História Dois amores Híbridos ( Taeyoonseok jikook e namjin) - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Bts, Hibridos, Hybrid, Jikook, Mpreg, Namjin, Taegi, Taeyoonseok, Vhope, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 321
Palavras 1.322
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee coxinhaas!!!! Boa leituraa

Capítulo 31 - Lemon, Hot, Cio Namjin part 2


Fanfic / Fanfiction Dois amores Híbridos ( Taeyoonseok jikook e namjin) - Capítulo 31 - Lemon, Hot, Cio Namjin part 2

Namjoon on

Meu Deus eu corri mais eu corri, agora estou debaixo da mesa da atendente do McDonald's. Graças a Deus essa mulher me deixou ficar aqui, porque Jin está possuído tenho certeza!!! Depois que ele viu eu e a hyuna conversando foi o fim, ele jogou os dois refrigerantes em bossa direção e saiu correndo atrás de nós. Eu e ela nos separamos e ele foi para o lado dela. GRAÇAS A DEUS.

— Moço ele foi para o outro lado, já pode sair... Te recomendo ir para o lado sul já que ele foi para o norte. - Diz a moça educada se achando para ficar no meu tamanho.

— Moça, muito obrigado!!!

Saio de fininho e reparo que ele está batendo na hyuna e algumas pessoas tentando os separar, olho para o lado querendo correr ao contrário mais olho novamente e corro em sua direção.

Jin — Sua Puta, Vadia, Vagabunda, piranha...

Jin gritava agarrando o cabelo dela, e ela retrucava de volta agarrando sua blusa.

— Puta, ridícula eu!? Se olha no espelho! Senti seu cheiro...Dá vontade de vomitar! Não sei como o Nam te aguenta, - Jogou na roda e Jin não fez uma cara uma boa não, podia até interferir mais pela cara do Jin se eu fizer isso vou sofrer as consequências depois...

— Minha filha olha aqui! Sou EU que lhe dou prazer, Sou EU quem ele escolheu, Sou EU quem tem direito de encostar um dedo nele, Sou EU quem ele quer ficar não com uma falsificada como você.

— Eu dei a ele mais prazer do que você poderia dar!! - Diz Hyuna e engulo seco, afinal não posso mentir Hyuna e boa de cama mais quando me deitava com ela era apenas no cio ou sexo sem compromisso, nunca contei sobre Jin sobre meus relacionamentos anteriores.

— Ah meu... Você é passado minha querida! Já eu sou o presente e o futuro! - Solta o cabelo dela e ela a sua roupa assim que o segurança chega.

— Vamos Namjoon! - Não te quero perto dessa vadia falsificada lá dos 5 dos infernos não. Sai me puxando em direção ao cinema, olho em volta e não vejo quase ninguém (Graças!!) pois todos estão no cinema alias todas as lojas já fecharam e o unico aberto é ele.

Jin me puxa até o cinema onde entramos e sentamos na última fileira já que chegamos atrasados, não tinha muita gente já que é tarde da noite, aliás foram 2h de confusão. Estão ficando preocupado Jin está muito silencioso.

[...]

Ficamos o filme todo sem trocar uma palavra, queria pixar assunto mais não sabia como, como posso fazer tanta merda assim!!! AFFS!

Entramos no carro e aquele silêncio todo foi aliviado por mim.

— Jin, Me desculpe tá? Eu não sabia que ela iria aparecer e...

—Eu não sou bom o suficiente? - Me interrompe sério.

— Jin do que esta falando? Claro que você é! - Digo passando a mão em seus cabelos.

— Você gosta de fazer... - Diz com receio e abaixa a cabeça.

— Fazer...

— Fazer... Fazer... Sexo comigo? - Diz a última frase rápida. E rio, não estou acreditando que ele esta me perguntando isso. Acho que a Hyuna mexeu com a cabeça dele mesmo.

— Gosto e Muito 😏 Se quiser inclusive estou a disposição agora. - Rio da sua vergonha.

— Ai Namjoon! Para de fazer ficar mais vergonhoso! Vamos logo! Temos que ir para mais um lugar!

Tento ligar o carro mais nada acontece, ligo novamente mais ele morre, tento 3 vezes e nada. Já ligo para o mecânico já que de carro não entendo NADA e ele me diz que vamos ter que esperar até amanhã.

— Vamos ter que ir de ônibus, você sabe qual podemos pegar? - Perguntou para ele já que bem sei para onde vamos agora, e vou ter que deixar o carro aqui.

