História DoJae - (Back to the past) - Capítulo 60


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Mamamoo, Neo Culture Technology (NCT), Stray Kids
Personagens Doyoung, Hwasa, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Johnny, Lee Felix, Oh Se-hun (Sehun), Taeyong, Ten
Tags Dojae, Doyoung, Exo, Felix, Gay, Hwasa, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jhontae, Johnny, Kpop, Lemon, Lgbt, Mamamoo, Nct, Nct2018, Nctdream, Nctu, Nomin, Romance, Sehun, Straykids, Taeyong, Ten, Wayv, Yaoi
Visualizações 124
Palavras 562
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 60 - Cap. 60


Fanfic / Fanfiction DoJae - (Back to the past) - Capítulo 60 - Cap. 60

Apenas três horas de viagem iam se concluindo e Doyoung já não aguentava mais ter Jaehyun ao seu lado. O mesmo quando não lhe contava piadas sem nexo algum, lhe obrigava a ouvir música consigo.

_ Doyoung! - Jaehyun tirou seus fones de ouvido se virando na direção do mais velho.

_ Aí, lá vem essa praga biscoiteira de novo.. - Murmurou num tom audível somente para si. _ O quê é?

_ O quê aconteceu com os lápis quando souberam que o dono da Faber Castell havia morrido?

_ Não sei, Jaehyun.. - Doyoung voltou seus olhos para seu celular, tentava calcular de cabeça quantas horas e minutos faltavam para a aterrissagem daquele avião.

_ Eles ficaram desapontados.. - Jaehyun sorria consideravelmente alto, enquanto Doyoung tentava disfarçar fingindo não o conhecer.

_ Se não quiser que eu enfie um pano na sua boca, é melhor parar de rir. - Reclamou Taeyong do banco da frente.

_ Bata na sua cara antes que eu bata.. - Indagou Doyoung ao ajeitar sua postura sobre sua poltrona.

_ Tá! Tenho mais uma..

_ O quê você está querendo? - Questionou por estar se sentindo incomodado.

Jaehyun estava agindo muito estranho, estava começando a achar que, aceitar viajar pro mesmo lugar que o mais novo não era uma boa idéia.

_ Vou contar mais um piada. Escuta es-

_ Não! - Indagou num tom rispido por estar farto. _ Não quero ouvir suas piadas, não está vendo que elas não tem graça nenhuma?! São péssimas!

O mais novo encarou Doyoung por alguns segundos como se estivesse assimilando o que o rapaz havia dito.

_ O quê o pagodeiro foi fazer na igreja? - Jaehyun recebeu um bufar da parte de Doyoung como resposta. _ Foi cantar pá god.

O mais novo soltou alguns risos contidos afim de não atrair a atenção de seu irmão novamente, mas por outro lado, atraiu o olhar de reprovação de Doyoung.

_ Entendeu?! - Fazia um gesto de assimilação. _ Pagode, pá god..

_ Seu hobby favorito é passar vergonha?! - Revirou seus olhos. _ Cala a boquinha, cadela. Cala..

_ Tenho mais uma.. - Jaehyun parecia empolgado com suas piadas.

Doyoung por outro lado estava visivelmente entediado, bufava a cada novo segundo. Já Taeyong no banco da frente se arrependeu amargamente por ter obrigado Ten a sentar a seu lado. O tailandês resmungava de cinco em cinco minutos de fome, o barato estava saindo muito caro para Taeyong, que só não metia o tapa em Ten, porque Johnny o continha com a desculpa de que tinha testemunhas no local.

_ Cala a boca, Jaehyun! - Indagou Doyoung por não aguentar mais. _ Você está me deixando louco. Cala a boca, filho do cão.

_ Tá de tpm, infeliz? - Jaehyun questionou num tom de deboche.

_ Na sua casa depois que você começou a sair com o Félix, você nem na minha cara olhava. Porquê derrepente está com toda essa ousadia pro meu lado?! Te manca, não fico com homem compromissado.

_ Só porque estou contando piadas, não significa que eu quero ficar com você..

_ Se toca, caralho! - Doyoung falou tentando dar um choque de realidade no mais novo. _ Você não tem graça alguma, não te aguento mais. Qual a dificuldade de calar a porra da boca?

Jaehyun talvez tivesse entendido o recado, respirou profundamente ajeitando sua postura sobre sua poltrona.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...