História Dois Amantes - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 3
Palavras 510
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, LGBT, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Parte final


Na metade do filme, uma comedia romântica, Marcos me puxou para ficar no meio de suas pernas. Estávamos sentados Nicolas, eu e Marcos, assim que Nicolas sentiu meu corpo afastar do seu, ele olhou em minha direção e logo voltou a prestar atenção no filme. Minutos depois senti uma mão me puxar discretamente pro outro lado do sofá, claro, Nicolas não deixaria barato o Marcos me afastar dele.

Marcos pareceu perceber a ação do loiro e me apertou mais em seus braços. Nicolas o olhou mortalmente e eu só fiquei observando as ações de cada um.

Nicolas: Marcos solta ela! – esbravejou Horan me puxando pelo braço

Marcos: Hoje é meu sábado! - Marcos me puxou pelo outro

Nicolas: Ela disse para ficarmos os dois com ela! – me puxou mais forte

Marcos: Mesmo assim, hoje ela é minha! – me puxou de novo

Nicolas: Mary fala alguma coisa! – me puxou quase fazendo com que eu caísse do sofá

Marcos: Ela não vai falar nada! – e antes que ele me puxasse eu me soltei dos dois

Eu: Vocês querem me rasgar ao meio? – gritei irritada – A porcaria do acordo tinha data de validade e eu não sabia? – eles me olharam assustados

Nicolas: Foi o Marcos que começou.

Marcos: Ata fui eu que fingir estar doente!

Nicolas: Isso já passou ok?

Marcos: Passou, assim como meu sábado perfeito!

Eu: Parem os dois! – gritei em uma tentativa falha de para a discussão

Marcos: Você se fingi de santo né Nicolas? – Marcos disse cara a cara com o Nicolas

Nicolas: E você se acha o tal né Marcos? – Nicolas o empurrou com o ombro

Os dois continuaram a discutir e me parecia que a qualquer momento começariam a se matar nessa sala. Eu já tentei gritar e me meter no meio, mas não dava certo. A única maneira é deixá-los preocupados.

Me joguei no chão e fingi um desmaio e logo o falatório parou.

Nicolas: Mary – gritou e ouvi passos se aproximarem

Marcos: Viu o que você fez Nicolas! – sentir eles me tocando

Nicolas: Eu! Você não perde tempo em me deixar fora da vida da Mary.

Marcos: Eu nunca fiz isso cara!

Nada parece parar essa briga idiota, isso já ta uma palhaçada. Vou ter que partir pro drama.

Eu: Vocês não vão mesmo parar de brigar? – perguntei baixo abrindo os olhos lentamente

Marcos: Amor você está bem? – colocou minha cabeça em seu colo

Eu: Eu acho que minha pressão caiu, eu não sei... – me sentei devagar – Só me lembro de vocês estarem brigando e... – parei de falar e derramei lagrimas falsas

Nicolas: Ei amor não chora! – sentou na minha frente e segurou meu rosto

Eu: Vocês ficam brigando e eu não gosto disso. – funguei

Marcos: Desculpa amor, não vamos mais te magoar! – beijou minha testa

Eu: Eu não quero vê-los brigando. – encarei os dois

Nicolas: Nós não vamos eu prometo! – puxei os dois para um abraço triplo

Bem, um Drama de vez em quando resolve as coisas, eu espero realmente que não briguem mais. Eles são amigos e odiaria ficar no meio dessa amizade.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...