História Dois lados (a historia de sweet pea e jellybean) - Capítulo 49


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "FP" Jones II, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Reginald "Reggie" Mantle, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags Drama, Riverdale, Romance
Visualizações 12
Palavras 678
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura❤

Capítulo 49 - Capítulo 49


POV'S SWEET PEA

Que?como assim?-Pergunto

A jelly e minha filha com a penny-Diz ele

Como assim?me explica-Falo

A penny e a mãe do jughead sempre foram muito amigas,e um tempo depois do Jug nascer eu e ela passamos um tempo separados,então eu fiquei uma noite com a penny,que descobriu que ficou grávida da jelly pouco tempo depois disso,a mãe do jughead sabia que a penny tinha ficado grávida de uma filha minha-Diz ele

Continua-Digo

Então quando a jelly nasceu e penny me deu a guarda total dela pra mim,a mãe do Jug ficou muito apegada a jelly,então ela falou com a penny e assumiu o lugar de mãe da jelly,no lugar da penny,e resolvemos não contar nem pra jelly nem pro Jug,e criar os dois feito irmãos de verdade-Diz ele

Então a jelly e filha da penny com você,e ela e irmã do Jug por parte de pai?-Pergunto

Isso mesmo,estou com medo de perder minha filha por ter mentido pra ela todos esses anos-Diz ele

Sei que ela vai ficar com raiva,mais vai te perdoar ela te ama apesar de tudo-Digo

Pai o que foi-Pergunta ela se aproximando

Nada,já fez o teste?-Pergunta ele

Fiz sim,mais sinceramemte não sei pra que,já que nos somos irmãos-Diz ela

Senta aqui filha-Diz ele

POV'S JELLYBEAN

Depois de um tempo a infermeira chega com o resultado do exame

Deu negativo,vocês dois não são compatível-Diz ela

Isso e impossível,nois dois somos irmãos-Digo

Eu sei e estranho irmãos de pai e mãe não serem compatíveis-Diz ela

Jelly vamos conversar-Diz meu pai

Por que pai?-Pergunto

Vamos-Diz ele,depois dele me explicar tudo eu fico sem chão,como assim a mulher que mais me fez mal,e a minha mãe,e a mãe que eu sempre chamei de mãe não e minha mãe biológica,e o pior eu odeio a mulher que e minha mãe biológica

Filha me desculpa-Diz ele

Como me fala,eu não sou filha da mulher que eu considero minha mãe,mais sim da mulher que me sequestrou,e não posso ajudar o meu irmão que agora precisa de mim-Digo

Eu doou meu sangue pra ele não se preocupe,isso não quer dizer que sua mãe não te ame-Diz ele

Tenho que ficar sozinha,quero pensar-Digo indo embora

Jelly tudo bem?-Pergunta o sweet pea

Não,eu não to bem,eu sou filha da penny-Digo indo pra fora do hospital

POV'S SWEET PEA

Depois da jelly sair correndo do hospital vou atrás dela,e vou procurar ela no único lugar em que ela sente paz nessa cidade,chegando no lago,ela esta lá chorando sentada na beira do lago

Posso?-Pergunto me sentando

Sweet pea como e que eu vou superar isso me fala,eu sou filha da mulher que eu mais odeio nesse mundo,ela quase matou o meu pai,e me sequestrou-Diz ela se apoiando em mim

Jelly eu não sei,mais vamos superar-Digo abraçando ela

Desculpa ter terminado com você,foi a pior coisa que eu já fiz na vida-Diz ela

Eu não tenho que te desculpar em nada,sei que você fez isso pro meu bem-Digo

Eu te amo,já falei isso hoje-Diz ela

Ma verdade sim-Digo fazendo ela dar uma risada

Só você mesmo pra me fazer rir nesse momento-Diz ela

Vem vamos pra sua casa-Digo

Não aquela não e minha casa,e a casa do FP-Diz ela

Não seja boba,ainda e sua casa,e ele ainda e seu pai-Digo

Só quero um tempo pra pensa, me leva pra sua casa,por favor-Diz ela

Ta-Digo

POV'S JELLYBEAN

Depois de passar a noite com o sweet pea,acordo e me lembro de tudo o que esta acontecendo,mais tento entender o lado do meu pai,ele fez isso pro meu bem,pelo menos eu acho,mais e difícil,por que ele me escondeu isso,por que não me disse,por que me deixou acreditar e ate odiar aquela mulher,saio da cama lentamente pra não acordar o sweet pea,vou ate a cozinha e procuro um remédio pra dor de cabeça

Estão na outra gaveta-Ouço uma voz atrás de mim

Obrigado,sei que estou de dando muito trabalho-Digo

Que nada jelly,eu fico feliz de você ter aceitado que eu cuidasse de você-Diz ele

Sobre agente,como agente ta?-Pergunto

Você quem sabe,aceito o que você disser-Diz ele

Por mim,eu nunca mais quero ficar longe de você-Digo dando um beijo nele

E aquele convite?-Pergunta ele

Nunca retirei ele-Digo

Você acha que esta pronta pra conversar com o FP?-Pergunta ele

Talvez,mais hoje quero ver o Jug,ele ainda e meu irmão,e ainda o amo,só não quero ver o FP,ainda-Digo

Entendo,quer que eu te acompanho?-Diz ele

Claro-Diz ela



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...