com o namorado, quando passou a sentir um pequeno incômodo no lado esquerdo de sua barriga.

Sabia que não era algo grave com quê deveria se preocupar. Afinal, algumas vezes sentia esse tal desconforto que passava depois de tomar um remédio para dores abdominais. E foi com esse pensamento, que o jovem Byun acabou por se levantar e seguir em direção a cozinha.

Todavia, diferente das outras vezes, constatou que o remédio havia acabado e teria que sair para comprar ao menos uma cartela do comprido que costumava tomar. Porém, por estar com preguiça de se arrumar e sair, resolveu ligar para seu namorado que já estaria á caminho de casa.

Caminhou a passos calmos até o quarto onde tinha deixado seu celular carregando e após ver que ele já estava com a bateria cheia, retirou o carregador da tomada e posteriormente do celular e discou aquele número tão bem conhecido por si, que só foi preciso de dois toques para logo ser atendido.

– Channie? Poderia fazer um favor para mim? – Sentou-se na beira da cama enquanto ouvia a voz do outro lado da linha. – Estou com dor na barriga... Você poderia comprar aquele meu remédio? Obrigado, amor!

Depois da confirmação do outro, encerrou a ligação e resolveu voltar para a sala, afim de esperar pelo parceiro que avisou não demorar.

E assim como o esperado, não foi preciso mais de dez minutos e logo um rapaz alto de cabelos platinados e orelhas protuberantes entrou no apartamento carregando sua mochila e uma sacolinha de plástico em mãos.

O mesmo seguiu até o sofá onde seu pequeno estava e se sentou ao seu lado, deixando um selar breve nos lábios cheinhos que tanto já sentia saudades.

– Aqui, Baek.

BaekHyun pegou a sacola depois de agradecer ao Park, retirando a caixinha de remédio e notando que não era o que desejava.

– Channie... Você comprou remédio de dor de barriga.

– E não era isso? Eu ouvi muito bem você falar que estava com dor de barriga. – Chanyeol falou com convicção. Afinal, ele lembrava-se muito bem do pedido de seu namorado.

– Não. Eu disse que estava com dor NA barriga e não DE barriga.

O menor falou o mais calmo que podia, tentando explicar ao outro pois sabia que o mais novo acabaria não entendendo sua lógica.

– Não vejo diferença.

Dito e feito.

Byun suspirou baixinho, murmurando um "deixa pra lá", deixando a sacola com o remédio sobre a mesinha de centro e se levantou seguindo para o quarto que dividia com o outro rapaz que fez um pequeno bico antes de o acompanhar.

Sabia que não adiantaria tentar explicar no momento a diferença das duas dores, então deixou para depois. Só desejava deitar um pouco e esperar a dor passar sem a necessidade de um remédio, pois ainda estava sem vontade de sair do aconchego de sua casa.

– Desculpe, Baek.

Chanyeol falou em tom baixo, observando o baixinho deitar na cama de casal. Não precisou pensar duas vezes, para ele retirar sua roupa do trabalho e ficar apenas de boxer, para subir na cama e deitar ao lado do mais velho, o puxando para mais perto e o fazendo deitar a cabeça em seu peito.

Baek abraçou o maior, fechando os olhos enquanto dava um mínimo sorriso ao sentir as carícias sutis em seus fios de cabelo.

No fundo, o Byun sabia que precisava de remédio para a dor passar, porém, naquele momento, ele preferia estar nos braços do amado á ter de sair.

– Pode dormir. Eu ficarei aqui o tempo todinho cuidando de meu baixinho dodói.

– Obrigado, Channie.

Levantou a cabeça, dando um sorriso ao Park, antes de deixar um último selar e voltar a deitar a cabeça em seu peito para aproveitar do carinho dele em si.

Afinal, Chanyeol poderia não ser literalmente o tal remédio que precisava no momento, mas ele, sempre seria aquele remédio que estaria ao seu lado lhe dando carinho, atenção e amor a qualquer dia e a qualquer hora sem precisar pedir por isso.

– Eu te amo, Bae.

– Eu ambém te amo.

Sussurrou uma última vez, antes de finalmente deixar ser levado para o mundo dos sonhos.

O maior, deu um sorriso ao notar que ele havia adormecido, deixando um selar na testa do outro em seus braços, se ajeitando na cama para ficar confortável e poder dormir juntamente dele. Pois, para Chanyeol, não tinha lugar melhor que estar com BaekHyun, ainda mais quando este se encontrava dodói já que ficava mais carente, porque assim, poderia aproveitar para lhe dar o máximo de carinho possível sem precisar de uma desculpa.

 Pois, Chanyeol, sempre seria o remédio do menino Byun. E BaekHyun, sempre seria aquele que o menino Park gostaria de cuidar.


Notas Finais


Desculpem caso tenha algum erro :')

Espero que vocês tenham gostado e se puderem, comentem o que acharam!

Até mais sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...