1. Spirit Fanfics >
  2. Dois Irmãos >
  3. A Traição

História Dois Irmãos - Capítulo 36


Escrita por:


Capítulo 36 - A Traição


Jake me sorri. Eu sorrio também. Ele se aproxima de mim como se fosse me beijar, sinto um certo frio no estômago e deito minha cabeça em meu peito, ele me faz cafuné, acabo adormecendo.

Segunda - feira, o pior dia para mim, pois é começo de semana, tem aula, tenho que aguentar olhar pra cara do Christopher, e ainda estava iniciando uma longa semana de prova, o que pode ser pior que isso?

Chego na escola e sento em um banco. As meninas ainda não haviam chegado. Vejo Christopher conversando com uns garotos, finjo não vê-lo. Estou mexendo em meu celular, quando aquele abestado para em minha frente. Olho para cima e o vejo.

-Oi. -Ele diz com um largo sorriso.

-Oi. -Falo com indiferença.

-Sabe da Mika?

Olho dentro dos meus bolsos, e depois me ponho a olhar para ele.

-Aqui ela não está. -Digo em tom de ironia.

-Muito engraçadinha. -Fala. -Posso esperá-la aqui com você?

-Não!

-Obrigado. -Fala se pondo a sentar do meu lado.

-Qual parte do ´´não´´ você não entendeu? -O questiono.

-Por que você é assim comigo, hein?

-Porque eu não gosto de garotos como você. 

-Como eu? Bonitos ou legais?

-Estúpidos.

-Ui, essa doeu! -Fala em tom de deboche.

Ele fica me olhando. Não gosto quando ele me olha desse jeito. Um olhar meio sedutor. Mika chega, dá um selinho em Christopher e fica conosco. Não gosto de vê-los juntos, pelo fato que eu sei que ele não presta, não sei como minha amiga ainda não percebeu isso. 

No primeiro período tivemos prova de História, acho que fui bem, a professora era muito legal, isso fazia com que eu quisesse prestar atenção nas aulas, pois ninguém merece professores chatos.

Quando a aula acabou, Mika e Christopher se despediram da gente e foram embora, iriam almoçar fora.

-O que ela viu nesse garoto, hein? -Pergunto à Gabi enquanto vejo os dois saindo de mãos dadas.

-Amiga, sério, para, assim parece que você está com ciúmes. -Diz Gabi.

-Ciúmes? Ah, por favor. Nada a ver… Eu só não gosto de ver a minha amiga caindo na lábia desse idiota.

-Se ele for tudo isso mesmo que você diz, nem se preocupa que ela verá sozinha quem ele é.

-Verdade… Tomara que ela perceba logo, para o tombo ser menor.

Gabi e eu saímos da escola pelo portão principal, eis que de repente…

-Não, não pode ser. -Digo.

Era Jason. Ele estava do outro lado da calçada com quatro garotos que eu nunca vi na vida, com certeza são aqueles amigos da pesada dele. O que ele estava fazendo na frente do meu colégio?

Certamente queria alguma coisa comigo. Sinto medo ao vê-lo.

-O que houve? -Pergunta Gabi.

Continuo olhando para Jason, ele me acena e sorri.

-Quem é? -Pergunta minha amiga. -Você o conhece?

-Infelizmente. -Digo. -Amiga, será que sua mãe se importariam de me dar uma carona até em casa?

-Claro que não. -Diz Gabi.

Em seguida, a mãe da Gabi chega, eu a cumprimento, e ela diz que me dariam uma carona, a mãe dela não se importa, e muito amável, diz que seria um prazer. Olho para Jason, que fica me encarando. Seu olhar era tenebroso.

-Muito obrigada pela carona. -Digo ao chegarmos em minha casa.

Gabi e eu descemos do carro, estava sentindo que ela queria me perguntar sobre tudo isso e não estava enganada.

-Quem era?

-Meu primo, irmão do Jake.

-Não entendo. Porque você reagiu daquela maneira ao vê-lo?

-Os dois são pessoas completamente diferentes, Jake é um amor, zero defeitos, já o Jason é ruim, nunca foi boa pessoa, não gosto dele, me dá medo.

-E o Jake sabe disso? -Me pergunta.

-Não e também não contarei. A ficha de bom moço do Jason um dia cairá.

-Tomara amiga.

Gabi se despede de mim e vai embora. Entro em casa e logo avisto Jake preparando o almoço.

-Oi. -Falo.

-Oi. -Diz sorridente.

Jake estava com um avental e duas luvas de cozinha, tirando a lasanha do forno, nunca pensei em ver meu primo desse jeito.

-Você está lindo. -Brinco.

-Vai debochando. -Fala em tom descontraído.

-Tá com uma cara boa. -Digo me referindo a lasanha. -Você que fez?

-Aham. 

-Xi, acho que não vou comer, não. -Brinco.

-Boba!

Papai já havia saído para trabalhar. Almoçamos apenas Jake e eu. Penso em lhe contar que vi Jason na frente do meu colégio, mas talvez isso não fosse uma boa ideia.

-Isso tá uma delícia. -Digo. -A melhor lasanha que eu já comi na vida. Não sabia que você mandava tão bem na cozinha.

-Sophie, tem muita coisa que você não sabe a meu respeito. -Diz com o olhar fixo em mim.

-Então, me conte. -Falo.

-Teremos muito tempo para isso.

Ele me dá um sorriso meio tímido. Sorrio também e seguimos almoçando.

À tarde, resolvemos dar umas voltas. Fomos à praça que eu mais gostava, Jake também gostou bastante do lugar. Mas eis que de repente avisto algo que me chama muito a atenção, negativamente. Era Christopher, ele estava aos beijos com uma garota. Mas pera, aquela garota não era a Mika. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...