— Sei vamos pegar o metrô. Fica aqui perto.

Andamos até a estação e fiquei observando Jin, ele estava muito bonito! Com uma bermuda branca colada no corpo uma sandália e uma camisa sem manga cinza, seu corpo tem belas curvas, paro de olhar antes que eu tenha uma ere-Ixxiii tarde demais...

— Vamos entrar neste! - Aponta para a plataforma e entramos nela, está cheia para o horário, com certeza tinha algum evento.

Jin on

Entramos e o único que conseguiu lugar foi Namjoon, mais ele me puxou para seu colo e aceitei de boas, as senti que estava com uma ereção *Filho da mãe! *

Olhei para ele com uma cara de Não e ele sorriu malicioso, senti uma mão subindo e descendo minhas coxas e as apertando, tirei elas dali mais sem sucesso senti elas entrando por dentro da minha bermuda, meu Deus! Ele é louco, ele vai fazer isto aqui mesmo? Vejo as pessoas saindo e ficando apenas poucas pessoas, sua mão gelada estava passando por cima da minha cueca e apeetando meu membro, arfei um pouco alto demais e algumas pessoas me olharam provavelmente entendendo o que estava acontecendo já que sim desceram da plataforma.

— Nammie...Agora não... - Tento dizer...

Tirou suas mãos de dentro da minha calça e confesso que me senti vazio com um gostinho de quero mais, ele colocou uma blusa em meu colo e abriu minha o zíper e descendo um pouco minha bermuda juntamente com minha box, agarra meu pênis fazendo movimentos de vai e vem lentamente, sinto meu corpo ficar quente e minha lubrificação descer... Boa! Agora entrei no cio, ele percebeu e deitou minha cabeça em seu ombro, afastou minhas pernas para que ficassem uma de cada lado de seu joelho e aumentou a masturbação e com a outra mão apertando minhas coxas inferiores e fazendo carinho, adentrou mais a mão chegando a minha entrada já com um pouco de lubrificação, ainda bem que o cio esta apenas começando consigo controlar meu desejo de ser fundido por Nam!

Nam on

O cheiro dele estava ficando forte, preciso tirá-lo dali antes que algum alfa perceba, quero marcar aquela pele branquinha e fuder aquela entradinha que me cabe e recebe perfeitamente. Quando ia gozar afundou o rosto em meu pescoço e melou toda a minha mão... Algumas pessoas perceberam, mais eu estou pouco me importando com elas a única coisa que eu quero é eu dentro do meu amado, Hoje vou marcar minha princesa e a fazer minha por completo. Limpei as mãos na cueca dele e a vesti novamente recebendo uma resmungo e acabo rindo visto sua roupa guardo o pano e espero para descermos no local da surpresa.

Autora on

Depois de um tempo Jin deu o sinal fazendo Nam sair do metrô carregando o menor que estava com seu cheiro extremamente forte chamando atenção dos alfas.

Seguiu todas as instruções do Amado e acabou parando na frente de um hotel chamado "O Hotel/motel do sexo!!!" O maior sorriu malicioso e pegou os dois engreços que eram para um quarto reservado apenas para eles, com adicional de alguns "brinquedos".

Entrou no quarto de luxo e jogou o rosado na cama o fazendo gemer, subiu em cima dele e o beijou ferozmente com possessividade. Arrancou sua blusa e bermuda ficando apenas de Box, o arroxeado podia ver a lubrificação natural escorrendo pela perna do amado, sentiu o cheiro de morango do amado não resistindo a mordidas fortes na curvatura do pescoço do menor o fazendo se contorcer pela dor do cio.

— Eu preciso de você Naammiee... Eu quero você aqui dentro...

Namjoon segurou as duas mãos acima da cabeça de Jin, tirou seu cinto da calça e lhe deu uma cintada nas coxas palidas do outro.

—Awwn Appaa...

— Você só fala qua do eu deixar.... — diferiu mais uma forte em sua outra coxa só que mais forte.

— Como se fala?

— Sim... Appaa..

O arroxeado pega uma algema e prende os dois braços de Jin, pega duas cordas e amarra uma em cada perna as separando deixando-o exposto.

— Appaa...

— Você sabe o que fez de errado não é Baby? Então merece uma punição.

Uma cintada mais fraca por cima de seu membro o fazendo arquear as costas...


Notas Finais


Comentem o que acharam!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...