1. Spirit Fanfics >
  2. Doki Doki Fairy Dance >
  3. Uma nova Sherlock

História Doki Doki Fairy Dance - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Capitulo oito cheio de emoção, preparem-se para o que esta por vir ●﹏●

Capítulo 8 - Uma nova Sherlock


19:00

Uzami (MÃE DA YURI) P.O.V

Finalmente em casa, ufa, ja estava cansada daquele computador, ainda bem que só falta dois meses para minhas ferias, consegui terminar meu trabalho bem mais cedo hoje. Entro em casa e sinto um cheiro delicioso de cupcake, deve estar uma delicia pelo cheiro, que esta se misturando a um cheiro de chá, essa casa nunca esteve tão cheirosa hihi. Entro na sala e vejo Yuri sentada com sua amiga Natsuki, decido entrar devagar para não assusta-las. Elas estão se aproximando... Pera elas se beijaram!?
- MAS O QUE DIABOS TA ACONTECENDO AQUI!!
Yuri pula do sofá dando um grito
- M-Mamãe!?
A amiga dela ta paralisada no sofá. Meu unico pensamento e manda-la sentar no sofa. Ela se senta e eu sento na poltrona do pai dela que fica do lado do sofa.
- Me explica com calma... Digo extremamente séria
- M-mamãe, eu e Natsuki estamos n-n-namorando. Ela toma um ar e continua, enquanto a outra esta com uma cara de paisagem misturada com terror
- Mãe, somos muito felizes, mesmo quando eramos amigas, e não existe problema em ela ser mulher, dá certo, ela me aceita como sou e...
- Eu não ligo pra ela ser mulher, o que me deixa furiosa é que além de não ter me contado, você ainda ta fazendo isso escondido na nossa casa. Quantas vezes isso ja aconteceu?
- E-essa é a primeira, eu juro!
- E você Natsuki, quer dizer algo?
- D-desculpe senhora... Ela diz isso muito triste, chega a me dar uma pena, mas não posso amolecer agora, esta na hora da minha super bronca blaster de mãe
- Yuri e Natsuki, vocês mentiram pra mim, eu estou revoltada com vocês. Espero que não se repita, se for pra vir pra cá me avise, e seu pai eu nem sei o que fazer.
- M-mãe, por favor...
- Deixa que eu falo com seu pai, mas ele vai dar uma bronca em vocês tambem, e Natsuki
- S-sim senhora?
- Você pode dormir aqui hoje, além de estar tarde, vocês duas tem que ouvir o esporro do pai dela, ou você quer ir embora?
- N-não senhora, eu fico, apesar do esporro, ainda será uma honra
- Otimo, agora... Cadê os cupcakes que eu senti o cheiro?
- Na mesa mamãe. Diz ela muito tristinha, hehe minha bronca blaster de mãe ainda esta afiada.

21:00

Natsuki P.O.V

Ja fazem duas horas que estamos aqui, tensas, apesar da dona Uzami ter se acalmado, principalmente depois de comer uns cupcake, ainda tem o pai da Yuri. Eu sempre tive medo dele, ele consegue ser maior que a Yuri ainda, meu Deus eu sou a mais baixinha aqui, e mais franzina tambem. Me sinto numa caverna de orcs.
- ... Certo Natsuki? Diz a mãe de Yuri, seria bom se eu tivesse prestado atenção.
- Mãe, acho que ela não ouviu
- Ah sim, estava falando que os cupcakes estavam uma delicia, mas pra fazer um bom desse jeito tem que ter muita pratica, assim como os chás da nossa casa
- Ah sim dona Uzami, com certeza, muita pratica e carinho hihi
- Estão nervosas meninas? Diz a mãe de Yuri preocupada
- E como dona Uzami, estou apavorada!
- Pois é mãe, não sabemos como meu pai vai reagir, e obviamente a Nat fica intimidada, ela é duas vezes menor que ele
- E-ei não me chame de baixinha!!
- D-desculpe Nat, mas fazer o que né, você é muito fofa
- EU NÃO SOU FOFA!!
- Vocês duas são muito fofas juntas hehee. Surpreendendo a gente, quem disse isso foi o pai de Yuri, o senhor Yunzo.
- P-pai, o senhor chegou a muito tempo?
- Acabei de entrar e ví vocês conversando. Mas sinto informar uma coisa triste...
- O-o que pai?
- A mais fofa nessa mesa é minha esposa. Diz ele de forma bem carinhosa, sinceramente sempre o ví como um gigante assustador, mas parece que ele é um cupcake gigante mesmo hihihii. Mas isso não me tira em nada o nervosismo
-P-pai, temos que contar algo pro senhor. Diz Yuri assim do nada, não era a mãe dela que ia falar!? Ficou louca de vez Yuri!?
- O que filhona? Vocês vão ter um bebê? Hohohooo. Agora realmente ele parece um papai noel
- N-não pai, mas estamos namorando mesmo
- Yuri, sobe pro seu quarto agora. O pai dela mudou completamente a feição agora, ficou identica a de Yuri quando esta com raiva, mas com muito mais carranca
- M-mas pai!!
- SOBE. Yuri sai correndo para o seu quarto e eu tento acompanhar
- Você não, senta ai!
- D-d-desculpe senhor Yunzo, queriamos contar, mas tudo aconteceu tão de repente.
- Só vou perguntar uma vez. Entendeu? Meu Deus parece um general
-S-sim senhor
- Vocês vão se casar certo?
- Hum!? Casar?
- Não pretende casar com minha filha?
- C-claro que pretendo senhor, eu a amo muito!
- Então tudo bem!! Diz ele com um gigante sorriso no rosto
- Mas hein!? Era isso?
- Se assustou toda né hahahahaaaa
- Claro que sim senhor, eu estou tremendo até agora hehe
- Vamos comemorar com pizza!!! Diz o pai dela com aquela cara de cupcake gigante
- Amor, tem só um problema. A mãe de Yuri disse isso ja olhando pra mim
- Deixe que ela diga amor, a Natsuki é corajosa
- É-é que a gente veio escondido pra cá bem mais cedo, desculpe senhor, eu sei que foi errado
- É foi mesmo... Mas se isso não fosse normal a Yuri nem existiria hahahaaaa. Relaxa meninas, eu e a mãe dela ja tivemos nossas fugas de amor tambem. Mas realmente foi errado, só avisem daqui por diante tá?
- S-sim senhor. Digo com a minha cara de convicção.
- A Yuri guardou um dos cupcakes feitos pela Natsuki pra você amor! (Dona Uzami)
- Otimo, vamos comer! Natsuki chame Yuri, mas tente fazer uma cara triste pra assustar ela hahahaaa
- Com certeza!!

... Você nunca vai ter isso...

Fim?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...